Dom Darci inicia ministério pastoral de Administrador Apostólico na Diocese de Guanhães

O Arcebispo Metropolitano de Diamantina, Dom Darci José Nicioli, CSsR, iniciou os trabalhos pastorais como Administrador Apostólico da Diocese de Guanhães nessa terça-feira 31/07.

Diante do Colégio de Consultores, do Clero diocesano de Guanhães, o bispo de Araçuaí, dom Marcello Romano, padres da Arquidiocese de Diamantina, autoridades civis da região e de uma multidão de fiéis, Dom Darci presidiu a Celebração Eucarística que teve início às 19 h na Catedral São Miguel em Guanhães.

No início da celebração, Dom Darci recebeu as “boas- vindas” por parte do presbitério, na pessoa do representante dos presbíteros, Padre Salomão Rafael e um abraço de todos os presbíteros. Padre Saint-Clair fez a leitura do documento do Papa, no qual nomeia dom Darci para a missão de administrador apostólico da diocese.

Em sua homilia, dom Darci chamou a atenção para o versículo bíblico: ” Se Deus é por nós, quem será contra nós”, e enfatizou a bonita história  da diocese, ao longo desses 33 anos de caminhada pastoral e a presença dos bispos e pessoas importantes na história da mesma.

Ao final da Celebração, os fiéis, membros de pastorais e grupos religiosos entraram com faixas, cartazes e entregaram presentes ao Administrador Apostólico que caminhará conosco até que um novo bispo seja nomeado e tome posse.

 

Breve histórico de Dom Darci

Nascido em 1º de maio de 1959, em Jacutinga (MG), Dom Darci José optou pela vida religiosa redentorista aos 13 anos de idade. Fez o Ensino Médio no Seminário Santo Afonso, em Aparecida (SP), e foi ordenado padre em sua cidade natal. Logo depois, foi para Roma e cursou Teologia Dogmática no Pontifício Ateneu Santo Anselmo. De volta ao Brasil, exerceu inúmeros serviços na Província Redentorista de São Paulo.

De 1997 a 2005, trabalhou como ecônomo do Santuário Nacional de Aparecida. Em 1999, idealizou a Campanha dos Devotos. Em 2005, retornou a Roma na função de Reitor da Casa Geral da Congregação do Santíssimo Redentor e do Santuário Internacional de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, ali permanecendo por três anos.

Em dezembro de 2008, foi nomeado reitor do Santuário Nacional. No dia 14 de novembro de 2012, o Papa Bento XVI nomeou-o Bispo Auxiliar de Aparecida. Em abril de 2015, foi eleito Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB. No dia 9 de março de 2016, foi eleito Arcebispo de Diamantina (MG) e tomou posse no dia 22 de maio do mesmo ano, na Catedral de Santo Antônio.

Pascom Diocese de Guanhães.

Mais fotos estão na página da Diocese no Facebook: https://www.facebook.com/DioceseDeGuanhaes/

A Palavra do Pastor
A insustentabilidade dos horizontes fragmentários

A insustentabilidade dos horizontes fragmentários

“Qual é o lugar que concedemos a Deus na nossa vida? Na cultura contemporânea está presente um indubitável processo de...
Read More
Eucaristia: O milagre do amor e da partilha XVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

Eucaristia: O milagre do amor e da partilha XVII Domingo do Tempo Comum do Ano B

Com a Liturgia do 17º Domingo do Tempo Comum (ano B), contemplamos a ação de Deus: é próprio do Seu...
Read More
“Confirma a caridade para consolidar a unidade”

“Confirma a caridade para consolidar a unidade”

“Confirma a caridade para consolidar a unidade” Reflitamos à luz deste parágrafo do Sermão sobre os pastores, escrito pelo Bispo...
Read More
A incomparável Compaixão Divina – Homilia – 16º Domingo do Tempo Comum ( Ano B)

A incomparável Compaixão Divina – Homilia – 16º Domingo do Tempo Comum ( Ano B)

Com a Liturgia do 16º Domingo do Tempo Comum (ano B), refletimos sobre o Amor e a solicitude de Deus...
Read More
Alegria da missão e da vocação profética – Homilia do XV Domingo do Tempo Comum Ano B

Alegria da missão e da vocação profética – Homilia do XV Domingo do Tempo Comum Ano B

“A missão de Jesus é a nossa missão” A Liturgia da Palavra do 15º Domingo do Tempo Comum (ano B),...
Read More
Vençamos o medo na travessia – XII Domingo do Tempo Comum

Vençamos o medo na travessia – XII Domingo do Tempo Comum

“‘Silêncio! Cala-te!’ O vento cessou e houve uma grande calmaria. Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos?...
Read More
O Reino de Deus germina silenciosamente- Homilia 11° Domingo do Tempo Comum Ano B

O Reino de Deus germina silenciosamente- Homilia 11° Domingo do Tempo Comum Ano B

O Reino de Deus germina silenciosamente No 11º Domingo do Tempo Comum (Ano B), a Liturgia da Palavra nos convida...
Read More
Iluminados pela “Verbum Domini”, alegria Pascal transbordante

Iluminados pela “Verbum Domini”, alegria Pascal transbordante

Vivendo o Tempo Comum, sejamos cada vez mais fortalecidos pela Palavra, que é fonte divina de nossa conversão, como discípulos...
Read More
O desafio da Evangelização na rede – Dom Otacilio F. de Lacerda

O desafio da Evangelização na rede – Dom Otacilio F. de Lacerda

Retomando a citação do Papa Emérito Bento XVI em que ele ressalta a missão da Igreja que é chamada a...
Read More
A Amizade Divina e a felicidade desejada – Homilia- 10º Domingo do Tempo Comum -Ano B.

A Amizade Divina e a felicidade desejada – Homilia- 10º Domingo do Tempo Comum -Ano B.

A Amizade Divina e a felicidade desejada A Liturgia do décimo Domingo do Tempo Comum (ano B) nos convida a...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: