Catecumenato Crismal na Paróquia São Miguel e Almas – Guanhães

Neste sábado, dezessete de setembro, nós, catequistas de Crisma nos reunimos mais uma vez com todos os crismandos num encontrão para que pudéssemos conscientizá-los do porquê e para quê da crisma. No final da palestra foram feitos os encaminhamentos de cada turma no seu devido setor que iniciará com os encontros nesta semana. Tivemos como assessor, André Lomba que desenvolveu o tema Jesus: Quem é Ele?

Após a acolhida, oração e dinâmica de apresentação, André fez-nos refletir: Quem é Jesus para nós? Nós queremos estar com Ele, abraçá-Lo?

Jesus não é uma lenda, um mito. Ele se revela na Eucaristia, na palavra, no amor, nos gestos… Em todas as etapas da vida precisamos do abraço do Mestre. A catequese de Crisma é para vivenciarmos este abraço, é a busca da intimidade do abraço com o Mestre. Estreitar os laços, firmar os laços. Buscar auto-motivação, encontrarmos forças para a caminhada., ter sabedoria, discernimento no nosso itinerário através dos dons e frutos do Espírito Santo.

Crisma: por quanto tempo? Até alcançarmos unidade de fé e pleno conhecimento do Filho de Deus.

Que conhecimento eu já tenho de Jesus? Quem é Ele?

Por que recebemos o sacramento da crisma, chamado confirmação?

A crisma nos concede a plenitude o Espírito Santo.

É para vivermos plenamente no Espírito Santo de Deus.

Através da Crisma o Espírito Santo nos revela o caminho a seguir.

Para que ocorra o encantamento, a decisão é de cada um de seguir o projeto de Jesus, mas esta opção é feita com ajuda dos pais, da comunidade e das catequistas.

O sacramento da crisma é o sacramento da maturidade cristã, a profissão pública da fé, onde eu faço opção por Jesus e por minha igreja.

Veralúcia  Pimenta

 

A Palavra do Pastor
O chamado divino e a nossa resposta – Homilia – Segundo Momingo do Tempo Comum ( Ano B)

O chamado divino e a nossa resposta – Homilia – Segundo Momingo do Tempo Comum ( Ano B)

Deus nos chama para que anunciemos a Sua Palavra e não a nós mesmos, porque nisto consiste a vocação do...
Read More
Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Com a Liturgia da Festa do Batismo do Senhor (ano B), refletimos sobre a revelação de Jesus Cristo, o Filho...
Read More
Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Com a Liturgia do 4º Domingo do Advento (ano B), damos mais um passo fundamental nesta caminhada de preparação para...
Read More
Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

“João é a voz no tempo; Cristo é, desde o princípio, a Palavra eterna.” Ao celebrar o 3º Domingo do...
Read More
Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Com o primeiro Domingo do Tempo do Advento (ano B), seremos convidados à vigilância, numa frutuosa preparação para o Natal...
Read More
Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

  Alegres e convictos Servidores do Reino (Homilia - XXXIIIDTCA) A Liturgia do 33º Domingo do Tempo comum (Ano A),...
Read More
Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Com a Liturgia, do 32º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre a necessária vigilância ativa na espera do...
Read More
O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

Finados: dia de recolhimento, oração e contemplação de nossa realidade penúltima, a morte; fortalecimento na fé sobre nossa realidade última,...
Read More
Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

  A Solenidade de todos os Santos abre nosso espírito e coração às consequências da Ressurreição. Para Jesus, ela foi...
Read More
Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois Amores inseparáveis O Mandamento do Amor é a essência da vida cristã Com...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: