É missão das Paróquias resplandecer a luz divina

“Eles eram perseverantes no ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão e nas orações”
(At 2,42)

Em sintonia com as novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora do Brasil (DGAE 2019-2023), documento 109 da CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil -, apresento algumas motivações que me parecem indispensáveis para nossas paróquias, de modo especial às duas presentes em nossa cidade: São Miguel e Almas e Nossa Senhora Aparecida.
Seguindo o exemplo das primeiras comunidades, que “eram perseverantes no ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão e nas orações” (At 2,42), como discípulos missionários do Senhor, devem cuidar, com todo o carinho e empenho, com o máximo de todos os recursos possíveis, da formação dos agentes de pastoral, tendo como conteúdo fundamental a Palavra de Deus, os Ensinamentos da Tradição da Igreja, e a Doutrina Social da Igreja (DSI).
Quanto à comunhão fraterna, formar comunidades que criem e fortaleçam os vínculos dos relacionamentos, vivendo de modo profundo e intenso a caridade, que confere à comunidade a verdadeira identidade como seguidores de Jesus Cristo, como eram reconhecidas as primeiras comunidades, na expressão de Tertuliano (séc. II): – “Vede como eles se amam”.
Deste modo, precisam ter todo o cuidado com a Sagrada Liturgia e a celebração dos Sacramentos, a fim de que expressem a beleza e o esplendor do Mistério celebrado, de acordo com as sábias orientações da Igreja.
Finalmente, devem ser espaços de aprofundamento de uma Catequese Permanente, em que não faltem momentos fecundos e enriquecedores de uma espiritualidade verdadeiramente comprometida com a dignidade e a vida, sobretudo dos empobrecidos, nos quais reconhecemos a pessoa de Jesus Cristo.
Tendo estes quatro pilares bem cuidados, muito contribuirão as Paróquias para a Pastoral de Conjunto de toda a Diocese, e todos devemos dar o melhor de nós.
Com Maria, mãe da Igreja, sigamos em frente, firmando nossos passos nesta caminhada evangelizadora, contando com a ação e presença do protagonista da Evangelização, que anima, ilumina, fortalece e conduz a Igreja: o Espírito Santo de Deus.

Dom Otacilio F. Lacerda
Bispo de Guanhães

A Palavra do Pastor
Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

“Olhando para o céu, suspirou e disse:  “Effatha!”, que quer dizer “abre-te!” No 23º Domingo do Tempo Comum (ano B),...
Read More
Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Como Igreja que somos, precisamos testemunhar a nossa Fé, dando solidez à Esperança, na vivência concreta e eficaz da Caridade,...
Read More
Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom  Otacilio F. de Lacerda.

Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom Otacilio F. de Lacerda.

Com a Liturgia do 22º Domingo do Tempo Comum (ano B), aprofundamos como deve ser uma verdadeira religião que agrade...
Read More
“Só Tu tens Palavras de vida eterna” – Homilia 21º Domingo do Tempo Comum

“Só Tu tens Palavras de vida eterna” – Homilia 21º Domingo do Tempo Comum

“A quem iremos, Senhor?” Com a Liturgia do 21º Domingo do Tempo Comum (ano B), refletimos sobre nossas opções, sobre o discernimento que...
Read More
A missão e o Alimento indispensável – Homilia 19º Domingo Comum – Ano B

A missão e o Alimento indispensável – Homilia 19º Domingo Comum – Ano B

A Liturgia do 19º Domingo do Tempo Comum (ano B), continuamos a refletir sobre um tema de extrema importância: Jesus...
Read More

Temos fome e sede de Deus – XVIII Domingo do Tempo Comum

Com a Liturgia do 18º Domingo do Tempo Comum (ano B), refletimos sobre o Jesus, o Pão da Vida, e,...
Read More
A insustentabilidade dos horizontes fragmentários

A insustentabilidade dos horizontes fragmentários

“Qual é o lugar que concedemos a Deus na nossa vida? Na cultura contemporânea está presente um indubitável processo de...
Read More
Eucaristia: O milagre do amor e da partilha XVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

Eucaristia: O milagre do amor e da partilha XVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

Com a Liturgia do 17º Domingo do Tempo Comum (ano B), contemplamos a ação de Deus: é próprio do Seu...
Read More
“Confirma a caridade para consolidar a unidade”

“Confirma a caridade para consolidar a unidade”

“Confirma a caridade para consolidar a unidade” Reflitamos à luz deste parágrafo do Sermão sobre os pastores, escrito pelo Bispo...
Read More
A incomparável Compaixão Divina – Homilia – 16º Domingo do Tempo Comum ( Ano B)

A incomparável Compaixão Divina – Homilia – 16º Domingo do Tempo Comum ( Ano B)

Com a Liturgia do 16º Domingo do Tempo Comum (ano B), refletimos sobre o Amor e a solicitude de Deus...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: