Reunião para avaliação das atividades pastorais em São Pedro

O administrador paroquial Padre Luiz Maurício da Silva e as lideranças dos Movimentos, Pastorais e Comunidades de São Pedro do Suaçuí reuniram-se na manhã do dia 14 de dezembro, na Capela Nossa Senhora Aparecida, bairro Vargem Grande, para momentos de avaliação da caminhada pastoral, formação de 2019  e planejamento de atividades para o ano de 2020.

A escolha do local se deu a partir de um sorteio entre as comunidades. É costume que todas as reuniões de lideranças ocorram no Salão Paroquial, mas desde 2018 o grupo definiu a estratégia de que a última do ano, a da avaliação, se realizasse em uma Capela ou setor para que todos pudessem participar da confraternização.

Os cristãos leigos e leigas solicitaram ao administrador paroquial esse momento para uma reflexão e avaliação da caminhada pastoral e ele aceitou e colaborou na proposta. A secretária da paróquia, Jéssica Ribeiro, teve um papel fundamental na mobilização, comunicação e logística na preparação do encontro.

A comunidade local acolheu a todos com variado café da manhã. Padre Luiz iniciou a oração destacando a importância do momento e convidou o grupo a fazer memória dos momentos mais relevantes em 2019 na paróquia, na diocese, na igreja no Brasil e no mundo a partir dos símbolos expostos no ambiente ou fatos que ficaram marcados na memória dos participantes. Os mencionados foram: novenas e festas dos padroeiros, campanhas de evangelização, a canonização de irmã Dulce, formação da catequese e dízimo nas áreas, os desafios do Papa Francisco e da igreja no mundo, a novena de natal com as crianças, a posse de nosso bispo diocesano Otacilio Ferreira de Lacerda, a primeira visita pastoral e celebração da Crisma.

A seguir, o cristão leigo Alessandro Gomes apresentou ao grupo a definição de avaliação como um aspecto constitutivo da ação pastoral. Ressaltou que avaliar é olhar a caminhada feita, procurando não perder a História construída e, acima de tudo, é olhar as perspectivas de futuro como oportunidade de refletir sobre o processo em andamento e ver em que precisamos crescer. Frisou sobre a importância de sentir as conquistas que estão sendo feitas, valorizando o esforço individual e coletivo, para animar a caminhada.  Finalizou dizendo que avaliar é também mergulhar nos fracassos, nas omissões, nos erros, para compreender o que gerou as derrotas e que a avaliação é uma prática do Povo de Deus em toda sua história.

Após, o grupo dedicou-se à leitura dinâmica do Projeto de Pastoral e Plano de Ação Evangelizadora de nossa diocese e suas urgências: a) Permanecer em constante “estado de missão”; b) Cuidar da “Iniciação à vida cristã”; C) Amplificar a “animação bíblico-catequética”; d) Vivenciar a Igreja como “comunidade de comunidade” e) Ser Igreja a “serviço da vida plena” para todos.

Na avaliação dos presentes, os pontos fortes durante o ano com referência ao projeto foram: formação de catequistas, catequese de inspiração catecumenal e litúrgica, reorganização do Conselho de Assuntos Econômicos, formação de Leigos nos Encontros Diocesanos, pastoral da comunicação e utilização das redes sociais. No que se refere aos desafios, destacaram-se: animar os cristãos desencantados e desanimados, reanimar e formar grupos de reflexão, aproveitar os momentos de piedade popular para evangelizar, fortalecer e fidelizar os cristãos presentes em nossas comunidades, formar os agentes de pastorais no espírito missionário; assistir emergencialmente os mais necessitados na paróquia e ter uma agenda permanente de formação.

Os participantes, com base nos desafios, elaboraram uma agenda de formação para 2020. Padre Luiz destacou que elas ocorrerão sempre no primeiro sábado de cada mês e que em todas ficará reservado um tempo para formação litúrgica. Sugeriu-se que a preparação/ formação para os meses temáticos se realizem sempre no período anterior para melhor organização da comunidade. Exemplo: o mês referência do dizimo é novembro; então, em outubro o grupo vai estudar o tema para melhor preparação.

Fevereiro Campanha da Fraternidade/sistema de administração paroquial
Março Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora
Abril Festa do padroeiro
Maio Formação litúrgica para ministros/leitores/acólitos/coroinhas
Junho Cartilha das comunidades eclesiais de base
Julho Vocações/ Semana da Família
Agosto Bíblia
Setembro Missão
Outubro Dizimo
Novembro Novena de Natal das crianças e adultos/ Doutrina Social
Dezembro Avaliação

Para finalizar o grupo rezou a oração de renovação do compromisso missionário, com destaque em cada área de atuação. Após a bênção e envio, houve troca de presentes entre as lideranças e o padre e serviu-se um almoço. A avaliação dos participantes para o encontro foi muito positiva e de extrema relevância para os trabalhos de evangelização da paróquia.

 

Equipe da Pascom

Fotos: Jéssica Ribeiro

 

 

A Palavra do Pastor
Somente Deus nos concede a verdadeira riqueza – Homilia para o XXVIII Domingo do Tempo Comum – Ano B.

Somente Deus nos concede a verdadeira riqueza – Homilia para o XXVIII Domingo do Tempo Comum – Ano B.

No 28º Domingo do Tempo Comum (ano B), somos convidados a refletir sobre o essencial e o efêmero em nossa...
Read More
Somos um povo peregrino e evangelizador .

Somos um povo peregrino e evangelizador .

“Nós vimos o Senhor” (Jo 20,25) Na Exortação Evangelii Gaudium, o Papa afirma que “A Evangelização é dever da Igreja. Este sujeito da...
Read More
O Sacramento do Matrimônio no Plano de Deus – Homilia do XXVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

O Sacramento do Matrimônio no Plano de Deus – Homilia do XXVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

  No 27º Domingo do Tempo Comum (Ano B), refletimos sobre a aliança matrimonial que, no Projeto de Deus, consiste...
Read More
Graça e perseverança na missão

Graça e perseverança na missão

 “Tende entre vós o mesmo sentimento que existe em Cristo Jesus” (Fl 2,5) Retomo as iluminadoras palavras do Papa Francisco na...
Read More
Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

“Olhando para o céu, suspirou e disse:  “Effatha!”, que quer dizer “abre-te!” No 23º Domingo do Tempo Comum (ano B),...
Read More
Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Como Igreja que somos, precisamos testemunhar a nossa Fé, dando solidez à Esperança, na vivência concreta e eficaz da Caridade,...
Read More
Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom  Otacilio F. de Lacerda.

Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom Otacilio F. de Lacerda.

Com a Liturgia do 22º Domingo do Tempo Comum (ano B), aprofundamos como deve ser uma verdadeira religião que agrade...
Read More
“Só Tu tens Palavras de vida eterna” – Homilia 21º Domingo do Tempo Comum

“Só Tu tens Palavras de vida eterna” – Homilia 21º Domingo do Tempo Comum

“A quem iremos, Senhor?” Com a Liturgia do 21º Domingo do Tempo Comum (ano B), refletimos sobre nossas opções, sobre o discernimento que...
Read More
A missão e o Alimento indispensável – Homilia 19º Domingo Comum – Ano B

A missão e o Alimento indispensável – Homilia 19º Domingo Comum – Ano B

A Liturgia do 19º Domingo do Tempo Comum (ano B), continuamos a refletir sobre um tema de extrema importância: Jesus...
Read More

Temos fome e sede de Deus – XVIII Domingo do Tempo Comum

Com a Liturgia do 18º Domingo do Tempo Comum (ano B), refletimos sobre o Jesus, o Pão da Vida, e,...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: