É Natal!

É Natal!

Vou sair pela cidade…

A cidade tem seus cenários, ora sórdidos, ora inóspitos.
Também tem cenários de encanto e formosura.

Há manifestações de desencanto e da violação da vida,

mas também pequenos grandes sinais que nos renovam a confiança e a esperança no futuro.

Vou andar pela cidade.
Quero andar pelos becos e vilas,
cansar meus pés como mensageiro do Verbo que Se fez criança.

Quero contemplar a teimosia da vida surgindo e ressurgindo inexplicavelmente, ou pela fé explicável, ou ainda por outra força que vem de cada alma que não se entrega.

Quero ouvir o canto dos pássaros somando-se ao canto daqueles que cantam a esperança, a ousadia, o renascimento daquilo que nos move, nos faz dar passos: a tal da utopia.
Quero ouvir o canto daqueles que se contrapõem aos que anunciam a suas exéquias e morte há algum tempo.
É para isto que nos serve a utopia, para nos por sempre a caminho do bem e do melhor.

Vou sair anonimamente pelas ruas procurando identificar onde Deus faz a vida florescer, para que possa depois anunciar alegremente para quem diz que já não há nada mais para crer.

Vou sair e entrar nas salas dos encontros que se articulam
pela elevação e defesa da dignidade e sacralidade da vida,
desde a  sua concepção até o seu natural declínio.

Quero ver o Natal acontecendo…

Não mais no presépio de há dois mil anos,
mas nos presépios de nossos tempos;
nas manjedouras de nossos corações.

Quero ver o Deus Menino assumindo o lamaçal de nossos pecados, para dele nos remover, pois foi nossa condição vivendo em sua totalidade,
fazendo-se igual a nós menos no pecado,
que tão desejada redenção pôde fazer acontecer.

Quero ver o Natal acontecendo…

Sem holofotes, câmeras, luzes ou manchetes.

Quero ver o Natal acontecendo na mais perfeita e bela singeleza
de um Mistério imenso de Amor:

Nasceu o Amor, nasceu a Luz, nasceu a Diviníssima Ternura.

Nada mais será como antes.

Venha! Vamos sair pelas ruas e praças.
Vamos ver o Natal acontecendo.

Não deixemos estas tão belas verdades,
âncoras de minha alma,
se tornarem mentiras e ilusões.

Quando pessoas de boa vontade se somam e os dons partilham, 
o milagre, o impossível, que para Deus não existe, Ele faz acontecer…

É Natal!

Vou sair pela cidade…

Dom Otacilio F. Lacerda às 07:59

Nenhum

A Palavra do Pastor
A Quarta- Feira de Cinzas no Mistério da fé

A Quarta- Feira de Cinzas no Mistério da fé

Com a Quarta-feira de Cinzas, a Igreja inicia a Quaresma, Tempo favorável da Salvação e os fiéis recebem as Cinzas...
Read More
Servidores da Paz e do Amor Pleno – Jesus (Homilia 7º Domingo Tempo Comum- ano A)

Servidores da Paz e do Amor Pleno – Jesus (Homilia 7º Domingo Tempo Comum- ano A)

Servidores da Paz e do Amor Pleno – Jesus “...Bem-aventurados os mansos porque herdarão a terra... Bem aventurados os que...
Read More
A graça de ser Padre

A graça de ser Padre

“Irmãos, cuidai cada vez mais de confirmar a vossa vocação e eleição. Procedendo assim, jamais tropeçareis. Desta maneira vos será...
Read More
Só Deus nos garante a verdadeira felicidade ( Homilia 6º Domingo Tempo Comum – Ano A)

Só Deus nos garante a verdadeira felicidade ( Homilia 6º Domingo Tempo Comum – Ano A)

  Só Deus nos garante a verdadeira felicidade "Enquanto o amor humano tende a apossar-se do bem que encontra no...
Read More
Sejamos Sal e luz na planície do quotidiano ( Homilia do 5º Domingo do Tempo Comum- Ano A)

Sejamos Sal e luz na planície do quotidiano ( Homilia do 5º Domingo do Tempo Comum- Ano A)

Sejamos Sal e luz na planície do quotidiano ... quando atraímos o olhar de todos para Deus, e não para...
Read More
Festa da Apresentação do Senhor: Jesus Cristo é a nossa Luz e Salvação ( Homilia- Domingo 02 de fevereiro)

Festa da Apresentação do Senhor: Jesus Cristo é a nossa Luz e Salvação ( Homilia- Domingo 02 de fevereiro)

“Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma” ( Lc 2,35) No dia 2 de fevereiro, celebramos a Festa...
Read More
Ser Padre: missão de resplandecer a luz de Cristo no rosto da Igreja

Ser Padre: missão de resplandecer a luz de Cristo no rosto da Igreja

“O Concílio deseja ardentemente iluminar todos os homens com a claridade de Cristo, luz dos povos, que brilha na Igreja,...
Read More
Sejamos instrumentos nas mãos de Deus (Homilia do 3º Domingo do Ano A)

Sejamos instrumentos nas mãos de Deus (Homilia do 3º Domingo do Ano A)

No 3º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre o Projeto de Salvação e de Vida plena que Deus...
Read More
FORTALEÇAMOS O PILAR DA PALAVRA DE DEUS

FORTALEÇAMOS O PILAR DA PALAVRA DE DEUS

As novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil (2019-2023), Documento nº. 107 da Conferência Nacional do Brasil  (CNBB), nos apresentam...
Read More
Apresentar e testemunhar Jesus, a luz das Nações ( Homilia para o 2º Domingo do Tempo Comum-ano A)

Apresentar e testemunhar Jesus, a luz das Nações ( Homilia para o 2º Domingo do Tempo Comum-ano A)

Apresentar e testemunhar Jesus, a Luz das Nações “Melhor é calar-se e ser do que falar e não ser. Coisa...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: