Formação de Coordenadores Diocesanos no Novo Curso do Regional Leste II

    Formação de Catequista : um itinerário essencial para uma catequese querigmática

A formação de Catequista proporciona uma evangelização com os “pés na realidade”, pois o ser humano é o hoje, o agora, ligado ao tempo e ao espaço. Os ensinamentos de Jesus Cristo não são estáticos , eles acompanham e se adequam a um mundo de mudanças, por isso o (a) catequista não pode ser uma pessoa paralisada no tempo e no espaço.

           Sendo a Catequese um processo de Iniciação à vida  de seguimento a Jesus Cristo, o (a) Catequista tem que conhecer o Filho de Deus e para conhecê-LO  bem, tem que  existir uma profunda  intimidade com a Palavra para apresentar aos catequizandos a proposta de Jesus: a boa notícia do Reino de Deus. Para anunciar o amor de Deus exige-se que o (a) evangelizador (a) seja paciente , próximo das pessoas que querem conhecer o jeito de SER de Jesus,  para juntos testemunharem o amor de Deus no cotidiano. Apresentar Jesus às pessoas requer cuidado, leveza , paciência, pois cada idade exige um jeito, um vocabulário, assim o evangelizador respeita a individualidade humana, a idade  e a cultura da comunidade.

     Planejar as atividades catequéticas é essencial para que não falte a PALAVRA, a FÉ e a IGREJA porque a Catequese “é toda forma de serviço eclesial da Palavra de Deus que cuida do amadurecimento na fé das pessoas e das comunidades.” O Planejamento deve ser participativo , requer mística e nunca se esquecer “ o NOVO vem de baixo para cima…”. As EQUIPES de COORDENAÇãO , sejam elas diocesanas ou paroquiais, devem MOBILIZAR e PRIORIZAR a FORMAÇÂO porque COORDENAR é ANIMAR , é CRIAR laços ,portanto não existe “cristão” sem comunidade.

      A Catequese com inspiração catecumenal exige planejamento e formação  porque ela deve ser bíblica, querigmática, celebrativa, comunitária , mistagógica, cristocêntrica e a partir da vida.

 Jesus era e é real,  apontava e aponta caminhos … O grande desafio do (a) catequista é´”experienciar” Jesus … ´sair de si … é tornar o mundo digital mais leve e mais humano.

     Estas reflexões foram proporcionadas pelo Curso para novos  Coordenadores oferecido pelo Regional Leste II e, principalmente, pelo apoio do Padre João Carlos e a Comunidade da Paróquia São João Evangelista que “patrocinaram” a minha participação  e minha formação durante cinco dias na Casa de Retiro São José – Belo Horizonte –MG

  Dircilene Honorato Ferreira – Equipe de Coordenação –Janeiro de 2020

A Palavra do Pastor
Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Advento: vigilância ativa e efetiva – Homilia de Dom Otacilio – Primeiro Domingo do tempo do Avento Ano B

Com o primeiro Domingo do Tempo do Advento (ano B), seremos convidados à vigilância, numa frutuosa preparação para o Natal...
Read More
Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Alegres e convictos Servidores do Reino – Homilia e reflexões de Dom Otacilio para o XXXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

  Alegres e convictos Servidores do Reino (Homilia - XXXIIIDTCA) A Liturgia do 33º Domingo do Tempo comum (Ano A),...
Read More
Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Permaneçamos vigilantes – XXXII do Tempo Comum do Ano A.

Com a Liturgia, do 32º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre a necessária vigilância ativa na espera do...
Read More
O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

O Ministério do padre na hora mais difícil: a morte.

Finados: dia de recolhimento, oração e contemplação de nossa realidade penúltima, a morte; fortalecimento na fé sobre nossa realidade última,...
Read More
Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

Bem-Aventuranças vividas, Santidade alcançada (Homilia Festa de todos os santos e santas)

  A Solenidade de todos os Santos abre nosso espírito e coração às consequências da Ressurreição. Para Jesus, ela foi...
Read More
Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois amores inseparáveis – 30º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Amor a Deus e ao próximo, dois Amores inseparáveis O Mandamento do Amor é a essência da vida cristã Com...
Read More
“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

“A Deus o que é de Deus” – Homilia – XXIX Domingo do Tempo Comum do Ano A

A Liturgia do 29º Domingo do Tempo Comum (ano A) tem como tema principal a subordinação de nossa existência a...
Read More
O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada (-Homilia- XXVIII Domingo do Tempo Comum -Ano A

O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada (-Homilia- XXVIII Domingo do Tempo Comum -Ano A

O Banquete do Cordeiro e a “veste” apropriada A Liturgia, do 28º Domingo do Tempo Comum (Ano A), apropria-se de...
Read More
A Vinha do Senhor e os frutos esperados por Deus – Homilia- XXVII Domingo Comum do Tempo A

A Vinha do Senhor e os frutos esperados por Deus – Homilia- XXVII Domingo Comum do Tempo A

  Com a Liturgia do 27º Domingo do Tempo Comum (ano A), refletiremos sobre os frutos abundantes que  o Senhor...
Read More
O imperativo da conversão no trabalho da Vinha do Senhor- Homilia para o XXVI Domingo do Tempo Comum do Ano A

O imperativo da conversão no trabalho da Vinha do Senhor- Homilia para o XXVI Domingo do Tempo Comum do Ano A

  Com a Liturgia do 26.º Domingo do Tempo Comum (ano A), contemplamos um Deus que chama a todos para...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: