Diocese de Guanhães reúne virtualmente com vice-prefeitos e vereadores católicos eleitos

Realizou-se na noite do dia 22/12/2020, das 19 às 21 h, por plataforma virtual, uma reunião com a presença de Dom Otacilio Ferreira de Lacerda – bispo diocesano de Guanhães -, membros da equipe de coordenação das Pastorais Sociais da diocese, vice-prefeitos e vereadores católicos eleitos no último pleito municipal de 15 de novembro de 2020.A reunião, solicitada por Dom Otacilio, teve como objetivo um contato mais próximo da Igreja, por meio dos seus pastores, com os eleitos, engajados em pastoral e/ou movimentos.
Conforme a pauta, Dom Otacilio acolheu a todos e todas expressando sua alegria pelo momento inédito em nossa Diocese, e sentindo-se privilegiado de poder realizar um encontro como esse.Sua intenção como pastor é o acompanhamento pela Igreja, para que não sintam ou digam que a Igreja os abandonou após eleitos.
Este encontro só foi possível – disse Dom Otacilio – porque uma equipe de cristãos leigos e leigas juntamente com os padres assessores diocesanos, empenhou-se em elaborar um projeto de Escola de Fé e Política na Diocese.
A seguir apresentou a Equipe Diocesana: Padre Salomão Rafael Gomes e Padre Vanderlei Rodrigues Santos – assessores; Seminarista Rafael Aguiar; Luís Carlos Pinto – do Movimento Fé e Política; Maria Madalena dos Santos Pires – da Equipe de Articulação CNLB/Guanhães.
Padre Salomão conduziu a oração inicial lendo o texto do Evangelho de Lc 1,46-56; fez-se uma breve reflexão.
Padre Vanderlei deu as boas-vindas aos vice-prefeitos e vereadores presentes e abriu espaço para apresentação de cada um: Djalma de Oliveira, vice-prefeito de Rio Vermelho; Lourdes Aparecida de Jesus Lomba, vereadora – Rio Vermelho; Célio Augusto da Silva, vice-prefeito de Guanhães; Lucimar Ferreira Pinto, vereador- Guanhães; Alcides Robson Rocha, vereador – Guanhães; Maria Auxiliadora Alves Ferreira( Cili), Vereadora – Água Boa; Jose Edinesio de Campos , vereador- Paulistas; Edimilson Calisto de Almeida, vereador – São José do Jacuri; Zilda Rocha, vereadora -Frei Lago Negro; Rosilene Cândido Carvalho e Nascimento, vereadora -Cantagalo; Marcos Geraldo Gonçalves (Quim do Baguari), vereador – São João Evangelista ; José Correa Braga Neto ( Pitu), vereador – Peçanha.
Dando continuidade à pauta, padre Vanderlei colocou alguns questionamentos: como nos organizaremos como grupo de cristãos leigos e leigas na política? Qual aperiodicidade dessas reuniões? Vamos convidar todos os católicos eleitos ou só osagentes de pastorais?
Dom Otacilio pediu ao Luís Carlos e Madalena mais detalhes sobre o Projeto da Escola de Fé e Política – como e quando irá iniciar. Eles relataram que o projeto surgiuda participação de 5 membros da paróquia São Miguel de Guanhães no curso do CEFEP/CNBB, destinado à formação de Conselheiros de Políticas Públicas nos municípios, como também a todos que se interessarem na formação. A previsão é que seja ministrado durante o ano de 2021 de forma on-line. Rafael, seminarista, ressaltou a necessidade de maior conhecimento por todos os cidadãos e cidadãs dos assuntosreferentes ao funcionamento dos Conselhos para que assim se faça uma gestão mais participativa.
Durante as falas, vários participantes manifestaram sua alegria com a iniciativa da diocese em promover esse apoio, estar junto deles nos momentos de dificuldades que surgirão durante o mandato.
– Que caminho iremos traçar? Precisamos de ajuda! -, disse o senhor Ednésio, de Paulistas. É muito importante a união da Igreja, conscientizando a todos da importância da sua participação cidadã tanto nos conselhos como nas reuniões da Câmara. Lourdes, de Rio Vermelho, frisou a importância da presença da mulher na politica, com seu jeito próprio, feminino, tendo muito a contribuir. Disse ainda que, na história de Rio Vermelho, só três mulheres assumiram mandato legislativo, fruto de uma cultura machista. Dessa vez, a própria comunidade sentiu a necessidade deeleger mulher e são duas representantes mulheres na Câmara.
Nos encaminhamentos, ficou decidido que as próximas reuniões serão bimestrais, nas segundas quintas-feiras do mês de fevereiro, abril, junho, agosto, outubro, dezembro de 2021. Serão convidados todos os eleitos católicos.
Por fim, Dom Otacilio fez uma breve provocação aos presentes sobre a Encíclica Fratelli Tutti, do Papa Francisco, destacando alguns parágrafos do capítulo V que falam diretamente da ‘’boa Política”, exortando a todos que façam a leitura daEncíclica.
Deu como continuidade do aprofundamento a leitura da Mensagem do Papa para o Dia Mundial da Paz do dia 1º de janeiro 2021, sugerindo também sua leitura.
Padre Salomão agradeceu a presença de todos. Com a bênção final de Dom Otacilio, encerrou-se a Encontro.

Madalena Santos

A Palavra do Pastor
O chamado divino e a nossa resposta – Homilia – Segundo Momingo do Tempo Comum ( Ano B)

O chamado divino e a nossa resposta – Homilia – Segundo Momingo do Tempo Comum ( Ano B)

Deus nos chama para que anunciemos a Sua Palavra e não a nós mesmos, porque nisto consiste a vocação do...
Read More
Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Com a Liturgia da Festa do Batismo do Senhor (ano B), refletimos sobre a revelação de Jesus Cristo, o Filho...
Read More
Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Com a Liturgia do 4º Domingo do Advento (ano B), damos mais um passo fundamental nesta caminhada de preparação para...
Read More
Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

“João é a voz no tempo; Cristo é, desde o princípio, a Palavra eterna.” Ao celebrar o 3º Domingo do...
Read More
Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Com o primeiro Domingo do Tempo do Advento (ano B), seremos convidados à vigilância, numa frutuosa preparação para o Natal...
Read More
Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

  Alegres e convictos Servidores do Reino (Homilia - XXXIIIDTCA) A Liturgia do 33º Domingo do Tempo comum (Ano A),...
Read More
Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Com a Liturgia, do 32º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre a necessária vigilância ativa na espera do...
Read More
O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

Finados: dia de recolhimento, oração e contemplação de nossa realidade penúltima, a morte; fortalecimento na fé sobre nossa realidade última,...
Read More
Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

  A Solenidade de todos os Santos abre nosso espírito e coração às consequências da Ressurreição. Para Jesus, ela foi...
Read More
Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois Amores inseparáveis O Mandamento do Amor é a essência da vida cristã Com...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: