Formação de Coordenadores Diocesanos no Novo Curso do Regional Leste II

    Formação de Catequista : um itinerário essencial para uma catequese querigmática

A formação de Catequista proporciona uma evangelização com os “pés na realidade”, pois o ser humano é o hoje, o agora, ligado ao tempo e ao espaço. Os ensinamentos de Jesus Cristo não são estáticos , eles acompanham e se adequam a um mundo de mudanças, por isso o (a) catequista não pode ser uma pessoa paralisada no tempo e no espaço.

           Sendo a Catequese um processo de Iniciação à vida  de seguimento a Jesus Cristo, o (a) Catequista tem que conhecer o Filho de Deus e para conhecê-LO  bem, tem que  existir uma profunda  intimidade com a Palavra para apresentar aos catequizandos a proposta de Jesus: a boa notícia do Reino de Deus. Para anunciar o amor de Deus exige-se que o (a) evangelizador (a) seja paciente , próximo das pessoas que querem conhecer o jeito de SER de Jesus,  para juntos testemunharem o amor de Deus no cotidiano. Apresentar Jesus às pessoas requer cuidado, leveza , paciência, pois cada idade exige um jeito, um vocabulário, assim o evangelizador respeita a individualidade humana, a idade  e a cultura da comunidade.

     Planejar as atividades catequéticas é essencial para que não falte a PALAVRA, a FÉ e a IGREJA porque a Catequese “é toda forma de serviço eclesial da Palavra de Deus que cuida do amadurecimento na fé das pessoas e das comunidades.” O Planejamento deve ser participativo , requer mística e nunca se esquecer “ o NOVO vem de baixo para cima…”. As EQUIPES de COORDENAÇãO , sejam elas diocesanas ou paroquiais, devem MOBILIZAR e PRIORIZAR a FORMAÇÂO porque COORDENAR é ANIMAR , é CRIAR laços ,portanto não existe “cristão” sem comunidade.

      A Catequese com inspiração catecumenal exige planejamento e formação  porque ela deve ser bíblica, querigmática, celebrativa, comunitária , mistagógica, cristocêntrica e a partir da vida.

 Jesus era e é real,  apontava e aponta caminhos … O grande desafio do (a) catequista é´”experienciar” Jesus … ´sair de si … é tornar o mundo digital mais leve e mais humano.

     Estas reflexões foram proporcionadas pelo Curso para novos  Coordenadores oferecido pelo Regional Leste II e, principalmente, pelo apoio do Padre João Carlos e a Comunidade da Paróquia São João Evangelista que “patrocinaram” a minha participação  e minha formação durante cinco dias na Casa de Retiro São José – Belo Horizonte –MG

  Dircilene Honorato Ferreira – Equipe de Coordenação –Janeiro de 2020

A Palavra do Pastor
A vigilância e a espera ativa

A vigilância e a espera ativa

Com a Liturgia do 19º Domingo do Tempo Comum (Ano C), refletimos sobre a vigilância, a pobreza e a busca...
Read More
“Buscai as coisas do alto” – XVIII Domingo do Tempo Comum- Ano C

“Buscai as coisas do alto” – XVIII Domingo do Tempo Comum- Ano C

“Buscai as coisas do alto” A Liturgia do 18º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos convida a refletir sobre...
Read More
“Mestre, ensina-nos a rezar” _ Homilia

“Mestre, ensina-nos a rezar” _ Homilia

“ “Mestre, ensina-nos a rezar” A Liturgia da Palavra do 17º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos convida à...
Read More
A Igreja do Bom Samaritano – Homilia XV do Tempo Comum -Ano C

A Igreja do Bom Samaritano – Homilia XV do Tempo Comum -Ano C

“Mestre, que devo fazer para receber em herança a vida eterna?” Com a Liturgia do 15º Domingo do Tempo Comum...
Read More
Pedro e Paulo, o Amor de Cristo os seduziu – Homilia

Pedro e Paulo, o Amor de Cristo os seduziu – Homilia

Pedro e Paulo, o Amor de Cristo os seduziu Celebramos a Solenidade dos Apóstolos Pedro e Paulo, que viveram total...
Read More
Livres para seguir o Senhor – XIII Domingo do Tempo Comum Ano C

Livres para seguir o Senhor – XIII Domingo do Tempo Comum Ano C

A Liturgia do 13º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos convida a refletir sobre o discipulado na fidelidade ao...
Read More
Assumir a Cruz quotidiana com a força da Oração – 12º Domingo do Tempo Comum

Assumir a Cruz quotidiana com a força da Oração – 12º Domingo do Tempo Comum

A Liturgia do 12º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos interroga a respeito de Jesus: Quem é Ele para...
Read More
Pentecostes: O Espírito Santo de Deus nos foi enviado 

Pentecostes: O Espírito Santo de Deus nos foi enviado 

“Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós. Recebei o Espírito Santo” Com a Solenidade de...
Read More
Ascensão: irradiar amor, vida e alegria – Homilia – Solenidade da Ascensão do Senhor

Ascensão: irradiar amor, vida e alegria – Homilia – Solenidade da Ascensão do Senhor

“Ali ergueu as mãos e abençoou-os” (Lc 24,50) A Solenidade da Ascensão aponta para o fim último de todos nós,...
Read More
A promessa do Paráclito- Homilia VI Domingo da Páscoa – Ano C

A promessa do Paráclito- Homilia VI Domingo da Páscoa – Ano C

A promessa do Paráclito A Liturgia do 6º Domingo da Páscoa (Ano C) tem como mensagem a promessa de Deus...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: