Catequese Diocesana realiza estudo com coordenadores das paróquias sobre “Bibliodrama” com a autora Loredana Vigini

 

“A Bíblia é a grande “biblioteca” da história do homem e de sua busca de Deus. Transmitir as histórias do homem e de sua busca às crianças significa propor que elas se relacionem com essas histórias, descubram-nas e se familiarizem com elas, apreciando seus mecanismos internos, seu “fio” narrativo e colhendo o que elas trazem para suas vidas…”

” O Bibliodrama é um método que permite encontrar um texto de forma mais participada. Essencialmente, podemos traduzir a palavra que o designa como “livro em ação”…

” …Em síntese, esse método expressivo e experiencial torna possível, em um grupo, ‘visualizar’ um texto bíblico, tornando presentes suas personalidades e permitindo capturá-las de fora ou experimentar por dentro suas emoções, seus sentimentos, sua força e suas motivações, em situações de vida e de relacionamento, nas quais todos se podem se reconhecer. Assim, espelhando-se nelas, o participante encontra significados novos e muito profundos da Palavra e que tocam sua vida. O âmbito natural do Bibliodrama Pastoral é o catequético e o espiritual, em que o encontro com o texto é procurado para um aprofundamento da fé, como força para levar em frente à vida cristã. “Tornar presente” o trecho bíblico com suas personagens permite um encontro real e verdadeiro com a Palavra encarnada, que se torna forte experiência de espiritualidade…”        (Trechos do livro Bibliodrama Pastoral na catequese – Ferramentas expressivas e experienciais para comunicar o texto sagrado às crianças da autora Loredana Vigini)

Os coordenadores na Diocese de Guanhães participaram nos dias 06 e 07 de julho, no Espaço PUC,  de um curso básico  do Bibliodrama, orientado pela escritora  Loredana Vigini.

Foram  momentos riquíssimos de oração, espiritualidade e  técnicas para a utilização diária em nossos trabalhos catequéticos.

Abaixo, alguns relatos de experiências vividas pelas catequistas/coordenadores com o estudo do Biblidrama nos dias 6 e 7 de Julho:

Com certeza este encontro foi excelente. Aprendemos muito e saímos motivadas(os) a espalhar as novidades. Agradecemos todo carinho e atenção.
– Ivonete ( São Sebastião do Maranhão)

O encontro foi ótimo! Proporcionou-me de forma significativa momentos de refletir sobre minha vida pessoal e também conhecer ferramentas e estratégias de como trabalhar com os catequizandos. Loredana é muito objetiva e segura na sua apresentação. Quanto a equipe de coordenação quero agradecer de coração pela organização, acolhida, carinho, atenção e ao mesmo tempo parabeniza-las pela competência. No mais o meu muito obrigado por tudo.
Alice Aguiar ( Morro do Pilar)

Para esse encontro com Loredana eu dou nota 10. Um encontro que creio que envolveu a todos os participantes, nos levando a viver profundamente os personagens. Gostei muito também de sempre usar o 1° pronome pessoal e o tempo presente. Será enriquecedor para minha vida pessoal. Parabéns e obrigada por ter pensado em nós.
– Gorette ( Carmésia)

Que Encontro Maravilhoso! Senti como estivesse em um belo jardim.Quanto à organização excelente. Loredana fala fácil de Jesus e nos levou a um verdadeiro encontro com Jesus. Nos mostrou um jeito novo de falar de Jesus. Superou as expectativas.Todos os Encontros Diocesanos são muito bons.
– Alice ( Dores de Guanhães)

O encontro foi maravilhoso a acolhida a parte de alimentação hospedagem higiene dos ambientes tudo muito bem organizado. Fabrício. ( Conceição do Mato Dentro)
Avaliando o encontro. Foi simplesmente maravilhoso. Uma forma diferente de desenvolver os encontros com crianças e jovens que “mexe” com as estruturas como fala a música. Eu gostei muito achei muito proveitoso mesmo. Flaviane. (Sabinópolis)

Foi um fim de semana proveitoso, oportuno para vivenciar o agir de Deus em nossas vidas. Um momento único, fez com que nos sentíssemos parte do texto bíblico. Ir. Loredana soube muito bem utilizar o tempo para nos transmitir todo conhecimento de forma objetiva.

Eunice ( São Pedro do Suaçuí)

Em nome da paróquia São Sebastião de Joanésia, agradeço à Comissão pelo valioso encontro do fim de semana. Foram momentos de descontração, aprendizagem, um verdadeiro Retiro Espiritual, onde pude fazer uma avaliação interior. …
Lucilena (Joanésia)

A Palavra do Pastor
Graça e perseverança na missão

Graça e perseverança na missão

 “Tende entre vós o mesmo sentimento que existe em Cristo Jesus” (Fl 2,5) Retomo as iluminadoras palavras do Papa Francisco na...
Read More
Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

“Olhando para o céu, suspirou e disse:  “Effatha!”, que quer dizer “abre-te!” No 23º Domingo do Tempo Comum (ano B),...
Read More
Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Como Igreja que somos, precisamos testemunhar a nossa Fé, dando solidez à Esperança, na vivência concreta e eficaz da Caridade,...
Read More
Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom  Otacilio F. de Lacerda.

Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom Otacilio F. de Lacerda.

Com a Liturgia do 22º Domingo do Tempo Comum (ano B), aprofundamos como deve ser uma verdadeira religião que agrade...
Read More
“Só Tu tens Palavras de vida eterna” – Homilia 21º Domingo do Tempo Comum

“Só Tu tens Palavras de vida eterna” – Homilia 21º Domingo do Tempo Comum

“A quem iremos, Senhor?” Com a Liturgia do 21º Domingo do Tempo Comum (ano B), refletimos sobre nossas opções, sobre o discernimento que...
Read More
A missão e o Alimento indispensável – Homilia 19º Domingo Comum – Ano B

A missão e o Alimento indispensável – Homilia 19º Domingo Comum – Ano B

A Liturgia do 19º Domingo do Tempo Comum (ano B), continuamos a refletir sobre um tema de extrema importância: Jesus...
Read More

Temos fome e sede de Deus – XVIII Domingo do Tempo Comum

Com a Liturgia do 18º Domingo do Tempo Comum (ano B), refletimos sobre o Jesus, o Pão da Vida, e,...
Read More
A insustentabilidade dos horizontes fragmentários

A insustentabilidade dos horizontes fragmentários

“Qual é o lugar que concedemos a Deus na nossa vida? Na cultura contemporânea está presente um indubitável processo de...
Read More
Eucaristia: O milagre do amor e da partilha XVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

Eucaristia: O milagre do amor e da partilha XVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

Com a Liturgia do 17º Domingo do Tempo Comum (ano B), contemplamos a ação de Deus: é próprio do Seu...
Read More
“Confirma a caridade para consolidar a unidade”

“Confirma a caridade para consolidar a unidade”

“Confirma a caridade para consolidar a unidade” Reflitamos à luz deste parágrafo do Sermão sobre os pastores, escrito pelo Bispo...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: