VI Congresso Estadual da IAM reúne participantes de nove dioceses

 

A cidade de Piranga sediou – nos dias – 26 a 28/07 – o VI Congresso Estadual da Infância e Adolescência Missionária (IAM) . Crianças, adolescentes e assessores das dioceses de Almenara, Campanha, Caratinga, Guanhães, Itabira-Coronel Fabriciano, Januária, Paracatu e da Arquidiocese de Belo Horizonte estiveram presentes. Da Arquidiocese de Mariana, dez cidades foram representadas. Ao todo, 190 pessoas participaram.

Duas conferências marcaram o encontro. “Sinais da presença de Deus nas Culturas” foi a primeira, feita pelo assessor do Conselho Missionário Arquidiocesano, padre João Paulo da Silva. “De forma divertida, mas com muita profundidade, ele explicou o que são sinais, o que é cultura e como identificar a presença de Deus nas culturas, na comunidade. Disse também que o encontro de culturas é enriquecedor e que respeitar as culturas é respeitar a si mesmo”, relata a coordenadora arquidiocesana da IAM, Iva Fernandes.

O professor Rodolfo José Lourenço abordou o tema “Meios de comunicação – instrumentos de evangelização”, na segunda conferência do congresso. Segundo Iva, ele reforçou a importância da leitura da bíblia para o diálogo com Deus. “Quanto mais a lemos, mais aumenta nossa proximidade com Ele. Disse também que as redes sociais podem nos aproximar uns dos outros, quando divulgamos conteúdos que mostram nossa alegria de estarmos com nossa família ou com nossos amigos. Mas podem nos dividir quando deixamos de dar atenção a quem está ao nosso lado ou quando curtimos e compartilhamos notícias que causam discórdia ou mancham a imagem de alguém”, conta.

O encontro foi encerrado com o “Bate-latas”. Munidos de latas confeccionadas por eles mesmos, as crianças e adolescentes saíram da Matriz em direção a escola sede do evento, fazendo barulho. “Foi muito legal, pois serviu para mostrar às outras pessoas a alegria de ser IAM”, comenta Lays Mendes, da Diocese de Itabira-Coronel Fabriciano.

Sebastian Soares, da mesma diocese, concorda. “Foi muito legal e vou ensinar à minha irmã Mariah tudo que aprendi, inclusive as musiquinhas… E o mais importante foi levar Deus às crianças. Quero participar de novo”.

Para o seminarista João Luiz da Silva, o Congresso pode ser definido como renovação missionária. “A excelente organização do evento proporcionou aos participantes o entrosamento, além da fraternidade que ficou muito visível entre as crianças, adolescentes e assessores. Com certeza iremos colher muitos frutos deste congresso”, afirma. Além dele, participaram do evento o seminarista Fabiano Matos e os padres Sérgio Tomaz e Adelson Clemente, assessor arquidiocesano da IAM.

No sábado (27), o arcebispo de Mariana, Dom Airton José dos Santos, presidiu a celebração da manhã. O pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, de Piranga, padre Reginaldo Coelho, o Vigário, padre Fabiano Alves de Assis, padre Rodrigo Artur Medeiros da Silva e padre Sérgio Tomaz concelebraram.

Exortando as crianças e adolescentes a refletirem sobre o que querem fazer no futuro, Dom Airton reforçou que a missão é dever de todo batizado. “Vocês começaram o caminho desde pequenos. Quem sabe um dia vão ser missionários de um modo mais forte. É preciso começar a pensar o que vocês vão ser quando crescer. Pode ser padre, freira, missionário lá do outro lado do mundo. Nós somos missionários onde estamos, na família, na escola, mas podemos colocar a nossa vida a serviço de Deus também. Pode ser que Deus chame você um dia pra isso” disse.

Curta Nossa Fanpage:

Empresas que possibilitam este projeto: