Cristãos leigos e leigas, sujeitos na igreja e na sociedade

“Vivemos o Ano Nacional do Laicato em 2018, mas ele não se encerrou em 25 de novembro; estende-se como um compromisso de toda a Igreja para ‘melhor apoiar e incentivar a vida e a ação dos cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade’”.(CNBB 105, n.275)

Celebraremos no próximo dia 24 de novembro a Solenidade de Cristo Rei , dia do Cristão Leigo e Leiga, momento de renovarmos nosso compromisso com a Igreja da qual recebemos o Batismo e, por ele , tornamo-nos , com Cristo, sacerdote , profeta e rei. A celebração do dia do Cristão Leigo e Leiga quer nos aproximar, nos comprometer, nos enriquecer na fé e na esperança, para juntos construirmos relações fraternas que visualizam os sinais do Reino de Deus entre nós.

“Muitos são os espaços para nossa atuação evangélica de cristãos leigos e leigas e é nesses espaços que vamos continuar dando ‘corda no relógio’, como nos lembra o Papa Francisco na Carta ao Cardeal Ouelet em 2016: ‘ é a hora dos leigos , mas parece que o relógio parou’. ‘Não podemos deixar o relógio parar. Este é o nosso desafio! Continuar com o que retomamos com o ano do laicato, para que os cristãos leigos e leigas assumam sua missão nas realidades do mundo, onde só eles e elas são capazes de ser ‘Igreja no coração do mundo’ como verdadeiro sujeito’.(Marilza J.L. Shuina)”.

Com esse propósito, nossa Diocese de Guanhães, em 2019, caminhou no sentido de se organizar como Igreja comprometida com uma sociedade renovada, articulando-se junto ao CNLB -Regional Leste II para em comunhão fraterna, crescermos como “Igreja em saída” a serviço do Reino. Esse é o nosso sonho. E como já disse o poeta “sonho que se sonha só é pura ilusão; sonho que se sonha junto é sinal de realização”. Que Maria, a Rainha da Evangelização, caminhe conosco!

Maria Madalena dos Santos Pires,
Comissão de articulação do CNLB na diocese de Guanhães

A Palavra do Pastor
Cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna – Homilia do 32° Domingo Comum

Cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna – Homilia do 32° Domingo Comum

Cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna Com a Liturgia do 32º Domingo do Tempo Comum (ano C),...
Read More
A DOR DA SAUDADE

A DOR DA SAUDADE

Há dores que podem ser aliviadas ou até mesmo evitadas; Desnecessário nominá-las, pois bem as conhecemos. Há, porém, dores que...
Read More
Catequese permanente, frutos abundantes

Catequese permanente, frutos abundantes

O tema da iniciação à vida cristã e a necessária catequese permanente, que nos possibilita um crescimento constante mais do...
Read More
” Senhor, fazei de nós instrumentos da Vossa paz…”

” Senhor, fazei de nós instrumentos da Vossa paz…”

“Senhor, fazei de nós instrumentos da Vossa paz...” Retomemos a oração conclusiva da Mensagem do Papa Francisco,  para o 52º...
Read More
Ela veio trazendo vida

Ela veio trazendo vida

  Com o Cântico de Daniel, louvemos o Senhor: “Águas do alto céu, bendizei o Senhor! Potências do Senhor, bendizei...
Read More
Quanto mais próximos do Altar, maior será a exigência de Deus para conosco! (Homilia – 30° Domingo do Tempo Comum)

Quanto mais próximos do Altar, maior será a exigência de Deus para conosco! (Homilia – 30° Domingo do Tempo Comum)

Quanto mais próximos do Altar, maior será a exigência de Deus para conosco! Com a Liturgia do 30º Domingo do Tempo...
Read More
A oração não dispensa compromissos

A oração não dispensa compromissos

As mãos que elevamos aos céus são as mesmas que na terra estendemos ao outro... A Liturgia do 29º Domingo...
Read More
Graça, gratidão e gratuidade (Homilia 28º Domingo Tempo Comum – ano C)

Graça, gratidão e gratuidade (Homilia 28º Domingo Tempo Comum – ano C)

Graça, gratidão e gratuidade   “...Um deles, ao perceber que estava curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; atirou-se...
Read More
Anjos que não vejo e anjos que vejo!

Anjos que não vejo e anjos que vejo!

A Igreja celebra, no dia 02 de outubro, a Memória dos Anjos de Guarda (Ex 23,21-23; Salmo 91; Mt 18,1-5.10)....
Read More
É missão das Paróquias resplandecer a luz divina

É missão das Paróquias resplandecer a luz divina

"Eles eram perseverantes no ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão e nas orações” (At 2,42) Em...
Read More
Curta Nossa Fanpage:

Empresas que possibilitam este projeto: