Carta-convite da Coordenação da Pastoral Familiar

A família é um espaço privilegiado onde se cultivam os valores humanos e cristãos e se promove uma verdadeira cultura da vida e do amor, que se contrapõe à cultura de morte que a sociedade nos oferece.

pf

Guanhães, 10 de fevereiro de 2016

Prezado Sr. Padre,

“Na família, aprende-se a pedir licença sem servilismo, a dizer «obrigado» como expressão duma sentida avaliação das coisas que recebemos, a dominar a agressividade ou a ganância, e a pedir desculpa quando fazemos algo de mal. Estes pequenos gestos de sincera cortesia ajudam a construir uma cultura da vida compartilhada e do respeito pelo que nos rodeia” (L.S. 213).

A família é um espaço privilegiado onde se cultivam os valores humanos e cristãos e se promove uma verdadeira cultura da vida e do amor, que se contrapõe à cultura de morte que a sociedade nos oferece. Assim, queremos convidar, para participarem no Encontro Diocesano da Pastoral Familiar (P.F.) a realizar no dia 28 de fevereiro, 2 casais ou 4 representantes da  P.F. ou de movimentos que trabalham mais diretamente com a família para refletirmos questões vitais que estão desaparecendo do nosso meio. São muitas as propostas que a nossa Igreja noz faz. Entre ela o Papa Francisco nos convida a darmos visibilidade ao rosto misericordioso do nosso Deus, “sendo misericordiosos como o Pai” e nos propõe cuidarmos da casa comum para que tenhamos VIDA em abundância.  Esse mesmo convite nos é feito pela CNBB com a CF 2016 que tem como tema: “Casa comum nossa responsabilidade” e como lema: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”.

É com um profundo sentimento de solidariedade eclesial que a Comissão Diocesana da Pastoral Familiar quer desenvolver suas atividades ao longo deste ano. Com este objetivo contamos com o apoio do senhor na sua paróquia, incentivando e estimulando as famílias a se organizarem e a assumirem compromissos concretos da Pastoral Familiar para serem os protagonistas da evangelização da família em todas as situações e etapas em que se encontram.

 

Prezado Casal,

“Na família, aprende-se a pedir licença sem servilismo, a dizer «obrigado» como         expressão duma sentida avaliação das coisas que recebemos, a dominar a agressividade ou a ganância, e a pedir desculpa quando fazemos algo de mal. Estes pequenos gestos de sincera cortesia ajudam a construir uma cultura da vida compartilhada e do respeito pelo que nos rodeia” (L.S. 213).

A família é um espaço privilegiado onde se cultivam os valores humanos e cristãos e se promove uma verdadeira cultura da vida e do amor, que se contrapõe à cultura de morte que a sociedade nos oferece. Assim, queremos convidar, para participarem no Encontro Diocesano da Pastoral Familiar (P.F.) a realizar no dia 28 de fevereiro, 2 casais ou 4 representantes da  P.F. ou de movimentos que trabalham mais diretamente com a família para refletirmos questões vitais que estão desaparecendo do nosso meio. São muitas as propostas que a nossa Igreja noz faz. Entre ela o Papa Francisco nos convida a darmos visibilidade ao rosto misericordioso do nosso Deus, “sendo misericordiosos como o Pai” e nos propõe cuidarmos da casa comum para que tenhamos VIDA em abundância.  Esse mesmo convite nos é feito pela CNBB com a CF 2016 que tem como tema: “Casa comum nossa responsabilidade” e como lema: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”. É com um profundo sentimento de solidariedade eclesial que a Comissão Diocesana da Pastoral Familiar quer desenvolver suas atividades ao longo deste ano. Com este objetivo se coloca à disposição das paróquias que precisarem dos serviços da mesma. Sugerimos que olhem com o padre alguma data, para realizarmos um encontro da PF na paróquia, a fim de fazermos a agenda da Pastoral Familiar em nível Diocesano e darmos maior incentivo aos trabalhos que urge realizar a nível local.

 

Cronograma – 28/02/2016

7:30 – Acolhida – Salão da Catedral

8:00 – Celebração da Eucaristia – Catedral

9:00 – Café – Predinho da Catedral

9:30 – O rosto Misericordioso de Deus – Pe Bruno Costa Ribeiro

10:30 – Trabalho de grupos e plenário: Como dar visibilidade ao rosto misericordioso de Deus na família, nas pastorais e nos ambientes que frequentamos?

11:30 – Tempestade de ideias sobre a P.F.

12:00 – Almoço – Predinho da Catedral

13:30 – Dinâmicas – São João Evangelista

14:00 – A Pastoral Familiar no contexto da nova evangelização – “Uma Igreja em saída” – Casal: Alcides X Rosângela e a o Cooperadora da Família – Arminda

15:15 – Propostas para enviarem material dos trabalhos realizados nas paróquias para montar um painel no encontro de P.F no dia 04/09/16

15:30 – Avaliação e oração de envio

16:00 – Café e boa viagem…

Valor de inscrição R$ 25,00 por pessoa ou R$ 50,00 por casal. Por favor, converse com o seu pároco, sobre a possibilidade da paróquia poder ajudá-lo com a taxa de inscrição e ajuda de custos da viagem.

Solicitamos confirmar presença até dia 25 de fevereiro de 2015, pelos telefones: 3421 – 1024 (horário comercial) com Alcides e Rosângela ou (33) 98841 7154 (oi) ou 3421 1586 com a Simone. A confirmação é fundamental para nos organizarmos…

Receba nosso abraço fraterno e a certeza de nossas orações.

 

Pe. Bruno  Costa Ribeiro
Assessor Diocesano da Pastoral Familiar

A Palavra do Pastor
Vigilância ativa e perseverança na fé Homilia – (Homilia 33ºDTCC)

Vigilância ativa e perseverança na fé Homilia – (Homilia 33ºDTCC)

Vigilância ativa e perseverança na fé  “É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida!” (Lc 21,19) Na proximidade do final...
Read More
” Sofremos o amor perdido”

” Sofremos o amor perdido”

Disse o Senhor na passagem do Evangelho (Lc 21,5-19) proclamada no 33º Domingo do Tempo Comum (ano C): “Sereis entregues...
Read More
Cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna – Homilia do 32° Domingo Comum

Cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna – Homilia do 32° Domingo Comum

Cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna Com a Liturgia do 32º Domingo do Tempo Comum (ano C),...
Read More
A DOR DA SAUDADE

A DOR DA SAUDADE

Há dores que podem ser aliviadas ou até mesmo evitadas; Desnecessário nominá-las, pois bem as conhecemos. Há, porém, dores que...
Read More
Catequese permanente, frutos abundantes

Catequese permanente, frutos abundantes

O tema da iniciação à vida cristã e a necessária catequese permanente, que nos possibilita um crescimento constante mais do...
Read More
” Senhor, fazei de nós instrumentos da Vossa paz…”

” Senhor, fazei de nós instrumentos da Vossa paz…”

“Senhor, fazei de nós instrumentos da Vossa paz...” Retomemos a oração conclusiva da Mensagem do Papa Francisco,  para o 52º...
Read More
Ela veio trazendo vida

Ela veio trazendo vida

  Com o Cântico de Daniel, louvemos o Senhor: “Águas do alto céu, bendizei o Senhor! Potências do Senhor, bendizei...
Read More
Quanto mais próximos do Altar, maior será a exigência de Deus para conosco! (Homilia – 30° Domingo do Tempo Comum)

Quanto mais próximos do Altar, maior será a exigência de Deus para conosco! (Homilia – 30° Domingo do Tempo Comum)

Quanto mais próximos do Altar, maior será a exigência de Deus para conosco! Com a Liturgia do 30º Domingo do Tempo...
Read More
A oração não dispensa compromissos

A oração não dispensa compromissos

As mãos que elevamos aos céus são as mesmas que na terra estendemos ao outro... A Liturgia do 29º Domingo...
Read More
Graça, gratidão e gratuidade (Homilia 28º Domingo Tempo Comum – ano C)

Graça, gratidão e gratuidade (Homilia 28º Domingo Tempo Comum – ano C)

Graça, gratidão e gratuidade   “...Um deles, ao perceber que estava curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; atirou-se...
Read More
Curta Nossa Fanpage:

Empresas que possibilitam este projeto: