Se calarem a voz dos profetas…

Escasseiam pessoas sérias no mundo político. As notícias diárias não invalidam essa afirmação. Não há nada mais terrível do que cidadãos com pouca ou nenhuma esperança, expectativa, perspectiva quanto ao futuro da cidade, estado, país. A falta disso gera pessoas adoecidas, sem estima, sonhos, projetos. Cada passo dado para frente, dois, três, para trás configura um cenário de total desestímulo, cansaço, abatimento.

vozprofetica

Reclamamos muito da ausência de lideranças capazes de respeitar princípios éticos. Os casos de corrupção na cidade onde moramos, em nosso país, nos amedrontam, porque, em meio a tantas injustiças, o crime prevalece, os corruptos enriquecem às custas do dinheiro público, do trabalho, em condições degradantes, do cidadão. Nenhum desses senhores/as se enternecem com essa situação? Permanecem ávidos pela ganância? Desprezam, sem vergonha, a todos nós, sem culpa, sem remorso, sem medo de sucumbirem? Pai nosso!

Muito acertada a iniciativa do bispo diocesano, dom Jeremias Antônio de Jesus, de escrever e publicar um manifesto de apoio aos promotores de Justiça da cidade de Guanhães. Uma postura assim contraria o senso comum. Acostumados com a devassidão moral que castiga tantas pessoas, ficamos calados, comedidos. Dom Jeremias externou gratidão e apoio aos ilustríssimos Senhores Promotores Dr. Luciano Sotero Santiago e Dr. Guilherme Hering, ressoando a voz de tantas pessoas vítimas do descaso praticado pela coisa pública por lideranças (?) partidárias, pelo trabalho sério que vêm realizando. A punição aos culpados aparece como um alívio ao sofrimento imposto à população.

Faltam pessoas sérias no mundo político. Restam pessoas comprometidas com as atividades que desempenham. Ainda há, sim, lideranças capazes de libertarem o povo dos fardos pesados e de ser voz daqueles que foram silenciados pela opressão.

Luís Carlos Pinto

A Palavra do Pastor
“Coragem, Ele te chama” Homilia para o 30º Domingo do Tempo Comum

“Coragem, Ele te chama” Homilia para o 30º Domingo do Tempo Comum

  Joguemos o manto e saltemos ao encontro do Amor. No 30º Domingo do Tempo Comum (Ano B) refletimos sobre...
Read More
Presbítero: Homem da Palavra e de palavra

Presbítero: Homem da Palavra e de palavra

O sopro do Concílio nos desafiou a assumir as alegrias e tristezas, angústias e esperanças da humanidade, como Igreja de...
Read More
Do Cálice à Missão, da Missão ao Cálice!

Do Cálice à Missão, da Missão ao Cálice!

Todos os dias são dias de missão, e a Igreja que vive no tempo é missionária, por sua natureza, tendo...
Read More
Somente Deus nos concede a verdadeira riqueza – Homilia para o XXVIII Domingo do Tempo Comum – Ano B.

Somente Deus nos concede a verdadeira riqueza – Homilia para o XXVIII Domingo do Tempo Comum – Ano B.

No 28º Domingo do Tempo Comum (ano B), somos convidados a refletir sobre o essencial e o efêmero em nossa...
Read More
Somos um povo peregrino e evangelizador .

Somos um povo peregrino e evangelizador .

“Nós vimos o Senhor” (Jo 20,25) Na Exortação Evangelii Gaudium, o Papa afirma que “A Evangelização é dever da Igreja. Este sujeito da...
Read More
O Sacramento do Matrimônio no Plano de Deus – Homilia do XXVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

O Sacramento do Matrimônio no Plano de Deus – Homilia do XXVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

  No 27º Domingo do Tempo Comum (Ano B), refletimos sobre a aliança matrimonial que, no Projeto de Deus, consiste...
Read More
Graça e perseverança na missão

Graça e perseverança na missão

 “Tende entre vós o mesmo sentimento que existe em Cristo Jesus” (Fl 2,5) Retomo as iluminadoras palavras do Papa Francisco na...
Read More
Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

“Olhando para o céu, suspirou e disse:  “Effatha!”, que quer dizer “abre-te!” No 23º Domingo do Tempo Comum (ano B),...
Read More
Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Como Igreja que somos, precisamos testemunhar a nossa Fé, dando solidez à Esperança, na vivência concreta e eficaz da Caridade,...
Read More
Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom  Otacilio F. de Lacerda.

Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom Otacilio F. de Lacerda.

Com a Liturgia do 22º Domingo do Tempo Comum (ano B), aprofundamos como deve ser uma verdadeira religião que agrade...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: