Editorial: A intercessão de Maria.

A intercessão de Maria: 300 anos de Aparecida

 Em 2017 o Brasil celebra os 300 anos do encontro da imagem da Imaculada Conceição, no Rio Paraíba do Sul, que passou a ser conhecida carinhosa e piedosamente como Nossa Senhora Aparecida.

O povo sabe que Maria intercede. Os títulos são “jeitos de dizer” a forma com que Maria colabora, já que a fé apresenta roupagens. O núcleo é a fé mas a roupagem é a forma como ela se expressa.

A intercessão de Maria não é dogma de fé. Este título está relacionado com maternidade divina, pois mãe é símbolo de intercessão, como podemos ver no “sinal” da Bodas de Caná – apesar de o texto não ter essa intenção nos ajuda a entender isso. Outros textos apresentam Maria presente desde os primórdios do cristianismo. Mas, donde veio ou quando começou essa piedade de invocar a intercessão de Maria de Nazaré? Onde estão os fundamentos da intercessão mariana?

Na tradição de Israel a intercessão aparece poucas vezes e quase sempre é em favor de outra pessoa e sobretudo pequeno, “inferior” (Moisés intercede a Deus em favor do povo, Ester intercede junto ao rei em favor do povo hebreu).

Ao procurar raízes históricas teológicas da intercessão de Maria encontramos acontecimentos marcantes e relevantes que ao longo dos séculos influenciaram a noção de intercessão fruto também da manifestação da fé (oração) do povo que expressa a confiança na intercessão de Maria.

Ao remontarmos as raízes distantes do cristianismo veremos que nas catacumbas de Santa Priscila, por exemplo, está uma primeira manifestação que é considerada a primeira, ou a mais antiga, representação de Maria (século II). Outra manifestação vem dos padres da igreja – Santo Irineu, por exemplo, é considerado o pai da Mariologia – num contexto de heresias a figura de Maria estava a serviço de imagem de Cristo.

Um dos primeiros testemunhos de invocação vem de santo Efrém “com o mediador és mediadora no mundo inteiro”. A intercessão de Maria – de forma orante – está registrado num papiro com inscrições de “sub tuum praesidium” que significa “a vossa proteção recorremos”. Apesar da dúvida sobre a data acredita-se que esta prece é do século III, portanto desde o tempo das perseguições a igreja confia na intercessão da “Serva do Senhor”.

A interceção não é uma novidade da piedade moderna (com seus exageros) nem algo da tão difamada Idade Média. É obra da igreja primitiva, conforme a tradição, registrada principalmente no coração do povo fiel.

No entanto a piedade mariana pouco serve se não se seguir o exemplo de Maria (praticante da palavra, responde com fé, serve e profetiza o Reino de Deus). Qualquer piedade mariana que não evoca a imitação de Maria no seguimento de Cristo é falsa. É superstição! Não se salva quem tem fé em Maria mas, quem tem a fé de Maria.

Saber disto nos anima a não perder esperança e contar com ajuda – interseção – daquela que disse: “o Senhor fez por mim Maravilhas” (Lc 1): “À vossa proteção recorremos Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita!”.

Pe Bruno Costa Ribeiro, colaborador

A Palavra do Pastor
A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

Com a Liturgia do 2º Domingo da Páscoa (ano B), também chamado de “Domingo da Misericórdia”, à luz da Palavra...
Read More
O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Ano Litúrgico (ano B), começa com a quarta-feira de cinzas, e com ela o início do itinerário quaresmal, e...
Read More
Domingo de Ramos:  Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

Domingo de Ramos: Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

"Meu  Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"  (Mc 15,34) No Domingo de Ramos (ano B), refletimos sobre o Amor de...
Read More
“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

A Liturgia do 4º Domingo da Quaresma (Ano B) é conhecida como Domingo “Laetare”, ou seja, Domingo da alegria, devido...
Read More
A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

As grandes cidades enfrentam os inúmeros problemas de nosso tempo, principalmente porque vivemos em mudança de época, muito mais do...
Read More
Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Com o 3º Domingo da Quaresma (ano B), damos mais um passo no Itinerário rumo à Páscoa do Senhor. Podemos...
Read More
A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

O segundo Domingo da Quaresma (ano B), identificado como “O Domingo da Transfiguração do Senhor”, é um convite a escutarmos...
Read More
Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

“Ai de mim se seu não evangelizar” (1 Cor 9,16). A Evangelização na cidade tem inúmeros e grandes desafios, de modo...
Read More
“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

No 1º Domingo da Quaresma (Ano C), repensamos nossas opções de vida, tomando consciência das tentações que nos impedem de...
Read More
Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

“Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse:  “Eu quero: fica curado!”. No mesmo instante  a lepra...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: