Decreto para o Ano Santo da Misericórdia 2015 – 2016

Aos que este Decreto virem, saudação, paz e bênçãos no Senhor Jesus Cristo, o Rosto da Misericórdia do Pai!

brasao-diocese

Em razão da proclamação do Ano Jubilar Extraordinário da Misericórdia, por Sua Santidade o Papa Francisco com a Bula Misericordiae Vultus, recordo, oriento e decreto, como segue:

Queremos vivenciar o Ano Jubilar como experiência de um encontro pessoal e eclesial com Jesus Cristo, levando-nos à conversão, a fim de que sejamos sinais do Reino e expressão desta misericórdia.

No dia 08 de dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição da Bem Aventurada Virgem, o Santo Padre o Papa abriu a Porta Santa na Basílica de São Pedro, em Roma, dando início ao Ano da Misericórdia. A graça da Porta Santa é também concedida às Igrejas Particulares. Escreve o Papa: “No domingo seguinte, o Terceiro Domingo do Advento, abrir-se-á a Porta Santa na Catedral de Roma, a Basílica de São João de Latrão. E em seguida será aberta a Porta Santa nas outras Basílicas Papais. Estabeleço que no mesmo domingo, em cada Igreja Particular – na Catedral, a Igreja Mãe para todos os fiéis […] se abra igualmente, durante todo o Ano Santo, uma Porta da Misericórdia. Por opção do Ordinário, ela poderá ser aberta também nos Santuários, meta de muitos peregrinos…” (MV 3)

Que neste Ano Santo, a Diocese de Guanhães seja um sinal vivo do Amor do Pai, esforçando-se a cada dia para viver o perdão, a reconciliação, o amor, a comunhão, a fraternidade, a partilha, a paz, a justiça, o entendimento, a compreensão e a misericórdia. Exorto a todos, a cada um dos irmãos sacerdotes e a cada um dos irmãos e irmãs, fiéis desta Diocese, a buscar viver o Ano Santo com o coração voltado para o Pai, mantendo os olhos fixos em seu Filho Jesus, à Luz do Espírito, para que a conversão e a reconciliação aconteçam plenamente em nossas vidas.

Em comunhão com o Santo Padre o Papa, abriremos a Porta Santa do Ano Jubilar da Misericórdia no dia 13 de dezembro, às 09 horas, na Igreja Catedral de Guanhães.

Devido à dimensão territorial da Diocese e seguindo as orientações da Bula Papal, decreto que seja aberta a porta santa da misericórdia nos seguintes lugares, onde também poderão ser alcançadas as indulgências:

  1. Santuário Bom Jesus de Matosinhos, em Conceição do Mato Dentro;
  2. Igreja Santa Maria Eterna, em Santa Maria do Suaçuí;
  3. Igreja São João Evangelista, em São João Evangelista;
  4. Igreja Sant’Ana, em Ferros;
  5. Igreja Nossa Senhora do Amparo, em Braúnas .

O Santo Padre o Papa Francisco pede que se redescubra o sentido da indulgência na espiritualidade cristã. (MV.22)

Por isso, decretamos que podem ganhar a Indulgência Plenária da pena temporal, concedida pela misericórdia de Deus, para os próprios pecados e também em sufrágio pelas fiéis falecidos, aqueles que, arrependidos de seus pecados, confessarem de modo devido (em qualquer igreja, não necessariamente onde está a Porta da Misericórdia),comungarem sacramentalmente, rezarem nas intenções do Sumo Pontífice e renovarem publicamente a profissão da fé católica de acordo com as fórmulas próprias da Igreja e participarem de alguma das seguintes celebrações:

  1. Da abertura do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, no dia 13 de dezembro de 2.015, na Catedral de Guanhães;
  2. Do encerramento do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, na celebração diocesana da Festa de Cristo Rei, no dia 20 de novembro de 2.016;
  3. Da Santa Missa na Catedral e em todas as igrejas da Diocese de Guanhães nas seguintes comemorações:
  4. Na Vigília do Natal ou no dia do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo, de 2.015;
  5. Na Vigília da Páscoa e na Páscoa do Senhor, de 2.016;
  6. No Domingo da Divina Misericórdia, dia 03 de Abril de 2.016;
  7. No dia 01 de Maio de 2.016, aniversário da Dedicação da Catedral de Guanhães e 30 anos de instalação da Diocese;
  8. No dia 29 de setembro de 2.016, Festa de São Miguel, São Gabriel e São Rafael Arcanjos. São Miguel, Padroeiro da Diocese.
  9. Em peregrinação à Catedral e às Igrejas indicadas, passando pela Porta Santa da Misericórdia, após cumprirem as orientações para ganhar as indulgências.

E ainda, observadas as mesmas condições acima indicadas, podem ganhar a indulgência Plenária os fiéis que praticarem as obras de misericórdia corporais e espirituais.Corporais: dar de comer aos famintos, dar de beber aos sedentos, vestir os nus, acolher os peregrinos, dar assistência aos enfermos, visitar os presos, enterrar os mortos.Espirituais: aconselhar os indecisos, ensinar os ignorantes, admoestar os pecadores, consolar os aflitos, perdoar as ofensas, suportar com paciência as pessoas molestas, rezar a Deus pelos vivos e falecidos. MV. 15

No espírito do Ano Santo, estabelecemos ainda alguns eventos no decorrer do ano de 2.016, que nos ajudarão a vivenciar o mistério da Misericórdia:

  1. Seminário sobre a Carta Encíclica Laudato Si’, do Santo Padre Francisco. Data a ser definida.
  2. “24 Horas para o Senhor” – Dias 04 e 05 de Março (Antes do 4º Domingo da Quaresma). Por questão de segurança, sugiro que se faça durante o dia. À noite poderá ser feito nas casas, seguindo esquema de vigília, com horário determinado para quem quiser participar. Quem participar, observadas as devidas condições, também poderá receber as indulgências.
  3. Encontro de Formação para os Ministros Extraordinários da Palavra – Dia 12 de Março.
  4. Retiro para Comunicadores – Dia 13 de Março.
  5. Celebração da Misericórdia com o Clero – Dia 03 de Junho – Solenidade do Sagrado Coração de Jesus.
  6. Jubileu dos Catequistas – Dia 30 de julho.
  7. Retiro do Clero – Dias 22 a 25 de Agosto.

Peço que a Quaresma do ano jubilar seja vivida intensamente como tempo forte para celebrar e experimentar a misericórdia de Deus. Que os irmãos presbíteros promovam celebrações penitenciais com a Confissão individual para que os fiéis tenham a oportunidade de reconciliarem-se com Deus e com o próximo.

Este Decreto tem validade a partir da presente data até a conclusão do Ano da Misericórdia.

Desejo que a Misericórdia do Pai seja fortemente vivida por todos! Que a Luz do Espírito nos oriente e nos conduza!

Maria, Mãe de Misericórdia, rogai por nós!

Em Cristo Jesus, o rosto da Misericórdia do Pai,

 

brasaoepiscopal

Dom Jeremias Antonio de Jesus

Bispo Diocesano

“Fiat Voluntas Tua”

Guanhães, 10 de dezembro de 2.015.

 

Protocolo Nº.: 1801

Livro Nº.: 01

Folha Nº.:41

Curta Nossa Fanpage:
Faça sua inscrição:

Empresas que possibilitam este projeto: