Gente boa… é Natal!

“Deus fez-se pequeno para nos tornar grandes; quis ser envolvido em paninhos para nos livrar das cadeias da morte; desceu à terra a fim de que pudéssemos subir ao Céu!”

(Sto. Ambrósio)

No calendário da historia humana escrevemos o dia do nascimento de Deus: É Natal! Sim, o Natal é o aniversário de Deus na história. Proclamamos que Ele foi concebido por obra e graça do Espírito Santo, gerado não criado. Na carne é filho de Maria e de José, da descendência real de David. Quanta ousadia ao proclamarmos que Deus é gente como nós!

Deus foi ousado por primeiro e anunciou pela voz do profeta: “Um menino nasceu para nós! Ele recebeu o poder em seus ombros e será chamado: Conselheiro maravilhoso, Deus forte, Pai sempiterno, Príncipe da paz”(Is 9,6) Assim, em Jesus, o eterno faz-se carne, o transcendente desce a terra, o grandioso apequena-se, o infinito encontra abrigo no seio de uma mulher. Divino e humano, tempo e eternidade se encontram… E Deus veio habitar no meio de nós!

E essa ousadia continua! A novidade que Deus traz é questão de vida ou morte para o mundo! O nascimento de Jesus promove o fim de todas as tristezas, ansiedades e angústias. Pede que se superem as adversidades, as lutas fraticidas, tudo quanto possa colocar em risco a vida, motivando nosso agir na construção de um mundo melhor.

Deus nunca desiste de nós! A Encarnação de Jesus é cumprimento da sua promessa de salvação. E agora, qual será a nossa resposta? Naquilo que nos corresponde, precisamos assumir a atitude disponível de José e de Maria, acolher o Deus que vem e partilha-Lo como bem maior que deve ser dado à luz. Toda vez que Jesus é acolhido, por palavras e atitudes, o Natal se renova.

Façamos acontecer o Natal, aqui e agora! O Brasil vive um novo tempo com o novo governo que terá início no dia 01 de janeiro. O voto foi dado na confiança e, agora, os eleitos precisam ser monitorados para que sejam cumpridas as promessas feitas. E não vejo maneira melhor de nos afirmarmos cristãos, aqueles e aquelas que têm Jesus como o Senhor de suas vidas, senão sendo corresponsáveis na construção do Reino de Deus. Ou seja, concretizando relações novas baseadas na justiça, no amor, na fraternidade, no comprometimento sincero com a organização da “casa comum”, a nossa Pátria.

A sinfonia do Natal desafina se for festa de alguns privilegiados, pois o Menino-Deus nasce para todos e nos traz a Paz!

Nesse sentido, a paz virá verdadeiramente com o fim da pobreza extrema em todas as suas formas: o acesso à assistência médica, à educação e à energia para todos, à água e ao esgoto tratados, à melhoria das estradas; a redução das desigualdades e um desenvolvimento econômico inclusivo; a promoção do emprego estável e do trabalho digno; consumos e produções sustentáveis; a salvaguarda dos ecossistemas… Só assim caminharemos de fato rumo a sociedades justas e, consequentemente, mais pacíficas.

Queira a paz! Promova a paz! Viva a paz!

Santo Natal e próspero Ano Novo, repletos das bênçãos de Deus,

para você e sua família!

São os votos de Dom Darci José , Arcebispo de Diamantina e Administrador Apostólico de Guanhães e de todos os sacerdotes!

 

A Palavra do Pastor
A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

Com a Liturgia do 2º Domingo da Páscoa (ano B), também chamado de “Domingo da Misericórdia”, à luz da Palavra...
Read More
O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Ano Litúrgico (ano B), começa com a quarta-feira de cinzas, e com ela o início do itinerário quaresmal, e...
Read More
Domingo de Ramos:  Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

Domingo de Ramos: Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

"Meu  Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"  (Mc 15,34) No Domingo de Ramos (ano B), refletimos sobre o Amor de...
Read More
“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

A Liturgia do 4º Domingo da Quaresma (Ano B) é conhecida como Domingo “Laetare”, ou seja, Domingo da alegria, devido...
Read More
A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

As grandes cidades enfrentam os inúmeros problemas de nosso tempo, principalmente porque vivemos em mudança de época, muito mais do...
Read More
Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Com o 3º Domingo da Quaresma (ano B), damos mais um passo no Itinerário rumo à Páscoa do Senhor. Podemos...
Read More
A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

O segundo Domingo da Quaresma (ano B), identificado como “O Domingo da Transfiguração do Senhor”, é um convite a escutarmos...
Read More
Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

“Ai de mim se seu não evangelizar” (1 Cor 9,16). A Evangelização na cidade tem inúmeros e grandes desafios, de modo...
Read More
“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

No 1º Domingo da Quaresma (Ano C), repensamos nossas opções de vida, tomando consciência das tentações que nos impedem de...
Read More
Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

“Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse:  “Eu quero: fica curado!”. No mesmo instante  a lepra...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: