A mais bela Notícia: “Nasceu nosso Salvador!” – Homilia – Vigília do Natal – Ano C

A Liturgia da Noite de Natal nos apresenta o Nascimento de uma criança em Belém na escuridão e nudez de um estábulo: Jesus.

Quem ficaria sabendo, não fossem os Anjos anunciarem o Nascimento de Jesus a alguns pastores que por ali andavam com os seus rebanhos?

Refletimos a revelação do sentido profundo e o extraordinário alcance deste nascimento escondido: “O povo que caminhava nas trevas viu uma grande luz”; “Hoje nasceu um Salvador para nós” e ouvimos o alegre anúncio dos Anjos – “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens que Ele ama!”.

Na primeira Leitura, o Profeta Isaías (Is 9,1-6) traz uma mensagem de alegria no meio das trevas de um povo deportado: o Nascimento de um Menino com títulos ilustres; promessa de um futuro de paz, de justiça e direito para todos.

As maravilhas realizadas pelo Senhor do Universo com todas as virtudes dos heróis de Israel, tem a Sabedoria de Salomão; a coragem de Davi; a piedade de Moisés e dos Patriarcas. Ele é o verdadeiro Emanuel.

Na segunda Leitura, a Carta de Paulo a Tito (Tt 2,11-14), é a revelação de um Deus que mostra a Sua graça a todos, oferecendo a Salvação que conduz as nossas vidas à felicidade verdadeira.

A Celebração desta manifestação divina faz com que voltemos o  olhar para um futuro de felicidade sem limites, pois este Nascimento reorienta o curso da História e o sentido de nossas vidas, de modo que viveremos com equilíbrio, justiça e piedade renunciando a todo o mal.

A passagem do Evangelho de Lucas (Lc 2,1-14) nos apresenta o Nascimento de Jesus, nosso Salvador, em tempo e realidade concretos. Jesus encarna-Se na História da Humanidade.

Diferentemente de João, o Precursor, que nasceu na casa de seus pais, rodeado dos seus vizinhos, Jesus veio à luz num curral. Maria e José estavam de viagem por causa do recenseamento ordenado pelo Imperador. Eles viveram um contratempo que acontece de modo geral aos pobres.

O conhecimento d’Aquele Nascimento somente foi possível pela ação do Anjo do Senhor, e de  algumas pessoas a quem a sociedade dava pouco valor, os pastores (desprezíveis e odiados pela profissão exercida – cuidar de animais e ocupar terras de terceiros).

Somente por eles o mundo tomou conhecimento do humilde Nascimento de um Salvador.

Quem poderia imaginar que assim o fosse, pois se sabia que Deus Se manifestava na fraqueza; mas, ninguém suspeitaria que o próprio Filho de Deus Se fizesse um bebê “deitado numa manjedoura!”, na humildade, pobreza e pequenez: o Altíssimo na estatura de uma criança; o Onipotente na fragilidade de uma criança; o Senhor do Universo contemplado num sorriso ou choro, expressão da sua condição humana.

Celebrando o Nascimento do Salvador, que a alegria anunciada pelos Anjos e experimentada pelos pastores seja também a nossa.

Cristo nascendo e renascendo a cada momento de nossa vida, é a Misericórdia Divina que vem ao nosso encontro, e assim nos comunicando o que tanto desejamos: amor, alegria, vida, luz e paz…

Natal: O Verbo se fez Misericórdia e habitou entre nós, e nós vimos a Sua Glória. Nossa miséria foi assumida para ser redimida.

É Natal, uma luz brilhou e há de brilhar sempre mais forte para iluminar os caminhos sombrios da História, assim o cremos, quando a Eucaristia celebramos:

“A Eucaristia é verdadeiramente um pedaço de céu que se abre sobre a terra; é um raio de glória da Jerusalém celeste, que atravessa as nuvens da nossa história e vem iluminar o nosso caminho”, como tão bem expressou o Papa São João Paulo II em sua Encíclica Ecclesia de Eucharistia.

A celebração do Natal renova-nos no sagrado compromisso de comunicar a Divina Luz a quantos precisarem… Mas como iluminar sem que antes nos deixemos por Ele sermos iluminados?

Iluminados pela Divina Luz, sejamos luz no mundo.

PS: – Missal Quotidiano, Dominical e Ferial – p.170-173 – Paulus – Lisboa; Missal Dominical – p. 87-90

http://peotacilio.blogspot.com/2019/12/a-mais-bela-noticia-nasceu-nosso.html

A Palavra do Pastor
O fogo purificador do amor de Deus – Homilia XX Domingo do Tempo Comum Ano C

O fogo purificador do amor de Deus – Homilia XX Domingo do Tempo Comum Ano C

Com a Liturgia do 20º Domingo do Tempo Comum (ano C), refletimos sobre a radicalidade da missão, como discípulos missionários...
Read More
A vigilância e a espera ativa

A vigilância e a espera ativa

Com a Liturgia do 19º Domingo do Tempo Comum (Ano C), refletimos sobre a vigilância, a pobreza e a busca...
Read More
“Buscai as coisas do alto” – XVIII Domingo do Tempo Comum- Ano C

“Buscai as coisas do alto” – XVIII Domingo do Tempo Comum- Ano C

“Buscai as coisas do alto” A Liturgia do 18º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos convida a refletir sobre...
Read More
“Mestre, ensina-nos a rezar” _ Homilia

“Mestre, ensina-nos a rezar” _ Homilia

“ “Mestre, ensina-nos a rezar” A Liturgia da Palavra do 17º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos convida à...
Read More
A Igreja do Bom Samaritano – Homilia XV do Tempo Comum -Ano C

A Igreja do Bom Samaritano – Homilia XV do Tempo Comum -Ano C

“Mestre, que devo fazer para receber em herança a vida eterna?” Com a Liturgia do 15º Domingo do Tempo Comum...
Read More
Pedro e Paulo, o Amor de Cristo os seduziu – Homilia

Pedro e Paulo, o Amor de Cristo os seduziu – Homilia

Pedro e Paulo, o Amor de Cristo os seduziu Celebramos a Solenidade dos Apóstolos Pedro e Paulo, que viveram total...
Read More
Livres para seguir o Senhor – XIII Domingo do Tempo Comum Ano C

Livres para seguir o Senhor – XIII Domingo do Tempo Comum Ano C

A Liturgia do 13º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos convida a refletir sobre o discipulado na fidelidade ao...
Read More
Assumir a Cruz quotidiana com a força da Oração – 12º Domingo do Tempo Comum

Assumir a Cruz quotidiana com a força da Oração – 12º Domingo do Tempo Comum

A Liturgia do 12º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos interroga a respeito de Jesus: Quem é Ele para...
Read More
Pentecostes: O Espírito Santo de Deus nos foi enviado 

Pentecostes: O Espírito Santo de Deus nos foi enviado 

“Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós. Recebei o Espírito Santo” Com a Solenidade de...
Read More
Ascensão: irradiar amor, vida e alegria – Homilia – Solenidade da Ascensão do Senhor

Ascensão: irradiar amor, vida e alegria – Homilia – Solenidade da Ascensão do Senhor

“Ali ergueu as mãos e abençoou-os” (Lc 24,50) A Solenidade da Ascensão aponta para o fim último de todos nós,...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: