Carta-convite da Coordenação da Pastoral Familiar

A família é um espaço privilegiado onde se cultivam os valores humanos e cristãos e se promove uma verdadeira cultura da vida e do amor, que se contrapõe à cultura de morte que a sociedade nos oferece.

pf

Guanhães, 10 de fevereiro de 2016

Prezado Sr. Padre,

“Na família, aprende-se a pedir licença sem servilismo, a dizer «obrigado» como expressão duma sentida avaliação das coisas que recebemos, a dominar a agressividade ou a ganância, e a pedir desculpa quando fazemos algo de mal. Estes pequenos gestos de sincera cortesia ajudam a construir uma cultura da vida compartilhada e do respeito pelo que nos rodeia” (L.S. 213).

A família é um espaço privilegiado onde se cultivam os valores humanos e cristãos e se promove uma verdadeira cultura da vida e do amor, que se contrapõe à cultura de morte que a sociedade nos oferece. Assim, queremos convidar, para participarem no Encontro Diocesano da Pastoral Familiar (P.F.) a realizar no dia 28 de fevereiro, 2 casais ou 4 representantes da  P.F. ou de movimentos que trabalham mais diretamente com a família para refletirmos questões vitais que estão desaparecendo do nosso meio. São muitas as propostas que a nossa Igreja noz faz. Entre ela o Papa Francisco nos convida a darmos visibilidade ao rosto misericordioso do nosso Deus, “sendo misericordiosos como o Pai” e nos propõe cuidarmos da casa comum para que tenhamos VIDA em abundância.  Esse mesmo convite nos é feito pela CNBB com a CF 2016 que tem como tema: “Casa comum nossa responsabilidade” e como lema: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”.

É com um profundo sentimento de solidariedade eclesial que a Comissão Diocesana da Pastoral Familiar quer desenvolver suas atividades ao longo deste ano. Com este objetivo contamos com o apoio do senhor na sua paróquia, incentivando e estimulando as famílias a se organizarem e a assumirem compromissos concretos da Pastoral Familiar para serem os protagonistas da evangelização da família em todas as situações e etapas em que se encontram.

 

Prezado Casal,

“Na família, aprende-se a pedir licença sem servilismo, a dizer «obrigado» como         expressão duma sentida avaliação das coisas que recebemos, a dominar a agressividade ou a ganância, e a pedir desculpa quando fazemos algo de mal. Estes pequenos gestos de sincera cortesia ajudam a construir uma cultura da vida compartilhada e do respeito pelo que nos rodeia” (L.S. 213).

A família é um espaço privilegiado onde se cultivam os valores humanos e cristãos e se promove uma verdadeira cultura da vida e do amor, que se contrapõe à cultura de morte que a sociedade nos oferece. Assim, queremos convidar, para participarem no Encontro Diocesano da Pastoral Familiar (P.F.) a realizar no dia 28 de fevereiro, 2 casais ou 4 representantes da  P.F. ou de movimentos que trabalham mais diretamente com a família para refletirmos questões vitais que estão desaparecendo do nosso meio. São muitas as propostas que a nossa Igreja noz faz. Entre ela o Papa Francisco nos convida a darmos visibilidade ao rosto misericordioso do nosso Deus, “sendo misericordiosos como o Pai” e nos propõe cuidarmos da casa comum para que tenhamos VIDA em abundância.  Esse mesmo convite nos é feito pela CNBB com a CF 2016 que tem como tema: “Casa comum nossa responsabilidade” e como lema: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”. É com um profundo sentimento de solidariedade eclesial que a Comissão Diocesana da Pastoral Familiar quer desenvolver suas atividades ao longo deste ano. Com este objetivo se coloca à disposição das paróquias que precisarem dos serviços da mesma. Sugerimos que olhem com o padre alguma data, para realizarmos um encontro da PF na paróquia, a fim de fazermos a agenda da Pastoral Familiar em nível Diocesano e darmos maior incentivo aos trabalhos que urge realizar a nível local.

 

Cronograma – 28/02/2016

7:30 – Acolhida – Salão da Catedral

8:00 – Celebração da Eucaristia – Catedral

9:00 – Café – Predinho da Catedral

9:30 – O rosto Misericordioso de Deus – Pe Bruno Costa Ribeiro

10:30 – Trabalho de grupos e plenário: Como dar visibilidade ao rosto misericordioso de Deus na família, nas pastorais e nos ambientes que frequentamos?

11:30 – Tempestade de ideias sobre a P.F.

12:00 – Almoço – Predinho da Catedral

13:30 – Dinâmicas – São João Evangelista

14:00 – A Pastoral Familiar no contexto da nova evangelização – “Uma Igreja em saída” – Casal: Alcides X Rosângela e a o Cooperadora da Família – Arminda

15:15 – Propostas para enviarem material dos trabalhos realizados nas paróquias para montar um painel no encontro de P.F no dia 04/09/16

15:30 – Avaliação e oração de envio

16:00 – Café e boa viagem…

Valor de inscrição R$ 25,00 por pessoa ou R$ 50,00 por casal. Por favor, converse com o seu pároco, sobre a possibilidade da paróquia poder ajudá-lo com a taxa de inscrição e ajuda de custos da viagem.

Solicitamos confirmar presença até dia 25 de fevereiro de 2015, pelos telefones: 3421 – 1024 (horário comercial) com Alcides e Rosângela ou (33) 98841 7154 (oi) ou 3421 1586 com a Simone. A confirmação é fundamental para nos organizarmos…

Receba nosso abraço fraterno e a certeza de nossas orações.

 

Pe. Bruno  Costa Ribeiro
Assessor Diocesano da Pastoral Familiar

A Palavra do Pastor
A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

Com a Liturgia do 2º Domingo da Páscoa (ano B), também chamado de “Domingo da Misericórdia”, à luz da Palavra...
Read More
O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Ano Litúrgico (ano B), começa com a quarta-feira de cinzas, e com ela o início do itinerário quaresmal, e...
Read More
Domingo de Ramos:  Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

Domingo de Ramos: Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

"Meu  Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"  (Mc 15,34) No Domingo de Ramos (ano B), refletimos sobre o Amor de...
Read More
“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

A Liturgia do 4º Domingo da Quaresma (Ano B) é conhecida como Domingo “Laetare”, ou seja, Domingo da alegria, devido...
Read More
A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

As grandes cidades enfrentam os inúmeros problemas de nosso tempo, principalmente porque vivemos em mudança de época, muito mais do...
Read More
Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Com o 3º Domingo da Quaresma (ano B), damos mais um passo no Itinerário rumo à Páscoa do Senhor. Podemos...
Read More
A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

O segundo Domingo da Quaresma (ano B), identificado como “O Domingo da Transfiguração do Senhor”, é um convite a escutarmos...
Read More
Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

“Ai de mim se seu não evangelizar” (1 Cor 9,16). A Evangelização na cidade tem inúmeros e grandes desafios, de modo...
Read More
“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

No 1º Domingo da Quaresma (Ano C), repensamos nossas opções de vida, tomando consciência das tentações que nos impedem de...
Read More
Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

“Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse:  “Eu quero: fica curado!”. No mesmo instante  a lepra...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: