DNJ – Dia Nacional da Juventude!

Vem aí o Dia Nacional da Juventude! Em Guanhães, dia 21 de outubro de 2018!

O Dia Nacional da Juventude (DNJ) 2018 já tem cartaz oficial! Ele foi desenvolvido a partir do tema deste ano: “Juventude Construindo uma Cultura de Paz” e lema “Disse estas coisas para que em mim vocês tenham paz, neste mundo vocês terão aflições, contudo tenham coragem, Eu venci o mundo” (Jo 16,33). O tema e lema estão em consonância com os da Campanha da Fraternidade 2018, “Fraternidade e superação da violência” e o lema “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8). O DNJ neste ano acontece no dia 21 de outubro.

A identidade do cartaz traz a cultura de paz e superação da violência, mostrando o rosto de jovens que são vítimas da violência, mas também protagonistas na busca pela paz. O objetivo é interpelar a partir da ideia da construção da paz como forma de combate à violência e a importante do papel do jovem neste processo.

Com recortes de fotografias de revistas ‘xerocadas’ em papel craft e manipuladas digitalmente, mostram os inúmeros tipos de violência contra jovens e desperta a reflexão acerca da superação da mesma. A arte em si proporciona ao expectador ver e resignificar de acordo com a sua visão. Dessa forma, o identidade visual do cartaz faz um convite à construção da paz e ao autoquestionamento sobre seu papel como construtor de uma sociedade pacífica, visto que vontade de mudança é pessoal e a construção da paz só tem êxito com a colaboração de todos.

O cartaz foi elaborado pelos membros da equipe de mídias sociais e design dos Jovens Conectados. “Fiquei muito feliz em participar do processo de elaboração, que iniciou com o contato com diversas notícias de violências e crimes da atualidade e o nosso desejo de superar tudo isso. Por isso, o cartaz traz estes recortes de revistas e jornais com o rosto sofrido da juventude que vive e experimenta a violência. A superação deste problema é o rasgo na altura dos olhos dos jovens, com um fundo branco, cor da paz, com a palavra PAZ em destaque e na cor azul. O principal objetivo desse processo criativo é que as pessoas se incomodem mesmo com o cartaz e que ele nos provoque e nos deixe angustiado mas com vontade de romper com esta cultura de guerra”, explica Pe. Cleber.

Em 2018, o DNJ conta com um sabor ainda mais especial para os jovens brasileiros porque no mesmo mês acontece em Roma a XV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. Na reunião pré-sinodal, ocorrida no último mês de março, o documento escrito ressalta que os jovens pedem uma Igreja autêntica, corajosa na hora de reconhecer os erros e enraizada no Evangelho.

Identidade Visual 

Desde o ano passado, o Dia Nacional da Juventude e a Jornada Diocesana da Juventude têm uma identidade visual conjunta, pensada para dar unidade às atividades em todo o Brasil. Nessa nova identidade, as cores representam as regiões do Brasil: Norte, Nordeste, Centro-este, Sudeste e Sul, e toda base da identidade trabalha com o rosto da juventude. No entanto, cada Setor Diocesano da Juventude e grupos jovens poderão criar o cartaz com a identidade dos seus jovens, com suas características regionais. Clique aqui para fazer o download e saber mais.

História do DNJ

O Dia Nacional da Juventude surgiu em 1985, durante o Ano Internacional da Juventude, promovido pela Organização das Nações Unidas. Estava evidente que a juventude precisava mobilizar-se e construir espaços de participação, para pensar e repensar uma nova sociedade. Todos os anos organiza-se um dia de festa da juventude, sempre com um tema importante a ser debatido e trabalhado com grupos. O DNJ acontece em todo o país todos os anos no último domingo do mês de outubro, exceto nos anos eleitorais, quando a data é alterada, como neste ano.

Confira os temas do DNJ desde sua criação:

1987 – DNJ: Juventude e Participação – Juventude, Presença e Participação.

1988 – DNJ: Juventude, Libertação na Luta do Povo – Mulher, Negro, Índio e Eleições.

1989 – DNJ: Juventude e Educação – Juventude, cadê a Educação?

1990 – DNJ: Juventude e Trabalho – Juventude: do nosso suor, a riqueza de quem?

1991 – DNJ: Juventude e América Latina – Latino-americanos, por que não?

1992 – DNJ: Juventude e Ecologia – Ouça o ECO(logia) da Vida.

1993 – DNJ: Juventude e AIDS – Um grito por solidariedade.

1994 – DNJ: Juventude e Cultura – Nossa cara, Nossa Cultura.

1995 – DNJ: Juventude e Cidadania – Construindo a Vida.

1996 – DNJ: Juventude e Cidadania – Quero ver o novo no poder.

1997 – DNJ: Juventude e Direitos Humanos – A vida floresce quando a Liberdade Acontece.

1998 – DNJ: Juventude e Direitos Humanos – Nas asas da Esperança gestamos a mudança.

1999 – DNJ: Juventude e Dívidas Sociais – Vida em Plenitude, Trabalho pra Juventude.

2000 – DNJ: Juventude e Dívidas Sociais – Jubileu da Terra, um Sopro de Vida.

2001 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – Paz, Dom de Deus! Direito da Juventude.

2002 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – A vida se tece de sonhos.

2003 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – Lancemos as redes em águas mais profundas.

2004 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – A gente quer fazer valer nosso suor… A gente quer do bom e do melhor.

2005 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – Juventude vamos lutar! Chegou a hora do nosso sonho realizar.

2006 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – Juventude que ousa sonhar constrói um Brasil popular.

2007 – DNJ: Juventude e Meio Ambiente – É Missão de todos nós. Deus chama: eu quero ouvir a tua voz.

O subsídio está disponível nas Edições CNBB desde a primeira semana de agosto.

A Palavra do Pastor
Presbítero: Homem da Palavra e de palavra

Presbítero: Homem da Palavra e de palavra

O sopro do Concílio nos desafiou a assumir as alegrias e tristezas, angústias e esperanças da humanidade, como Igreja de...
Read More
Do Cálice à Missão, da Missão ao Cálice!

Do Cálice à Missão, da Missão ao Cálice!

Todos os dias são dias de missão, e a Igreja que vive no tempo é missionária, por sua natureza, tendo...
Read More
Somente Deus nos concede a verdadeira riqueza – Homilia para o XXVIII Domingo do Tempo Comum – Ano B.

Somente Deus nos concede a verdadeira riqueza – Homilia para o XXVIII Domingo do Tempo Comum – Ano B.

No 28º Domingo do Tempo Comum (ano B), somos convidados a refletir sobre o essencial e o efêmero em nossa...
Read More
Somos um povo peregrino e evangelizador .

Somos um povo peregrino e evangelizador .

“Nós vimos o Senhor” (Jo 20,25) Na Exortação Evangelii Gaudium, o Papa afirma que “A Evangelização é dever da Igreja. Este sujeito da...
Read More
O Sacramento do Matrimônio no Plano de Deus – Homilia do XXVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

O Sacramento do Matrimônio no Plano de Deus – Homilia do XXVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

  No 27º Domingo do Tempo Comum (Ano B), refletimos sobre a aliança matrimonial que, no Projeto de Deus, consiste...
Read More
Graça e perseverança na missão

Graça e perseverança na missão

 “Tende entre vós o mesmo sentimento que existe em Cristo Jesus” (Fl 2,5) Retomo as iluminadoras palavras do Papa Francisco na...
Read More
Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

Sejamos curados pelo Senhor – Homilia – XXIII Domingo do Tempo Comum

“Olhando para o céu, suspirou e disse:  “Effatha!”, que quer dizer “abre-te!” No 23º Domingo do Tempo Comum (ano B),...
Read More
Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Paróquia: Escola de Comunhão e de Amor

Como Igreja que somos, precisamos testemunhar a nossa Fé, dando solidez à Esperança, na vivência concreta e eficaz da Caridade,...
Read More
Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom  Otacilio F. de Lacerda.

Nossa prática religiosa é agradável a Deus? Homilia – 22º Domingo do Tempo Comum – Ano B – Dom Otacilio F. de Lacerda.

Com a Liturgia do 22º Domingo do Tempo Comum (ano B), aprofundamos como deve ser uma verdadeira religião que agrade...
Read More
“Só Tu tens Palavras de vida eterna” – Homilia 21º Domingo do Tempo Comum

“Só Tu tens Palavras de vida eterna” – Homilia 21º Domingo do Tempo Comum

“A quem iremos, Senhor?” Com a Liturgia do 21º Domingo do Tempo Comum (ano B), refletimos sobre nossas opções, sobre o discernimento que...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: