FORMAÇÃO E ESPIRITUALIDADE PARA AGENTES DA PASTORAL DO DÍZIMO EM BELO HORIZONTE – REGIONAL LESTE II DA CNBB

 

Aconteceu nos dias 21 a 23 de Março de 2017, no Centro de Acolhimento São José em Belo Horizonte, Formação e Espiritualidade  para agentes da Pastoral do Dízimo do Regional Leste II (Minas Gerais e Espírito Santo).

Para este encontro nosso bispo diocesano Dom Jeremias Antônio de Jesus, delegou para representar a Diocese de Guanhães. o Seminarista Edmilson Henrique Cândido e Márcia Sales Barbosa (Leiga da Matriz São Miguel e Alma).

O objetivo específico do encontro foi formar em nosso Regional Leste II uma Equipe para a Pastoral do Dízimo, com um representante de cada Província Eclesiástica. Sendo assim, fora escolhido para representar as Províncias:  Pe Tadeu ( Província Juiz de Fora), Renata (Província de Belo Horizonte), Maria da Luz (Província de Vitória), Pe Benedito (Província Montes Claro), Pe Jair (Província Pouso Alegre) e o Seminarista Edmilson (Província de Diamantina), faltou escolher para Província de Mariana e Uberaba.

Voltamos entusiasmados com tudo que aprendemos e partilhamos sobre a experiência vivenciada sobre o Dízimo.

Dízimo é a devolução, contribuição e partilha a Deus de uma pequena parcela dos nossos bens em forma de ação de graças pelo muito que D`Ele recebemos. É aquela parte reservada e consagrada para a manutenção da religião e dos necessitados. Deus é dono de tudo, por isso reservar a Ele parte dos bens é uma retribuição justa por tudo que ele nos tem dado. Assim diz a Bíblia: “Todos os dízimos da Terra são propriedades do Senhor… São coisas consagradas ao Senhor” (Lv 27,30).

Consagrar nossos dízimos é colocar nossos bens a serviço do Reino de Deus. É transformar parte daquilo que generosamente D`Ele recebemos, em forma de ação de graças para a manutenção de sua obra redentora aqui na terra. Jesus disse: “Recebestes de graça, de Graças dai” ( Mt 10,8-10). O dízimo deve ser visto como um Dom de Deus. Dom que nos torna abertos para receber a graça de Deus.

Sendo assim, é preciso começar por nós batizados, membros da Igreja (Bispos, Padres, Diáconos, Ministros, Catequistas, Missionários do Dízimo, Cantores, Leitores, Comentaristas, Funcionários, Sacristãos, Conselhos, membros de todas as Pastorais e Movimentos), assumirmos esta linda missão, sendo dizimista e ao mesmo tempo Missionários do Dízimo com nosso testemunho pessoal.

Juntamente com o nosso Bispo Diocesano Dom Jeremias, Clero e todo Povo de Deus da Igreja Particular de Guanhães, queremos somar forças e organizarmos uma Pastoral do Dízimo ou seja, um Dízimo de Pastoral despertando em cada um de nós a conversão, maturidade, pertença e muito amor pela nossa Igreja através da prática de uma espiritualidade dizimal.

Que São Miguel e Maria Santíssima intercedam pela nossa Diocese.

Seminarista Edmilson Henrique Cândido

                  

A Palavra do Pastor
O chamado divino e a nossa resposta – Homilia – Segundo Momingo do Tempo Comum ( Ano B)

O chamado divino e a nossa resposta – Homilia – Segundo Momingo do Tempo Comum ( Ano B)

Deus nos chama para que anunciemos a Sua Palavra e não a nós mesmos, porque nisto consiste a vocação do...
Read More
Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Viver o Batismo é seguir os passos de Jesus- Homilia para o Domingo do Batismo do Senhor-Ano B- Dom Otacilio 

Com a Liturgia da Festa do Batismo do Senhor (ano B), refletimos sobre a revelação de Jesus Cristo, o Filho...
Read More
Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Sejamos um sim a Deus e ao Seu Projeto de Salvação! Homilia – 4º Domingo do Advento do Ano B

Com a Liturgia do 4º Domingo do Advento (ano B), damos mais um passo fundamental nesta caminhada de preparação para...
Read More
Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

Confiança, esperança e alegria no Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Advento – Ano B

“João é a voz no tempo; Cristo é, desde o princípio, a Palavra eterna.” Ao celebrar o 3º Domingo do...
Read More
Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Com o primeiro Domingo do Tempo do Advento (ano B), seremos convidados à vigilância, numa frutuosa preparação para o Natal...
Read More
Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

  Alegres e convictos Servidores do Reino (Homilia - XXXIIIDTCA) A Liturgia do 33º Domingo do Tempo comum (Ano A),...
Read More
Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Com a Liturgia, do 32º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre a necessária vigilância ativa na espera do...
Read More
O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

Finados: dia de recolhimento, oração e contemplação de nossa realidade penúltima, a morte; fortalecimento na fé sobre nossa realidade última,...
Read More
Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

  A Solenidade de todos os Santos abre nosso espírito e coração às consequências da Ressurreição. Para Jesus, ela foi...
Read More
Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois Amores inseparáveis O Mandamento do Amor é a essência da vida cristã Com...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: