A DOR DA SAUDADE

Há dores que podem ser aliviadas ou até mesmo evitadas;

Desnecessário nominá-las, pois bem as conhecemos.

Há, porém, dores que não têm como serem evitadas.

Uma delas, a mais cortante de todas: a dor da ausência.

Dor da ausência tão forte que nos consome vorazmente

A da ausência de quem partiu, sempre cedo demais.

Cedo demais, que não se explica pelo tempo pouco vivido,

Cedo demais, porque nunca preparados estamos.

Queremos que esteja sempre ao nosso lado quem amamos,

Mas todos partem; todos um dia partimos, inexoravelmente.

Ó dor suprema da ausência, que corta a alma de quem ama

Como navalha cortante, como que sangrando ininterruptamente.

Dor que sentimos quando ao despedir sem despedir

Porque não irá, quem no coração lugar especial ocupou.

Parte para o horizonte da eternidade, que cremos ser o céu,

Onde os que perseveram no Amor de Deus vivem para sempre.

Partem, mas ficam no espaço estreito e apertado do peito;

Serão inevitáveis as lembranças, a saudade, o santo desejo…

Santo desejo de um dia na outra margem também nos encontramos.

A dor da saudade enfim curada, porque como Anjos reencontrados.

E, na plenitude do amor, também envolvidos e acolhidos,

Já não há mais dor, nem luto, nem lágrimas, nem morte nem pranto.

Morte de quem amamos é assim: o dia do nascimento para quem parte,

O dia do outro nascimento para quem fica: a dor da saudade.

É ela, uma dor que nos consome e nos consumirá,

Diretamente proporcional ao amor vivido, silenciosamente crescerá…

Que a fé na Ressurreição, que a Palavra do Senhor nos console, pois

Para os que n’Ele creem e vivem para sempre viverão.

Ele também partiu e conosco está: moradas para quem partiu,

Para nós que também partiremos, foi nos preparar. Aleluia.

Postado por Dom Otacilio F. Lacerda  em

https://peotacilio.blogspot.com/2019/11/a-dor-da-saudade.html

A Palavra do Pastor
Apresentar e testemunhar Jesus, a luz das Nações ( Homilia para o 2º Domingo do Tempo Comum-ano A)

Apresentar e testemunhar Jesus, a luz das Nações ( Homilia para o 2º Domingo do Tempo Comum-ano A)

Apresentar e testemunhar Jesus, a Luz das Nações “Melhor é calar-se e ser do que falar e não ser. Coisa...
Read More
Ser batizado é ouvir a voz do Filho Amado

Ser batizado é ouvir a voz do Filho Amado

  O Batismo do Senhor é apresentado de diferentes modos: os Evangelhos de São Marcos e São Lucas apenas fazem...
Read More
A Evangelização nos desafia: É tempo de sermos epifânicos!

A Evangelização nos desafia: É tempo de sermos epifânicos!

  A Evangelização nos desafia: É tempo de sermos epifânicos! Há de brilhar e brilhou… Uma estrela há dois milênios,...
Read More
Epifania: Jesus é o Salvador de todos os povos ( Homilia da Epifania do Senhor)

Epifania: Jesus é o Salvador de todos os povos ( Homilia da Epifania do Senhor)

Epifania: Jesus é o Salvador de todos os povos Celebraremos com toda a Igreja, a Solenidade da Epifania do Senhor,...
Read More

Deus seja louvado! Olhando para o ano que está terminando, faltando apenas dois dias, vi que: Amo o que faço! Creio...
Read More
Sagrada Família, modelo de fidelidade e coragem

Sagrada Família, modelo de fidelidade e coragem

Sagrada Família, modelo de fidelidade e coragem Celebrar a Festa da Sagrada Família (ano A), é para todos nós, uma...
Read More
Ah, se nossas famílias escutassem o Anjo do Senhor…

Ah, se nossas famílias escutassem o Anjo do Senhor…

Ah, se nossas famílias escutassem o Anjo do Senhor... Na Liturgia da Palavra na Festa da Sagrada Família (ano A),...
Read More
O silêncio dos inocentes

O silêncio dos inocentes

O silêncio dos inocentes... “Levante-se, pegue a Criança e a Sua mãe e fuja para o Egito. Fiquem lá até...
Read More
” O Verbo se fez carne”

” O Verbo se fez carne”

“O Verbo Se fez Carne” Na Missa do Dia de Natal, celebramos o Mistério da Encarnação numa atitude de serena...
Read More
É Natal!

É Natal!

É Natal! Vou sair pela cidade... A cidade tem seus cenários, ora sórdidos, ora inóspitos. Também tem cenários de encanto...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: