V ASSEMBLEIA DIOCESANA DE PASTORAL – Segunda parte

Na segunda parte, Pe Eliseu da  Diocese de Teófilo Otoni desenvolveu a reflexão:

Ele começou dizendo que as Assembleias sempre aconteceram. As comunidades se reuniam para discutir os problemas e, com o coração  bem junto do outro, e o Espírito Santo encontravam solução. Isso acontecia desde o tempo dos primeiros cristãos em Jerusalém. Eles discutiam e juntos resolviam os problemas. A Igreja seguiu este costume  para que a Missão Evangélica continuasse sendo regada e atenta aos desafios novos. Ânimo novo, propósito novo!

Pe Eliseu fez uma revisão baseando-se nas Diretrizes 2015-2019:

Por uma Igreja em saída, Igreja que abre as portas para sair, não fica acomodada em quatro paredes. Este é o apelo das DGAE.

O Objetivo geral do Documento deve ser transformado quase em uma oração diária.

Que Igreja queremos ser nesse momento:

  • Uma Igreja discípula que quer aprender sempre;
  • Uma Igreja atenta ao que o mestre pede;
  • Uma Igreja Missionária que vai  ao encontro do outro;
  • Uma Igreja Profética  que saiba interpretar os sinais dos tempos;
  • Uma Igreja Misericordiosa –  ” Misericórdia é a dor que sentimos no coração quando vemos o irmão que está sofrendo”. Colocar o coração no coração do outro que sofre e,
  • Uma Igreja que se alimenta da Palavra de Deus e da Eucaristia .

Marcas do nosso tempo – Avanços e conquistas :

  • Promoção e valorização da mulher das minorias éticas;
  • Temas voltados para: Justiça, paz, ecologia, realidades novas.

Mas, vem a globalização voltada para o consumo e o lucro. Preocupação em  produzir muito gerando o consumismo e há muitas pessoas lucrando com isso e nós acabamos  entrando numa crise cultural com seus riscos e consequências, crise da autoridade; crise das instituições, superficialidade, desejo a qualquer custo de conforto e facilidades;aceleração do tempo; individualismo, fundamentalismo religioso, unilateralismo. A crise cultural atinge diretamente a família através das fortes ideologias, confusas noções da sexualidade do matrimônio e da família; laicalismo militante com postura forte contra a Igreja e a verdade do Evangelho; irracionalidade da cultura midiática.

  • Crescem ofertas de felicidade, realização e sucesso pessoal, avanço de empreendimentos imobiliários.Retrocesso na luta das minorias: índio, quilombolas, pescadores, artesãos.
  • Nova idolatria do dinheiro. Ele está acima dos interesses da pessoa, gerando a cultura do interesse e do bem estar.

Práticas preocupantes

  • Banalização da vida: manipulação de embriões, abortos, ausência de políticas públicas para a educação, lazer, saúde, segurança, falta de proteção gerando violência.

No campo religioso: pluralismo, fundamentalismo, sentimentalismo; manipulação da mensagem do Evangelho.

Salvação : sinônimo de prosperidade material, saúde e realização afetiva, afastamento da religião.

De acordo com o Censo, algo que devemos pensar bastante: Aumento das outras religiões .

 

grafico

Estamos entregando as pessoas de mãos beijadas para os novos grupos neo pentecostais.

Ainda no campo católico:

  • Afastamento e crise;
  • Falta de compromisso comunitário- continuamos fazendo as mesmas coisas, do mesmo jeito, Pastoral da mera conservação, administradora dos serviços religiosos, passividade dos leigos , concentração do Clero em determinadas áreas ;
  • Tendência de uniformidade mais que a busca da uniformidade na diversidade;
  • Enfraquecimento das instituições, linguagem inadequada.

Papa Francisco por Igreja  em saída.

Desafios:

Evangelium Gaudium Nº 109  Não deixemos que nos roubem a força missionária.

Evangelium Gaudium  N° 24 Chegar na hora certa e no momento certo.

Igreja em saída – Urgências :

  • Superar conservação e manutenção.
  • Pastoral Missionária – O caminho é: Conversão pastoral; voltar às fontes; recomeçar  a partir de Jesus Cristo e  perseverar!
A Palavra do Pastor
“Vós sois meus amigos” Homilia do VI Domingo da Páscoa – dom Otacilio F. de Lacerda

“Vós sois meus amigos” Homilia do VI Domingo da Páscoa – dom Otacilio F. de Lacerda

Reflexão à luz da passagem do Evangelho de João (Jo 15,12-17), em que Jesus nos dá o Mandamento do amor: “Este...
Read More
Precisamos da Seiva do Amor do Senhor! Homilia – 5º Domingo do Tempo Pascal

Precisamos da Seiva do Amor do Senhor! Homilia – 5º Domingo do Tempo Pascal

“Eu sou a Videira e vós sois os ramos” A Liturgia do 5º Domingo da Páscoa (Ano B) é um...
Read More

A voz do Bom Pastor – Homilia – 4º Domingo da Páscoa

“Eu sou o Bom Pastor. Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem,  assim como o Pai me conhece e Eu...
Read More
A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

Com a Liturgia do 2º Domingo da Páscoa (ano B), também chamado de “Domingo da Misericórdia”, à luz da Palavra...
Read More
O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Ano Litúrgico (ano B), começa com a quarta-feira de cinzas, e com ela o início do itinerário quaresmal, e...
Read More
Domingo de Ramos:  Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

Domingo de Ramos: Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

"Meu  Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"  (Mc 15,34) No Domingo de Ramos (ano B), refletimos sobre o Amor de...
Read More
“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

A Liturgia do 4º Domingo da Quaresma (Ano B) é conhecida como Domingo “Laetare”, ou seja, Domingo da alegria, devido...
Read More
A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

As grandes cidades enfrentam os inúmeros problemas de nosso tempo, principalmente porque vivemos em mudança de época, muito mais do...
Read More
Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Com o 3º Domingo da Quaresma (ano B), damos mais um passo no Itinerário rumo à Páscoa do Senhor. Podemos...
Read More
A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

O segundo Domingo da Quaresma (ano B), identificado como “O Domingo da Transfiguração do Senhor”, é um convite a escutarmos...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: