Comunicado

Dom Otacilio emite novas recomendações sobre o Covid-19 (Coronavirus).

Coronavirus: Orientações para a Diocese de Guanhães-MG

Graça e Paz da parte de Nosso Senhor Jesus Cristo!

Considerando a realidade da pandemia do novo Coronavirus em todo o Brasil, e que todos somos convocados a dedicar maior atenção às medidas de prevenção da doença.

Considerando o importante papel dos Presbíteros, Religiosas, Seminaristas, Cristãos Leigos e Leigas de nossas comunidades e todos os homens e mulheres de boa vontade.

Tendo ouvido o Colégio dos Consultores, recomendo, a observação das seguintes orientações, em sintonia com as indicações dos especialistas em saúde pública:

1)         No âmbito de nossas Áreas Pastorais, Paróquias e outros espaços eclesiais, suspender, por 15 (quinze dias), ou mediante novas orientações, a realização de encontros, assembleias, seminários e outros eventos que contribuam para aglomerar pessoas. Remarcar as atividades já previstas para quando possível.

 2)      Orientamos aos Presbíteros e agentes evangelizadores que, na medida do possível, priorizem as Missas e Celebrações em espaços abertos. Procurem manter as Igrejas mais arejadas.

3)     Na Cúria, Paróquias, Escritórios Paroquiais, Comunidades Rurais e em outros ambientes eclesiais, redobrar os cuidados com a limpeza e facilitar para que os fiéis tenham acesso a álcool em gel, detergente ou sabonete para a devida higienização.

4)         Idosos e enfermos ficam desobrigados do preceito religioso de participar das Missas e Celebrações. Poderão permanecer em comunhão e unidos à comunidade de fé a partir das celebrações transmitidas pelos Meios de Comunicação Social. A PASCOM deve intensificar as transmissões Paroquiais.

5)         Orientamos para que sejam suspensos o mutirão de Confissões em todas as Paróquias, bem como a Eucaristia levada aos enfermos, com o objetivo de preservar-lhes a vida. Orientamos aos sacerdotes que dediquem horário especial, diário, para acolher os fiéis que buscam o Sacramento da Reconciliação, neste tempo de Quaresma, respeitando o protocolo de distância entre confessor e penitente.

6)         Recomenda-se também suspender por 1 (um) mês  a catequese.

7)         Todos devem seguir as recomendações do Ministério da Saúde e as orientações oficiais exaradas pela autoridade civil competente.

8)         Importante redobrar cautela para não compartilhar notícias falsas (fake news). A mentira, além de prejudicar o enfrentamento da doença, gera pânico, agravando a situação. Nesse sentido, oportuno é checar cada informação recebida pesquisando em outras referências.

09) Prevalecem as orientações publicadas no dia 28 de fevereiro de 2020,  a saber:

1ª – Peçam aos fiéis para não darem as mãos na oração do Pai Nosso.

2ª – Omitam o abraço da paz.

3ª – Distribuam a comunhão na mão – o comungante levará a Hóstia Sagrada à boca diante do Ministro que a distribui.

4ª – Manter álcool em gel na sacristia para o uso dos Sacerdotes e Ministros, em outros possíveis lugares.

10)      Intensifiquemos os momentos de oração e preces a Deus para que nos livre deste e de muitos males que atentam contra a vida. Rezemos em especial pelos agentes e profissionais da saúde para que realizem tudo o que for necessário para superarmos a ameaça do Novo Coronavírus e de outras enfermidades.

11)       Permaneçamos atentos aos desdobramentos para subsidiar-nos em novas ações. Para a maioria das pessoas, o Novo Coronavírus tem sintomas similares aos de uma simples gripe, sem grandes riscos. A preocupação maior é com idosos e enfermos. Cuidemos especialmente dessas pessoas, mais vulneráveis à doença.

12)      Este desafio é oportunidade para crescer na fé, aprimorar nossa ação evangelizadora, remodelar processos e viver com maior responsabilidade nesta “casa que nos é comum”, no profético horizonte de uma ecologia integral.

Somos todos convocados à solidariedade, dando passos no genuíno testemunho cristão, a partir de atitudes inspiradas na Parábola do Bom Samaritano, conforme nos pede a Campanha da Fraternidade 2020 – “Fraternidade e vida: dom e compromisso”, com seu lema – “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34).

Afastemos toda indiferença e pânico. É tempo favorável para reconhecer a dor do outro, sentir compaixão e cuidar, bem como reconhecer a nossa fragilidade e a necessária vida em comum, em que nos ajudemos mutuamente em favor da vida.

Asseguro bênçãos e meu carinho e preocupação como Pastor desta Igreja Particular, contando com a proteção de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, a Padroeira do Brasil, e do Arcanjo Miguel, Padroeiro de nossa Diocese, empenhados e firmados na fé, esperança e caridade para que todos tenhamos vida plena.

Guanhães, 16 de março de 2020.

____________________________

+ Otacilio Ferreira de Lacerda

Bispo de Guanhães – MG

A Palavra do Pastor
Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Com a Liturgia da Festa do Batismo do Senhor (ano B), refletimos sobre a revelação de Jesus Cristo, o Filho...
Read More
Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Com a Liturgia do 4º Domingo do Advento (ano B), damos mais um passo fundamental nesta caminhada de preparação para...
Read More
Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

“João é a voz no tempo; Cristo é, desde o princípio, a Palavra eterna.” Ao celebrar o 3º Domingo do...
Read More
Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Com o primeiro Domingo do Tempo do Advento (ano B), seremos convidados à vigilância, numa frutuosa preparação para o Natal...
Read More
Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

  Alegres e convictos Servidores do Reino (Homilia - XXXIIIDTCA) A Liturgia do 33º Domingo do Tempo comum (Ano A),...
Read More
Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Com a Liturgia, do 32º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre a necessária vigilância ativa na espera do...
Read More
O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

Finados: dia de recolhimento, oração e contemplação de nossa realidade penúltima, a morte; fortalecimento na fé sobre nossa realidade última,...
Read More
Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

  A Solenidade de todos os Santos abre nosso espírito e coração às consequências da Ressurreição. Para Jesus, ela foi...
Read More
Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois Amores inseparáveis O Mandamento do Amor é a essência da vida cristã Com...
Read More
“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

A Liturgia do 29º Domingo do Tempo Comum (ano A) tem como tema principal a subordinação de nossa existência a...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: