Cartão de Páscoa de Dom Darci

No Domingo da Ressurreição , fiéis da Diocese receberam um cartão oferecido por Darci com mensagem pascal.

Ele não está aqui.
Ressuscitou como disse!’
M 28.6

Gente boa!
É inegável que estamos vivendo tempos difíceis e turbulentos. O
senso comum também percebe que as relações pessoais truncadas e a desorganização sociopolítica têm machucado a vida, provocando medo e insegurança. O povo brasileiro, mais fortemente os pobres, se sente impotente e carente das politicas públicas tão necessárias para o bem de todos, como nos alerta a Campanha da Fraternidade deste ano.
Hoje, em muitos aspectos, a sombra da morte ronda, ainda mais quando nos deparamos com tantas tragédias provocadas: corrupção, abuso de poder, pobreza humana, espiritual e material. Mas, apesar dessas angústias e desencantos, o povo cristão exulta com um vibrante “aleluia” e se propõe proclamar na liturgia pascal: “Oh morte onde está tua vitória?!” (1 Cor 15, 55)
É tempo de Páscoa, tempo de esperança! Faço minhas as palavras do Papa.
Páscoa é certeza da vitória da vida sobre a morte, garantia de quem vence o mal fazendo o bem. A morte morreu e Cristo, o Senhor, venceu! Ouçamos as palavras do Ressuscitado: “Eis que faço novas todas as coisas” (Ap 21,5). Acolha, meu irmão e minha irmã, esta palavra consoladora de Jesus e recomece quantas vezes for necessário, ainda com mais coragem e esperança. A força da ressurreição se manifesta naqueles que labutam, dia após dia, para tornar a vida possível e prazerosa de ser vivida.

Ofereço-lhes esta oração pascal:

A Páscoa renova a Esperança!
(Card. Carlo Maria Martini)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Espírito bendito e santo, eu sei que tu acolhes o gemido de toda criatura resistindo a qualquer falsa sabedoria, a qualquer prevaricação das potências. Sei que a tua cuidadosa inspiração nos persuade para a esperança, e a tua esplêndida energia nos anima diante de qualquer prostração.
O meu coração exulta pensando que a dignidade do homem e a beleza do mundo são objeto da tua obstinada fidelidade e do teu inexaurível cuidado.
Eu confio na força de tua proteção e com todo temor e tremor espero na potência da tua redenção para o tempo do homem e da mulher.
Eu aprendi de ti que um tempo livre do mal e protegido do maligno é acessível para cada um somente pelo amor e pela fidelidade que o acompanham.
A qualidade de vida que ai se esconde é decidida pela abertura do coração à tua sabedoria.
Sei que esse tempo está próximo, está aqui.
Já agora ele é afetuosamente premente sobre nós na contemplação dos teu sinais: na exultação que acompanha
qualquer derrota do mal, na firmeza que vence a prevaricação, na ternura que toma cuidado com qualquer fraqueza. Na experiência do Filho crucificado, que se repete para todos aqueles que são perseguidos por causa da justiça, e na certeza do Ressuscitado, que se transmite mediante a obra dos discípulos que edificam a lgreja, eu recebo uma confirmação decisiva disso.
A multiplicação do mal não tem futuro, a mediocridade interessada não tem esperança de poder prolongar a sua
sobrevivência por conta dos puros de coração, dos operadores da paz, dos apaixonados pela justiça; e, com ela, todo egoísmo religioso fechado no próprio privilégio, todo parasitismo econômico fechado no próprio bem-estar, todo cálculo político fechado na própria dominação.
Tudo isso é consumado no fogo da ira de Deus, na incandescente pureza do amor crucificado de Jesus.Eu sei, Senhor, que o povo das bem-aventuranças e a fileira das testemunhas fiéis serão, enfim, ressarcidas pelo tempo das
lágrimas e tu serás tudo em todos na plenitude do Reino.
Receba nossos votos de Feliz Páscoa, do Arcebispo e de todo o Clero!
+ Darci José Nicioli, CSsR
Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Diamantina e Administrador apostólico da Diocese de Guanhães.

 

A Palavra do Pastor
“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

A Liturgia do 29º Domingo do Tempo Comum (ano A) tem como tema principal a subordinação de nossa existência a...
Read More
O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada (-Homilia- XXVIII Domingo do Tempo Comum -Ano A

O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada (-Homilia- XXVIII Domingo do Tempo Comum -Ano A

O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada A Liturgia, do 28º Domingo do Tempo Comum (Ano A), apropria-se de...
Read More
A Vinha do Senhor e os frutos esperados por Deus – Homilia- XXVII Domingo Comum do Tempo A

A Vinha do Senhor e os frutos esperados por Deus – Homilia- XXVII Domingo Comum do Tempo A

  Com a Liturgia do 27º Domingo do Tempo Comum (ano A), refletiremos sobre os frutos abundantes que  o Senhor...
Read More
O imperativo da conversão no trabalho da Vinha do Senhor- Homilia para o XXVI Domingo do Tempo Comum do Ano A

O imperativo da conversão no trabalho da Vinha do Senhor- Homilia para o XXVI Domingo do Tempo Comum do Ano A

  Com a Liturgia do 26.º Domingo do Tempo Comum (ano A), contemplamos um Deus que chama a todos para...
Read More
Como é bom trabalhar na Vinha do Senhor – Homilia para o XXV Domingo do Tempo Comum do Ano A

Como é bom trabalhar na Vinha do Senhor – Homilia para o XXV Domingo do Tempo Comum do Ano A

Como é bom trabalhar na Vinha do Senhor! Com a Liturgia do 25º Domingo do Tempo Comum (ano A), refletimos...
Read More
Amados e perdoados para amar e perdoar – XXIV Domingo do Tempo Comum do Ano A

Amados e perdoados para amar e perdoar – XXIV Domingo do Tempo Comum do Ano A

A Liturgia do 24º Domingo do Tempo Comum (Ano A), trata do tema do perdão. Contemplamos a Face de Deus...
Read More
”  A caridade é a plenitude da Lei” – Homilia -XXIII  Domingo do Tempo Comum Ano A

” A caridade é a plenitude da Lei” – Homilia -XXIII Domingo do Tempo Comum Ano A

“A caridade é a plenitude da Lei” “O amor não faz nenhum mal contra o próximo. Portanto, o amor é...
Read More
Sejamos fortalecidos no carregar da Cruz! Homilia do XXII Domingo Tempo Comum Ano A

Sejamos fortalecidos no carregar da Cruz! Homilia do XXII Domingo Tempo Comum Ano A

A Liturgia do 22º Domingo do Tempo Comum (ano A) traz um convite que a muitos assusta e desaponta: “A...
Read More
O Senhor nos envia em missão – Homilia do XXI Domigo do Tempo Comum do Ano A

O Senhor nos envia em missão – Homilia do XXI Domigo do Tempo Comum do Ano A

O Senhor nos envia em missão Com a Liturgia do 21º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre dois...
Read More
Maria nos ensina o caminho para o céu – Homilia Dominical – Assunção de Nossa Senhora

Maria nos ensina o caminho para o céu – Homilia Dominical – Assunção de Nossa Senhora

  Celebramos no dia 15 de agosto, a Solenidade da Assunção da Virgem Santa Maria, um dos dogmas da Igreja,...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: