Pastorais

Pastorais: um mundo novo para todos

Para ter significado e coesão, a Palavra de Jesus Cristo, que pede vida abundante para a humanidade, no caminho de evangelização, consiste em proporcionar à Comunidade de fé uma experiência com o Mestre dos mestres em todas as dimensões da sociedade. Para edificar esse caminho, criaram-se as pastorais e os movimentos, divergentes na ação, porém, em direção a uma única meta: um mundo novo e melhor para todos. Nesse sentido, a Diocese de Guanhães, formada por 27 paróquias e 30 municípios, exerce significativo trabalho no campo social, pastoral, missionário e outros. A seguir, serão relacionadas as pastorais e os movimentos presentes na Diocese.

Pastoral Catequética

A Pastoral Catequética é aquela que cuida de forma mais sistemática, da educação da fé, seja na Iniciação Cristã, preparação para a recepção dos Sacramentos, ou na formação permanente e contínua com aprofundamento de temas importantes para a vivência da fé. Sendo assim, a Catequese ainda contribui com sua efervescência para a dinamização da vida Pastoral da Igreja já que atua com diversos destinatários, com crianças e adolescentes na Catequese Infantil e Perseverança, com Jovens na Catequese da Crisma ou mesmo os Adultos, seja na Preparação de pais e padrinhos para o Batismo de crianças ou no Catecumenato que é a preparação específica dos adultos desejam assumir a Fé Cristã em nossa Igreja. Para tanto, muitos catequistas já receberam e recebem a formação adequada já que para nesse intuito, a Diocese investe eficazmente na coordenação diocesana, através de cursos específicos como o IRPAC (Instituto Regional de Pastoral Catequética do Regional Leste 2 da CNBB-MG e ES) e tantos outros. Tendo até mesmo, investido em curso de Pós- graduação em Catequética da PUC Paraná para coordenadoras na Coordenação Diocesana, que por sua vez cuidam das formações para os Catequistas nas Paróquias, além de acompanhá-los cotidianamente por meio de articulado e competente trabalho.

Pastoral Familiar

A Pastoral Familiar, de forma ampla, também possui importante papel no trabalho de Educação da Fé, ela acompanha, oferece apoio e assistência às famílias com suas diversas necessidades básicas e urgentes, as mantendo conectadas a Igreja. A Pastoral também é responsável pela Catequese Pré-Nupcial (noivos), na Diocese.

Grupos de Reflexão Bíblica

A Igreja acentua a Centralidade da Bíblia já há algum tempo, inclusive, colocando-a entre suas Prioridades. Para isso incentiva o uso da Leitura Orante da Bíblia, Ofício Divino das Comunidades, formação e acompanhamento dos Círculos Bíblicos e Grupos de Reflexão. Sobre os últimos, em nossa Diocese, contamos com aproximadamente 245 grupos. Eles são formados com cerca de 30 pessoas, se encontram semanalmente para reflexão e partilha de textos Bíblicos nas Casas, utilizando Roteiros preparados em parceria com a Diocese de Caratinga, Araçuaí, Guaxupé, Governador Valadares e etc., assim, apresentam reflexões em total adequação com a realidade local com o objetivo de iluminar a vida com a Palavra de Deus. Em algumas Paróquias os Grupos estão bem articulados, mas em outras ainda não, mostrando a necessidade de expandirmos essa presença.

Pastoral Litúrgica

A Pastoral Litúrgica, proporciona o conhecimento e amor maior no povo para celebrar o mistério de Deus em sua realidade. No intuito de avançar na articulação Diocesana e buscar uma unidade fecunda no conhecimento litúrgico, as Paróquias assumem ações concretas como a realização de formação litúrgica periódica.

Ministros Extraordinários da Comunhão

Ao levar o Senhor Eucarístico para nossos irmãos enfermos e outros, a pessoa também leva a si mesma, formando uma unidade de vida, serviço e fraternidade, como bem expressa o Evangelho de Jesus Cristo. Esse serviço de gratidão é desenvolvido na Igreja pelos Ministros Extraordinários da Comunhão. Pessoas escolhidas e preparadas para tal serviço desempenhado na Paróquia onde participa. Formam um grupo que é acompanhado pelo Padre e renovado para melhor atender aos anseios dos fiéis.

Pastoral da Juventude

A Pastoral da Juventude também tem suas marcas. Ela é um meio através do qual muitos jovens estão engajados na vida da comunidade de fé e dão testemunho do amor e do Evangelho recebidos de Deus. Muitas atividades são realizadas por eles, inclusive no campo social e político. Está sendo desenvolvido também entre os jovens a Juventude Missionária, ou seja, um trabalho de ação e de prática do anúncio da mensagem cristã entre os povos.

Pastoral da Comunicação

A Pastoral da Comunicação, torna visível e conhecido todo o conjunto de ações e acontecimentos realizados na Diocese de Guanhães. Se utiliza dos meios de comunicação conhecidos estando responsável por todos os Canais da Diocese, como, a Rádio Vida Nova, o jornal Folha Diocesana, o site da Diocese, o blog Catecom (Catequese) e outros meios oficiais que possui. Conta com uma Equipe competente e atuante sempre sintonizada com os rumos e ações Diocesana, da Igreja e da Comunidade, estando enfim, a serviço de forma significativa, do Processo de Evangelização.

Pastoral do Dízimo

A Pastoral do Dízimo trabalha para tornar possível a concretização da Missão da Igreja, que é a Evangelização. Então, dada a importância do Dízimo, que garante o funcionamento da estrutura, seja material ou pessoal, o trabalho da Pastoral do Dízimo é constante e permanente. Se concretiza em primeiro plano, nas próprias Paróquias onde os Paroquianos se tornam dizimistas e ajudam nas diversas necessidades da Igreja, que vai além das estruturas físicas, já que parte do valor é destinada ao trabalho Pastoral específico, e ainda à dimensão social, socorrendo inclusive, famílias com problemas e questões urgentes, em busca de solução imediata.

Pastoral da Criança

Presente em diversas Paróquias, faz um bem enorme à vida dos pequeninos de Deus. Ela atua com um grupo de 860 pessoas, aproximadamente, que exercem um papel edificante na liderança e realização do trabalho. Mais de 6.000 (seis mil) crianças são atendidas pela Pastoral da Criança em nossa Diocese e suas famílias recebem orientações sobre a saúde, alimentação e acompanhamento da vida dos seus membros. Sendo um dos mais belos trabalhos realizados junto à Comunidade, mas que depende de doações para a continuidade de sua missão que ainda não atingiu as metas necessárias de atendimento.

Pastoral Carcerária

A Pastoral Carcerária, com o empenho de diversos leigos e leigas, faz ressoar o Evangelho na vida dos nossos irmãos encarcerados. A Equipe Diocesana da Pastoral está organizada e estruturada dentro de um Planejamento para o melhor acompanhamento e atendimento dos irmãos que se encontram na situação de privação de liberdade.

Pastoral do Idoso

Em muitas paróquias a ação da Pastoral do Idoso se entrelaça com os Grupos de Terceira Idade ou Melhor Idade. Assim, realiza uma missão eficaz, seja com a formação de espaços de convivência para os idosos ou angariando doações e donativos repassados a pessoas em situações de necessidade presentes na Comunidade e também a Asilos, proporcionando vida digna e plena para os “humildes” de Deus que lá residem contribuindo para a construção de um ambiente que seja um lar materno, de coração e alegria onde seja possível se fazer uma forte experiência espiritual.

Pastoral da Saúde

A Pastoral da Saúde, recentemente organizada, proporciona com a medicina alternativa, ajuda às pessoas carentes, orientando também na preservação da vida, com a utilização de remédios caseiros e orientações práticas para se viver melhor e com hábitos mais saudáveis.

Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s)

Ao contrário do que muitos imaginam, CEBs não é uma Pastoral da Igreja mas também não é um movimento. De acordo com o Documento de Aparecida, as CEBs são um instrumento que permite ao povo “chegar a um conhecimento maior da Palavra de Deus, ao compromisso social em nome do Evangelho, ao surgimento de novos serviços leigos e à educação da fé dos adultos” (n.178). E, segundo o Papa Francisco, as Comunidades de Base “trazem um novo ardor evangelizador e uma capacidade de diálogo com o mundo que renovam a Igreja (Exort. Ap. Evangelii Gaudium, n.29). CEBs é um modo novo de toda a Igreja ser, ou melhor, representam um novo modo de organização eclesial. Em nossa Diocese, o grupo que trabalha no fortalecimento das CEB’s, está mais presente, atualmente, nos grupos de Reflexão Bíblica e na dimensão Fé e política. O centro da Espiritualidade é a Palavra de Deus e a prática da justiça no dia-a-dia.

A Palavra do Pastor
A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

Com a Liturgia do 2º Domingo da Páscoa (ano B), também chamado de “Domingo da Misericórdia”, à luz da Palavra...
Read More
O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Ano Litúrgico (ano B), começa com a quarta-feira de cinzas, e com ela o início do itinerário quaresmal, e...
Read More
Domingo de Ramos:  Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

Domingo de Ramos: Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

"Meu  Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"  (Mc 15,34) No Domingo de Ramos (ano B), refletimos sobre o Amor de...
Read More
“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

A Liturgia do 4º Domingo da Quaresma (Ano B) é conhecida como Domingo “Laetare”, ou seja, Domingo da alegria, devido...
Read More
A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

As grandes cidades enfrentam os inúmeros problemas de nosso tempo, principalmente porque vivemos em mudança de época, muito mais do...
Read More
Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Com o 3º Domingo da Quaresma (ano B), damos mais um passo no Itinerário rumo à Páscoa do Senhor. Podemos...
Read More
A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

O segundo Domingo da Quaresma (ano B), identificado como “O Domingo da Transfiguração do Senhor”, é um convite a escutarmos...
Read More
Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

“Ai de mim se seu não evangelizar” (1 Cor 9,16). A Evangelização na cidade tem inúmeros e grandes desafios, de modo...
Read More
“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

No 1º Domingo da Quaresma (Ano C), repensamos nossas opções de vida, tomando consciência das tentações que nos impedem de...
Read More
Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

“Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse:  “Eu quero: fica curado!”. No mesmo instante  a lepra...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto:

Arquivo