PADRE LUIZ MAURÍCIO SILVA TOMA POSSE NA PARÓQUIA SÃO PEDRO EM SÃO PEDRO DO SUAÇUÍ

Aconteceu no dia 13 de novembro, na paróquia São Pedro, durante a missa presidida pelo nosso bispo diocesano a posse ao padre Luiz Maurício Silva como administrador paroquial. Durante aproximadamente, quatro meses, vários padres da Área São João Evangelista, sob a coordenação do Padre João Carlos de Sousa se revezaram no atendimento pastoral à comunidade. Sendo assim, os paroquianos aguardavam com ansiedade a nomeação do novo pároco mesmo diante do número reduzido de padres do nosso clero diocesano. Vale ressaltar, os esforços e empenho de nosso Bispo Diocesano frente as necessidades de seu povo, para conseguir seminaristas e padres de outras dioceses. Padre Luiz vem da Diocese de Campo Limpo São Paulo, para se juntar ao clero de nossa igreja particular de Guanhães.    Os contatos com ele se deram através da mediação com padre Dilton quando ele ainda estava em Moçambique na África.  As atividades desse dia festivo começaram com a agremiação da comunidade no trevo de Santa Maria do Suaçuí para acolhida do padre. Logo após, saíram em carreata até a igreja matriz. Pelo caminho era possível ver grupos reunidos e faixas de saudação. Padre Luiz entrou pela igreja com grande aclamação e alegria dos presentes.  Durante a Missa, realizou-se o rito de posse do novo padre: Leitura da Provisão, recebimento das chaves dos bens imóveis, chaves do sacrário, óleo do batismo, estola roxa, leitura da ata de posse e assinatura da mesma. Em sua homilia, Dom Jeremias agradeceu a disponibilidade do padre Luiz e os esforços do coordenador do área São João Evangelista, padre João Carlos de Sousa e todos padres que o auxiliaram no atendimento ao povo da Paróquia São Pedro. A cerimônia foi muito bonita e contou com a presença dos padres: João Carlos de Sousa, Dilton Maria Pinto e do seminarista Edmilson que realiza experiência pastoral em nossa diocese. Ao final, da Missa, Marlene representando todos os paroquianos dirigiu palavras de acolhida ao padre Luiz. Na sequência, representantes de movimentos, grupos e comunidades entraram pela igreja portando faixas com dizeres de  saudação, ao som da música MOMENTO NOVO interpretada pelo padre Dilton. Acreditamos que a chegada do Padre Luiz fortalecerá o nosso compromisso e participação na vida de comunidade. Rogamos ao Senhor, para que o abençoe e proteja em sua nova missão. Pedimos a São Pedro nosso padroeiro, que foi o primeiro a receber as chaves do Reino que possa inspirá-lo em sua missão de abrir portas e caminhos em São Pedro do Suaçuí.

Equipe de comunicação da Paróquia São Pedro.

A Palavra do Pastor
Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Com o primeiro Domingo do Tempo do Advento (ano B), seremos convidados à vigilância, numa frutuosa preparação para o Natal...
Read More
Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

  Alegres e convictos Servidores do Reino (Homilia - XXXIIIDTCA) A Liturgia do 33º Domingo do Tempo comum (Ano A),...
Read More
Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Com a Liturgia, do 32º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre a necessária vigilância ativa na espera do...
Read More
O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

Finados: dia de recolhimento, oração e contemplação de nossa realidade penúltima, a morte; fortalecimento na fé sobre nossa realidade última,...
Read More
Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

  A Solenidade de todos os Santos abre nosso espírito e coração às consequências da Ressurreição. Para Jesus, ela foi...
Read More
Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois Amores inseparáveis O Mandamento do Amor é a essência da vida cristã Com...
Read More
“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

A Liturgia do 29º Domingo do Tempo Comum (ano A) tem como tema principal a subordinação de nossa existência a...
Read More
O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada (-Homilia- XXVIII Domingo do Tempo Comum -Ano A

O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada (-Homilia- XXVIII Domingo do Tempo Comum -Ano A

O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada A Liturgia, do 28º Domingo do Tempo Comum (Ano A), apropria-se de...
Read More
A Vinha do Senhor e os frutos esperados por Deus – Homilia- XXVII Domingo Comum do Tempo A

A Vinha do Senhor e os frutos esperados por Deus – Homilia- XXVII Domingo Comum do Tempo A

  Com a Liturgia do 27º Domingo do Tempo Comum (ano A), refletiremos sobre os frutos abundantes que  o Senhor...
Read More
O imperativo da conversão no trabalho da Vinha do Senhor- Homilia para o XXVI Domingo do Tempo Comum do Ano A

O imperativo da conversão no trabalho da Vinha do Senhor- Homilia para o XXVI Domingo do Tempo Comum do Ano A

  Com a Liturgia do 26.º Domingo do Tempo Comum (ano A), contemplamos um Deus que chama a todos para...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: