Festa em honra a São Vicente de Paulo em Rio Vermelho

 

Em Rio Vermelho a comunidade celebra a festa em louvor a São Vicente de Paulo, patrono da sociedade São Vicente de Paulo, com missas novena e leilões. Este foi um momento muito importante para a comunidade católica rio-vermelhense e oportunidade de estar junto aos idosos que moram no abrigo que é dirigido pela SSVP.

Durante 9 dias foi rezada a novena cada dia meditando a vida, obra e espiritualidade de São Vicente, também houve benção do Santíssimo Sacramento para os idosos que ali residem.

Um considerável número de pessoas compareceram todas as noites sobretudo nos finais de semana onde também puderam participar do tradicional leilão em prol das obras de caridade, que é o carisma específico de todos os vicentinos idealizado por Antônio Frederico Ozanan e um grupo de companheiros que iniciaram esta “sociedade de vida laical e apostólica” que se originou na França e se espalhou por outros países levando o carisma de seu santo patrono que também foi o inspirador desta obra.

Preocupado em levar a palavra de Deus aos mais humildes São Vicente de Paulo também teve a sensibilidade em alimentar não só espiritualmente mais também materialmente todos aqueles que sofriam nas periferias de Paris em um tempo onde muitas pessoas atravessavam grande fome resultado em uma sociedade injusta e excludente.

O interessante desta bela história é que mais tarde um grupo de fiéis leigos decidem criar e organizar este apostolado leigo seguindo os passos iniciados por São Vicente de Paulo conhecido em todo mundo como amigo dos pobres e desvalidos.

Que neste ano do laicato possamos também cada um de nós cristãos batizados possamos encontrarmos também o nosso lugar e o serviço adequado dentro da igreja seja na evangelização ou na promoção humana integral assim como fez o amigo dos pobres São Vicente de Paulo que continua seu trabalho por meio de milhares de confrades e consorcias espalhados por todo o mundo cumprindo o pedido de Jesus “Daí pão a quem tem fome”.

Diácono Daniel Bueno Borges,

confrade vicentino da conferência Nossa Senhora do Carmo.

 

 

A Palavra do Pastor
O chamado divino e a nossa resposta – Homilia – Segundo Momingo do Tempo Comum ( Ano B)

O chamado divino e a nossa resposta – Homilia – Segundo Momingo do Tempo Comum ( Ano B)

Deus nos chama para que anunciemos a Sua Palavra e não a nós mesmos, porque nisto consiste a vocação do...
Read More
Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Com a Liturgia da Festa do Batismo do Senhor (ano B), refletimos sobre a revelação de Jesus Cristo, o Filho...
Read More
Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Com a Liturgia do 4º Domingo do Advento (ano B), damos mais um passo fundamental nesta caminhada de preparação para...
Read More
Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

“João é a voz no tempo; Cristo é, desde o princípio, a Palavra eterna.” Ao celebrar o 3º Domingo do...
Read More
Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Com o primeiro Domingo do Tempo do Advento (ano B), seremos convidados à vigilância, numa frutuosa preparação para o Natal...
Read More
Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

  Alegres e convictos Servidores do Reino (Homilia - XXXIIIDTCA) A Liturgia do 33º Domingo do Tempo comum (Ano A),...
Read More
Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Com a Liturgia, do 32º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre a necessária vigilância ativa na espera do...
Read More
O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

Finados: dia de recolhimento, oração e contemplação de nossa realidade penúltima, a morte; fortalecimento na fé sobre nossa realidade última,...
Read More
Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

  A Solenidade de todos os Santos abre nosso espírito e coração às consequências da Ressurreição. Para Jesus, ela foi...
Read More
Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois Amores inseparáveis O Mandamento do Amor é a essência da vida cristã Com...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: