Entenda como será a posse de Dom Otacilio – Rubricas e Cânticos

RUBRICAS E CÂNTICOS PARA POSSE DE DOM OTACILIO LACERDA

A celebração é dividida em duas partes, a saber:
– A primeira parte é quando o bispo entra pela primeira vez em sua igreja catedral, ai acontece a recepção por parte do colégio de consultores, o metropolita, o clero e o povo.
– A segunda parte é o rito da Posse Canônica; e a Celebração Eucarística, chamada também de Missa Estacional.

I PARTE DA CELEBRAÇÃO
(Recepção do bispo na Catedral)

– Dom Otacílio, em vestes corais, é recebido à porta da Catedral, por Dom Darci José, Arcebispo Metropolita, por Dom Walmor de Oliveira, Arcebispo de Belo Horizonte e Presidente da CNBB, e pelo Colégio dos Consultores. Os Sacerdotes e diáconos concelebrantes e igualmente, o povo de Deus, devem se encontrar dignamente acolhidos, nos lugares previamente indicados. Os bispos presentes aguardam na sacristia, ao fundo da Igreja Catedral.
01 – (Cântico para Recepção do Bispo em sua catedral)
1. Reunidos em torno dos nossos pastores: nós iremos a ti. Professando a todos uma só fé: nós iremos a ti. Armados com a força que vem do Senhor: nós iremos a ti. Sob o impulso do Espírito Santo: nós iremos a ti.
Igreja Santa, templo do Senhor Glória a ti, Igreja Santa, ó cidade dos cristãos; que teus filhos hoje e sempre vivam todos como irmãos.
2. De nossas fazendas e nossas cidades: nós iremos a ti. De nossas montanhas e nossas baixadas, nós iremos a ti. De nossas cabanas e pobres favelas: nós iremos a ti. De nossas escolas e nossos trabalhos: nós iremos a ti.
3. Com nossos anseios e nossos desejos: nós iremos a ti. Com nossas angústias e nossas alegrias: nós iremos a ti. Com nossa fraqueza e nossa bondade: nós iremos a ti. Com nossa riqueza e nossa carência: nós iremos a ti.
4. Com nossas irmãs e irmãos nos claustros: nós iremos a ti. Com nossos irmãos sofredores: nós iremos a ti. Com os padres que sobem ao altar: nós iremos a ti. Com os padres que partem em missão: nós iremos a ti
5. Curvados ao peso do nosso trabalho: nós iremos a ti. Curvados ao peso do nosso pecado: nós iremos a ti. Confiantes por sermos filhos de Deus: nós iremos a ti. Confiantes por sermos os membros de Cristo: nós iremos a ti.

– À porta principal da Catedral, Pe. José Aparecido de Pinho, Vigário Geral, e Pe. Hermes Firmiano Pedro, Pároco da Catedral, ladeado pelo Colégio dos Consultores, apresentam o Crucifixo a Dom Otacilio, o qual o beija. Depois recebe o aspersório, com o qual se asperge e asperge os presentes; sendo conduzido pelo corredor central da Catedral. Enquanto isso, o coral canta.
02 – (Cântico para aspersão da assembleia)
Banhados em Cristo, somos uma nova criatura. As coisas antigas já se passaram, somos nascidos de novo.
Aleluia, aleluia, aleluia! (bis).

– Na sequência, Dom Otacílio é conduzido à Capela do Santíssimo Sacramento para um breve momento de oração. Enquanto isso canta-se, todos cantam.
03 – (Cântico para Adoração ao Santíssimo Sacramento)
1. Eu quisera, Jesus adorado, teu sacrário de amor rodear. De almas puras, florinhas mimosas, Perfumando teu Santo Altar.
O desejo de ver-te adorado, tanto invade o meu coração, que eu quisera estar noite e dia, a teus pés em humilde oração.
2. Pelas almas, as mais pecadoras, eu te peço, Jesus, o perdão; dá-lhes todo o amor e carinho, todo o afeto do teu coração.
3. E se um dia, meu Jesus amado, meu desejo se realizar, hei de amar-te por todos aqueles que, Jesus, não te querem amar.

– Após, virem da capela e dirigirem-se para o presbitério, Dom Otacilio permanece em pé diante do altar, ladeado por Dom Darci e Dom Walmor, e enquanto isso todos cantam, invocando o Espírito Santo para que o conduza na missão de pastor.
04 – (Cântico de invocação ao Espírito Santo)
1. Ó, vinde, Espírito Criador, as nossas almas visitai, e enchei os nossos corações com vossos dons celestiais.
2. Vós sois chamado o Intercessor, do Deus excelso o dom sem par, a Fonte Viva, o Fogo, o Amor, a unção divina e salutar.
3. Sois Doador dos sete dons e sois poder na mão do Pai, por Ele prometido a nós, por nós seus feitos proclamai.
4. A nossa mente iluminai, os corações enchei de amor, nossa fraqueza encorajai, qual força eterna e protetor.
5. Nosso inimigo repeli, e concedei-nos vossa paz; se pela graça nos guiais, o mal deixamos para trás.
6. Ao Pai e ao Filho Salvador, por vós possamos conhecer. Que procedeis do seu amor, fazei-nos sempre firmes crer.

– Após o cântico ao Espírito Santo, Dom Otacilio, Dom Darci, Dom Walmor e o Colégio dos Consultores, dirigem-se para a sacristia, onde se paramentam. O coral se prepara para a Celebração Eucarística, celebrada segundo o Rito Estacional. E cantam-se alegremente.
05- (Cântico enquanto os bispos se paramentam)
Cristo vence, Cristo reina, Cristo, Cristo impera!
1. Que Deus de ao santo padre o Papa, pai universal, paz, vida e salvação eterna.
2. Ao nosso bispo e ao nosso pastor, que Deus o ilumine para guiar o seu povo santo.
3. Venha a nós os melhores dias! Venha a paz e o reino de Cristo!
4. Venha seu reino de justiça paz e amor, reino da verdade, da graça e da vida!

II PARTE DA CELEBRAÇÃO
(Posse e Missa Estacional)

– Todos paramentados se posicionam para a celebração Eucarística. Na procissão de Entrada, o Colégio dos Consultores, os Bispos e Arcebispos presentes.
06. (Cântico para a procissão de Entrada)
Bendito o que vem em nome do Senhor! Bendito o que vem em nome do Senhor! Bendito o que vem em nome do Senhor! Bendito o que vem em nome do Senhor!
1. Tu és sacerdote, sempre e para sempre, segundo a ordem de Melquisedec! Hoje servidor da Igreja!
2. Mensageiro da paz, de harmonia e amor, vem ao nosso meio em nome do Senhor!
3. Dom Otacilio! Este é teu lema : “Pra mim viver é Cristo”. Foste consagrado, hoje és enviado, para conduzir nossa Igreja.

– Dom Darci José, arcebispo metropolita, dirige-se aos presentes com uma saudação, e pede que as Letras Apostólicas (Bula de nomeação de Dom Otacilio), sejam apresentadas; ao Colégio de Consultores da Diocese, e lida à assembleia.
Saudação de Dom Darci José Nicioli, Arcebispo Metropolitano de Diamantina.

O Vigário Geral, Pe. José Aparecido de Pinho, apresenta as Letras Apostólicas ao Colégio dos Consultores. Em seguida, da mesa da Palavra, lê ao Povo de Deus as referidas Letras. Terminada a leitura, todos aclamam: Graças a Deus!
Leitura da Bula, pela qual o Papa Francisco, nomeia Dom Otacilio.

– Dom Darci José, toma o Báculo, e o entrega a Dom Otacilio, e o conduz à Cátedra. Feito isso, o Colégio de Consultores e todos os presbíteros da Diocese prestam-lhe respeito e obediência. Após esse momento, uma religiosa, um seminarista, um leigo e uma leiga, o prefeito municipal, presidente da Câmara, uma autoridade militar e do poder Judiciário, aproximam-se do Bispo para cumprimentá-lo. E enquanto o ato acontece, o coral entoa o cântico.
07- (Cântico, enquanto acontece a manifestação de obediência e respeito ao bispo)
Sou bom pastor; ovelhas guardarei. Não tenho outro ofício, nem terei. Quantas vidas eu tiver, eu lhes darei!
1. Maus pastores num dia de sombra, não cuidaram e o rebanho se perdeu. Vou sair pelo campo, reunir o que é meu; conduzir e salvar.
2. Verdes prados e belas montanhas hão de ver o Pastor, rebanho atrás. Junto a mim as ovelhas terão muita paz; poderão descansar.

Concluído o ato, são dirigidas saudações ao Bispo Diocesano, Dom Otacilio. (Serão feitas várias saudações: por parte do clero, dos religiosos e religiosos, dos leigos e das autoridades civis).
SAUDAÇÃO AO NOVO BISPO

A partir de tal momento, Dom Otacilio, assume a presidência da Celebração Eucarística, dando sequência a partir do hino de louvor. Entoa o hino de louvor, solenemente: ”GLORIA IN EXCELSIS DEO”, e o coral entra com a sequência do cântico.
08 – HINO DE LOUVOR
Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por ele amados.
1. Senhor, Rei dos céus, Deus Pai todo poderoso nós vos louvamos, nós vos bendizemos, nós vos adoramos, nós vos glorificamos.
2. Nós Vos damos graças por vossa imensa glória. Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai.
3. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós, vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica, vós que estais à direita do Pai, Tende piedade de nós.
4. Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. (Amém.)

Após o oremos, todos assentem-se, enquanto o coral canta o mantra em preparação à Liturgia da Palavra.
09 – MANTRA PARA A LITURGIA DA PALAVRA 
Guarda a Palavra, guarda-A no coração! Que ela entre na tua alma, E penetre os sentimentos! Busca, dia e noite, a luz, o amor de Deus: Se guardares a Palavra, Ela te guardará!

O coral entoa-se o aleluia, enquanto o diácono receberá a benção do bispo e dará o seguimento à procissão solene com o Evangeliário até à mesa da Palavra, e proclamará o Evangelho.
10 – ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
Aleluia, aleluia, aleluia.
– Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo, e vos bendizemos, porque pela cruz remistes o mundo!

No final da proclamação, o coral entoa o aleluia, enquanto o bispo abençoa a todos com o Evangeliário.

Todos assentem-se e o bispo dirige-se pela primeira vez, como pastor; ao seu rebanho.
11 – HOMILIA (Dom Otacilio Ferreira de Lacerda)

Enquanto acontece a apresentação das oferendas e incensação, o coral canta-se.
12 – (CÂNTICO PARA APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS)
1. Bendito és tu, ó Deus criador, revestes o mundo dá mais fina flor; restauras o fraco que a ti se confia e junto aos irmãos, em paz, o envias.
Ó, Deus do universo, és Pai e Senhor, por tua bondade recebe o louvor!
2. Bendito és tu, ó Deus criador, por quem aprendeu o gesto de amor: colher a fartura e ter a beleza de ser a partilha dos frutos na mesa!
3. Bendito és tu, ó Deus criador, fecundas a terra com vida e amor! A quem aguardava um canto de festa, a mesa promete eterna seresta!

13 – SANTO (cantado)
Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do Universo O Céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor.

14 – CORDEIRO (cantado)
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! (2x)
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz! (2x) Senhor, a vossa paz!

É o momento da Comunhão Eucarística. O coral sustentará o cântico enquanto todos participarão do banquete, onde o Senhor, oferece-nos em alimento.
15 – I – CÂNTICO DE COMUNHÃO
Ninguém pode se orgulhar a não ser nisto, nos orgulhamos na cruz de Jesus Cristo. Nele está a vida e a ressurreição, nele, a esperança de libertação.
1. Deus se compadece e de nós se compraz, em nós resplandece seu rosto de paz.
2. Pra que o povo encontre, Senhor, teu caminho e os povos descubram teu terno carinho.
3. Que todos os te louvem Senhor, que todos os povos te cantem louvor!
4. Por tua justiça se alegram as nações, com ela governas das praias aos sertões.
5. O chão se abre em frutos, é Deus que abençoa! E brote dos cantos do mundo esta loa.
6. Ao Pai demos glória e ao Filho também, louvor ao Espírito Santo. Amém.

16 – II – CÂNTICO DE COMUNHÃO 
Um cálice foi levantado, Um pão, entre nós partilhado O povo comeu e bebeu e anunciou: O amor venceu!
1. Ó Pai, Senhor Deus do céu e da terra Te louvo porque aos pequenos revelas. Segredos que aos sábios do mundo escondes E aos gritos dos teus pequeninos respondes!
2. Ó gente, deixai vir a mim as crianças Pois delas do Reino será a herança! Quem não como elas o Reino acolher Jamais do Reino jamais há de ser!
3. De vós quem ser o maior pretender Vá logo o mais pequenino acolher Pois só quem for dos demais servidor No Reino de Deus há de ser o maior!
4. Crianças aos prados mais verdes correi! Ovelhas dos pastos da Vida comei! Jesus, Jesus, Bom Pastor vos conhece E hoje seu Corpo e seu Sangue oferece!

17 – III – CÂNTICO DE COMUNHÃO
1. Todo aquele que comer do meu corpo que é doado, todo aquele que beber do meu sangue derramado. E crê nas minhas palavras que são plenas de vida, nunca mais sentirá fome e nem sede em sua lida.
Eis que sou o Pão da Vida, eis que sou o Pão do céu; faço-me vossa com comida, Eu sou mais que leite e mel.
2. O meu Corpo e meu Sangue são sublimes alimentos, do fraco indigente é vigor, do faminto é o sustento. Do aflito é consolo, do enfermo é a unção, do pequeno e excluído, rocha viva e proteção.
3. Eu sou o Caminho, a Vida, Água Viva e a Verdade, Sou a paz e a luz, sou a própria liberdade. Sou a Palavra do Pai que entre vós habitou, para que vós habiteis na Trindade onde estou.
4. Eu sou a Palavra Viva que sai da boca de Deus, Sou a lâmpada para guiar vossos passos, irmãos meus. Sou o rio, eu sou a ponte, sou a brisa que afaga, Sou a água, sou a fonte, fogo que não se apaga.

– Depois da oração pós-comunhão, todos podem assentar-se, enquanto, e neste momento, o chanceler fará a leitura da ata da Posse Canônica. Todos ouvirá em silencio.
18 – LEITURA DA ATA DE POSSE

Depois da ata, um padre fará em nome da Diocese de Guanhães, um agradecimento a Dom Darci, pelo tempo de administrador apostólico da diocese. Todos podem ficar assentados.
19 – AGRADECIMENTO A DOM DARCI

Os sacerdotes da Diocese de Guanhães se aproximam do altar, em semicírculo, e ficam diante do Bispo. Dom Otacilio, impondo as mãos sobre eles, rezará a oração de envio missionário.
20 – ORAÇÃO DE ENVIO À TODO O CLERO

Após a oração de envio, o coral entoa o cântico, juntamente com a assembleia. E após esse momento o bispo procede com a benção solene.
21 – BENÇÃO SOLENE

22 – CÂNTICO PARA O ENVIO À MISSÃO.
Vai, vai, missionário do Senhor, vai trabalhar na messe com ardor. Cristo também chegou para anunciar: não tenhas medo de evangelizar.
1. Chegou a hora de mostrarmos quem é Deus à América Latina e aos sofridos povos seus, que passam fome, labutam, se condoem, mas acreditam na libertação.
2. Se és cristão, és também comprometido, chamado foste tu e também foste escolhido, pra construção do Reino do Senhor: vai, meu irmão, sem reserva e sem temor.

23 – CÂNTICO FINAL (vocacional)
Mãe das vocações, escuta os filhos teus. Intercede por nós a Deus. (bis)
1. Que aprendamos a pedir intercede por nós. Operários para a messe intercede por nós. E em cada comunidade, intercede por nós. Uma nova vocação. Roga por nós, roga por nós, intercede por nós.
2. Que a Igreja, num só corpo, intercede por nós. Seja unida na oração, intercede por nós. Partilhe testemunhos, intercede por nós. De vocações: agora é a hora. Roga por nós, roga por nós, intercede por nós.
3. Que sejamos seguidores, intercede por nós. E também propagadores, intercede por nós. Uma Igreja em saída, intercede por nós. Que defende a fé e a vida, roga por nós, roga por nós, intercede por nós.

24 – CÂNTICO FINAL (Ao padroeiro São Miguel Arcanjo)
1. Santo arcanjo venturoso lembra-te junto ao senhor deste povo que entre todos te escolheu por protetor.
Ó São Miguel glorioso, santo arcanjo do Senhor. Neste templo a te sagrado imploramos o teu favor.
2. Nos combates desta vida confiastes no senhor, mil assaltos, mil pelejas, mas saístes vencedor.
3. Lembra-te que já me deste, provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação.

 

 

.

A Palavra do Pastor
0 0lhar do Amado…

0 0lhar do Amado…

"Moisés fez, pois, uma serpente de bronze e colocou-a como sinal sobre uma haste.Quando alguém era mordido por uma serpente,...
Read More
A Cruz e o caminho da santidade     

A Cruz e o caminho da santidade     

A Cruz e o caminho da santidade                      Celebramos dia 14 de setembro a Festa da Exaltação da Santa Cruz,...
Read More
Homilia do 24º Domingo do Tempo Comum – ano C

Homilia do 24º Domingo do Tempo Comum – ano C

“Entremos na Alegria do Pai” Com a Liturgia do 24º Domingo do Tempo Comum (Ano C), somos convidados a contemplar...
Read More
Homilia do 23º Domingo Comum – Dom Otacilio

Homilia do 23º Domingo Comum – Dom Otacilio

Amor e ardor na fidelidade ao Senhor! (Homilia 23º Domingo Tempo Comum - ano C) A Liturgia do 23º Domingo...
Read More
Curta Nossa Fanpage:

Empresas que possibilitam este projeto: