Paróquia de São Sebastião, de Sabinópolis, lança Projeto de Solidariedade: Casa do Amor Solidário

“Praticar a caridade é a melhor maneira de evangelizar.”
(Papa Francisco)

A Paróquia São Sebastião, de Sabinópolis, deu abertura, na quarta- feira de Cinzas (06/03), início do tempo da Quaresma, ao Projeto da Casa do Amor Solidário. Num pequeno cômodo das instalações da paróquia, onde já funcionou o Escritório Paroquial, a ideia do nosso pároco, depois de reformar este espaço, transformá-lo num local de acolhimento das pessoas mais necessitadas e carentes. É próprio do ser Cristão a solidariedade. Não só a Oração, mas também as Obras como nos lembra a Carta de São Tiago: “Fé sem obras é uma fé morta”.

O grande sonho de nossa Paróquia é de que neste local funcione vários Projetos de Solidariedade. O Projeto principal é este da Rede de Margaridas Solidárias, que funciona assim: são formados pequenos grupos de 12 pessoas. Cada grupo possui o seu coordenador. Este coordenador distribui uma flor de Margarida para cada membro. Em cada flor um ímã é colocado e esta pode ficar sempre visível na geladeira da casa. Dentro de cada pétala da flor está escrito o mês e o alimento que aquela pessoa irá ofertar para formar a cesta daquele grupo no mês. A missão do coordenador de cada grupo de margarida é cuidar do seu “canteiro” para que todos perseverem e sejam fiéis na entrega do alimento contido na pétala. Todo mês o coordenador recolhe os alimentos de cada membro do seu grupo, forma a cesta e entrega na Casa do Amor Solidário. Outra equipe cuida para que estas cestas sejam distribuídas àqueles que mais precisam. Um projeto muito simples, que visa partilharmos daquilo que Deus nos dá. É um convite à prática do Evangelho, de amor aos irmãos, sendo solidário com aqueles que mais necessitam. Como são grupos de 12 a formar no final a cesta básica, com cada um doando um alimento, não fica pesado a ninguém. A rede da solidariedade se forma. Aqui na paróquia de Sabinópolis foram formados até agora 67 grupos de 12 pessoas. Com isso, são mais de 800 pessoas da comunidade envolvidas no projeto. Cabe à equipe de distribuição acompanhar as famílias assistidas e evitar o “assistencialismo”.

Na Casa do Amor Solidário, o grande sonho e propósito da paróquia, é que funcionem outros projetos como: aulas de corte e costura; fabricação de fraldas; aulas de artesanato e bordados, dentre outros. Tudo de acordo com as necessidades dos mais empobrecidos da nossa comunidade. A ideia é que o local seja o Centro de Recebimento de Doação para ajuda dos mais carentes. Muitas pessoas, às vezes querem ajudar o próximo, doar alguma coisa em bom estado, mas não sabem como fazê-lo.

A equipe responsável pela Casa do Amor Solidário, em nossa paróquia, ficou assim formada: Coordenadora do Jardim das Margaridas: Mariléia Queiroz De Almeida; 1º Coordenador da Casa do Amor Solidário: Padre João Gomes Ferreira; 2º Coordenador da Casa do Amor Solidário: Tarcízio José Mourão; Coordenadora dos Artesanatos: Luíza Marilac Queiroz Pinho; Secretária da Casa do Amor Solidário: Bernadete Generoso Peixoto.

Assim, com grande alegria, faremos da nossa Paróquia de São Sebastião uma Paróquia mais solidária.

 

Texto: Padre João Gomes e Secretária da paróquia
Foto: enviado por Ricardo Giordani

 

A Palavra do Pastor
Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

  Alegres e convictos Servidores do Reino (Homilia - XXXIIIDTCA) A Liturgia do 33º Domingo do Tempo comum (Ano A),...
Read More
Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Com a Liturgia, do 32º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre a necessária vigilância ativa na espera do...
Read More
O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

Finados: dia de recolhimento, oração e contemplação de nossa realidade penúltima, a morte; fortalecimento na fé sobre nossa realidade última,...
Read More
Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

  A Solenidade de todos os Santos abre nosso espírito e coração às consequências da Ressurreição. Para Jesus, ela foi...
Read More
Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois Amores inseparáveis O Mandamento do Amor é a essência da vida cristã Com...
Read More
“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

A Liturgia do 29º Domingo do Tempo Comum (ano A) tem como tema principal a subordinação de nossa existência a...
Read More
O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada (-Homilia- XXVIII Domingo do Tempo Comum -Ano A

O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada (-Homilia- XXVIII Domingo do Tempo Comum -Ano A

O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada A Liturgia, do 28º Domingo do Tempo Comum (Ano A), apropria-se de...
Read More
A Vinha do Senhor e os frutos esperados por Deus – Homilia- XXVII Domingo Comum do Tempo A

A Vinha do Senhor e os frutos esperados por Deus – Homilia- XXVII Domingo Comum do Tempo A

  Com a Liturgia do 27º Domingo do Tempo Comum (ano A), refletiremos sobre os frutos abundantes que  o Senhor...
Read More
O imperativo da conversão no trabalho da Vinha do Senhor- Homilia para o XXVI Domingo do Tempo Comum do Ano A

O imperativo da conversão no trabalho da Vinha do Senhor- Homilia para o XXVI Domingo do Tempo Comum do Ano A

  Com a Liturgia do 26.º Domingo do Tempo Comum (ano A), contemplamos um Deus que chama a todos para...
Read More
Como é bom trabalhar na Vinha do Senhor – Homilia para o XXV Domingo do Tempo Comum do Ano A

Como é bom trabalhar na Vinha do Senhor – Homilia para o XXV Domingo do Tempo Comum do Ano A

Como é bom trabalhar na Vinha do Senhor! Com a Liturgia do 25º Domingo do Tempo Comum (ano A), refletimos...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: