Novo curso do IRPAC: Formação com novos coordenadores paroquiais de catequese

Esse curso que está sendo iniciado, ( 09 a 14/01) foi pensado para ajudar as coordenações diocesanas de catequese na tarefa de formar os coordenadores paroquiais de catequese. O curso terá 42 horas/aula. Os objetivos são:

– Oferecer orientações concretas para o processo de iniciação à vida cristã nas comunidades e paróquias, através de uma catequese querigmática e mistagógica (EG 163-168).

– Propor a novos coordenadores da catequese caminhos possíveis para uma catequese vivencial e criativa, atenta à realidade das novas gerações.

Conteúdos das disciplinas:

 A catequese na era digital (8 horas/aula)

A Catequese e a geração NET – Desafios da catequese na era digital – Catequese e redes sociais – O uso de novas mídias no processo catequético.

Catequese e Iniciação à vida Cristã (8 horas/aula)

O que é iniciar alguém na fé cristã (não nascemos cristãos, tornamo-nos cristãos). A metodologia do processo catecumenal. Elementos de uma catequese de inspiração catecumenal. A centralidade da Palavra e do querigma (anúncio de Jesus Cristo).

Organizar e planejar a catequese (8 horas/aula)

Organização da catequese. O perfil da coordenação de catequese; liderança compartilhada. Planejamento como ato de fé. Passos do planejamento catequético; como elaborar projetos catequéticos. Mística e missão da coordenação de catequese: animar, cuidar e conduzir a mudança.

O caminho iniciático com crianças, jovens e adultos (DNC 187-214) (8 horas/aula)

A vivência da fé da criança, jovens e adultos e a iniciação à vida cristã. Orientações para a catequese conforme as idades e situações (também com idosos, com pessoa com deficiência, ambientes diversos…).

A Bíblia na catequese (4 horas/aula)

A questão metodológica e a criatividade no uso do texto bíblico na catequese.

Da Diocese de Guanhães, partiram na manhã do dia 09/01, seis coordenadores: Bernadete e Gláucia de Conceição do Mato Dentro, Jussara e Rosilene de Sabinópolis, Luciene de São João Evangelista e Valmir de Peçanha, para participarem desse novo Curso do IRPAC.

Abaixo, um relato da cursista Rosilene Ávila da paróquia São Sebastião, de Sabinópolis, sobre a abertura do curso:

O curso para novos coordenadores de catequese teve início nessa terça, 09/01 na Casa de Retiro São José, em BH. Após o jantar e uma calorosa acolhida, o grupo participou da brilhante palestra ministrada por José Tolentino Mendonça. O estudioso falou sobre a necessidade de se apresentar na catequese o Deus desejável e não o Deus impositivo, regulador e normativo. Para fazer catequese é necessário intuição, aprendizagem e ousadia. É preciso abrir-se para os mestres inesperados. Encontrar formas de catequese em mestres inesperados, citando algumas obras de Manoel de Barros, Adélia Prado, Clarice Lispector, Rubem Alves Fernando Pessoa.

Segundo o autor, é preciso ler a Bíblia de modo novo, aproximando-se da contemporaneidade, não ter medo das dúvidas e questionamentos. É preciso provocar o espanto, pois do espanto é que nascem as perguntas e o desejo de conhecer. Não é possível dar comida a quem não tem fome. É necessário provocar essa fome. É preciso resgatar na catequese as narrativas. Jesus vai sendo revelado aos poucos. Mais importante do que dar definições sobre Jesus é preciso levar ao seguimento de Jesus, fazendo o itinerário para descobrir quem é Jesus, numa experiência que deve ser de inteireza, de autenticidade, como numa gestação. A liturgia deve ser sempre presente na catequese. E numa riqueza de analogias que não é possível reproduzir por inteiro, o autor lembra que o verdadeiro catequista é o Espírito Santo e que essa beleza “maior ainda” deve ser testemunhada.  

Rosilene.

Fotos de Eliana, Valmir e Vera

 

  

                

A Palavra do Pastor
A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

Com a Liturgia do 2º Domingo da Páscoa (ano B), também chamado de “Domingo da Misericórdia”, à luz da Palavra...
Read More
O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Ano Litúrgico (ano B), começa com a quarta-feira de cinzas, e com ela o início do itinerário quaresmal, e...
Read More
Domingo de Ramos:  Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

Domingo de Ramos: Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

"Meu  Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"  (Mc 15,34) No Domingo de Ramos (ano B), refletimos sobre o Amor de...
Read More
“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

A Liturgia do 4º Domingo da Quaresma (Ano B) é conhecida como Domingo “Laetare”, ou seja, Domingo da alegria, devido...
Read More
A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

As grandes cidades enfrentam os inúmeros problemas de nosso tempo, principalmente porque vivemos em mudança de época, muito mais do...
Read More
Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Com o 3º Domingo da Quaresma (ano B), damos mais um passo no Itinerário rumo à Páscoa do Senhor. Podemos...
Read More
A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

O segundo Domingo da Quaresma (ano B), identificado como “O Domingo da Transfiguração do Senhor”, é um convite a escutarmos...
Read More
Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

“Ai de mim se seu não evangelizar” (1 Cor 9,16). A Evangelização na cidade tem inúmeros e grandes desafios, de modo...
Read More
“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

No 1º Domingo da Quaresma (Ano C), repensamos nossas opções de vida, tomando consciência das tentações que nos impedem de...
Read More
Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

“Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse:  “Eu quero: fica curado!”. No mesmo instante  a lepra...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: