Encontro Diocesano de Coordenadores de Catequese

         Um grupo de 58 catequistas, membros das coordenações diocesana e paroquial de catequese, reuniram-se no Espaço PUC em Guanhães, no  sábado, dia 28 de julho, para o segundo encontro do ano de 2018.

        Iniciou-se após o café, com a oração da manhã: ESTA TERRA É SAGRADA – inspirada no texto bíblico : Ex 3,1-15. Durante a oração o grupo foi levado a refletir: O que buscas? De onde vens?  O que procura? O que ficou para trás, o que lhe preocupa? Como se dá a experiência da presença de Deus em sua vida, no dia-a-dia ? Quais “terras santas” que você pisa no seu cotidiano? Que expectativas você traz para esse encontro?

    Após a oração, o grupo participou de uma dinâmica ao redor do Poço: Dinâmica do avesso , mostrando  a importância da união, da organização e do planejamento nas ações da catequese.  Pe Osmar deu sequência ao trabalho, apresentando uma síntese do Documento Gaudete Exsultate – sobre o chamado à Santidade no mundo atual. Todos são chamados a ser santos, viver o Evangelho onde quer que estejam, independentemente do que fazem.

     Refletiu-se também sobre o Ministério da Coordenação, sobre a função do(a) coordenador(a) que  é a de ser um(a) líder participativo que faz o grupo crescer. Ser um líder espelhado no Bom Pastor, Jesus Cristo.

  Apresentou-se o organograma da catequese diocesana, as páginas da internet, blog, revista virtual Catequese Hoje Catequese do Brasil, site, canal do youtube com material confiável para que o catequista os visitem,  buscando sua formação pessoal e também os grupos do whatsapp para uma melhor comunicação. Foram reforçadas as datas para a formação nas Áreas Catequéticas , no mês de agosto e cronograma de atividades até dezembro, incluindo  o encontro diocesano em outubro, assessorado por Pe Vanildo Paiva( autor do livro em estudo, desde fevereiro) e também as atividades que cada um deverá realizar diante dos compromissos assumidos.

  Foram repassadas notícias do Regional Leste II, sobre a 4ª Semana Brasileira de catequese, e, também sobre a mensagem de Dom José Antonio Peruzzo, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, para os catequistas.

   Os coordenadores foram alertados sobre  um congresso Nacional de catequese, um mega evento que acontecerá de 8 a 10 de fevereiro. O grupo (que promove a Expocatólica e a revista Paróquias) tem um foco no marketing católico e fará além de oficinas uma feira de produtos.  O evento nada tem a ver com a catequese nacional. A CNBB não foi consultada e irá se pronunciar pela Comissão Nacional de Catequese. Como o grupo tem dinheiro para comunicação, vai investir pesado e pode confundir os catequistas em relação a Semana Brasileira de Catequese. É importante que todos fiquem atentos, pois, pelo fato de  ser no Santuário de Aparecida muita gente vai. Os temas  nada têm a ver com as discussões do Documento 107. Ninguém está proibindo catequistas de participarem, porém  não podemos perder o nosso foco e é preciso ter senso crítico. Isto vale também, na busca de leituras em outros sites e livros.

     A turma foi dividida em grupos para estudo e apresentação dos capítulos III e IV do livro Processo de Formação da Identidade Cristã. O Capítulo V será estudado em agosto, nas Áreas Catequéticas, ficando sob a responsabilidade dos coordenadores paroquiais desenvolverem o estudo dos outros capítulos do livro até o mês de março de 2019, com os catequistas, pois receberemos a outra autora do livro estudado no mês de abril, Marlene Silva da Arquidiocese de Pouso Alegre- MG.

     Com a oração final e uma homenagem aos coordenadores pelo Dia do Catequista, o encontro foi encerrado.

Eliana Maria de Alvarenga Guimarães

Da Comissão Diocesana de catequese.

MENSAGEM AOS CATEQUISTAS Do http://www.catequesedobrasil.org.br/noticia/mensagem-aos-catequistas-2018 Site Catequese Brasil da CNBB

Dia Nacional dos Catequistas – 2018

 Queridos e queridas Catequistas!

Já nos avizinhamos do Dia do Catequista. Será no próximo 26 de agosto. Foi grande a sabedoria que inspirou a inserção deste dia nos quadros do mês vocacional. As palavras ‘voz’ e ‘vocação’ vem da mesma raiz latina. E é assim que a Igreja os reconhece, queridos e queridas Catequistas. São evangelizadores que respondem a um apelo que lhes ressoa desde dentro, desde o coração.

Enquanto escrevo estas linhas recordo-me do diálogo de Jesus com seus discípulos apresentado por Mateus, o evangelista com grande sensibilidade catequética. “Ao ver as multidões, Jesus encheu-se de compaixão por elas, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor. Então disse aos discípulos: a colheita é grande…” (Mt 9,36). Em seguida eles foram enviados quais missionários das boas notícias da parte de Deus.

Sei que se recorda, amigo e amiga Catequista, daquela pessoa que, pela primeira vez, lhe dirigiu o convite para colaborar com o Senhor na Catequese. Até os detalhes lhe afloram à memória. Era a comunidade que precisava. Alguém lhe falou desde fora, mas provocou aquela voz que vem de dentro. Era como se o Senhor Jesus já estivesse a compadecer-se dos catequizandos e, então, estaria a confiá-los a Você. Pois bem, hoje deixe-se ‘olhar” por ele. Tente imaginar o próprio Senhor, com os olhos cheios de compaixão, a voltar sua face para eles, os catequizandos, e depois para Você. O que ele lhe diria? Escute-o. Deixe-o falar.

Ele nunca se deixa vencer em generosidade. Estará sempre ao seu lado, com a força do seu Espírito, para renovar as compaixões, para revitalizar as motivações, para vencer as desilusões. São alegrias e dramas que ele conhece bem. Os grandes discípulos e discípulas também já experimentaram. Eles se sentiram pequenos, pequenas. Venceram porque a força que os sustentava vinha do amigo e Senhor. Como o apóstolo e catequista por excelência, Paulo, muitos repetiram em seu íntimo: “Eu sei em quem acreditei…” (2Tm 1,12). Lembre, pois, de seu chamado, de suas vitórias, e siga no serviço da Catequese.

Em suas orações não esqueça da nossa 4ª Semana Nacional de Catequese, prevista para novembro (14-18/11). Estou convencido que serão dias de grande impulso para o futuro da nossa Catequese. Recomendo-lhe também que busque compreender bem e estimular a Iniciação à Vida Cristã. Ela leva consigo uma poderosa força renovadora para a evangelização no Brasil.

Despeço-me com palavras de imensa gratidão a todos os Catequistas deste nosso Brasil. Que o Senhor lhes abençoe por serem uma fonte de bênçãos à nossa Igreja. E que a poderosa intercessão da grande Catequista, aquela de Nazaré, esteja sempre a acompanhar os seus passos.

Dom José Antonio Peruzzo

Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Palavra do Pastor
A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

Com a Liturgia do 2º Domingo da Páscoa (ano B), também chamado de “Domingo da Misericórdia”, à luz da Palavra...
Read More
O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Ano Litúrgico (ano B), começa com a quarta-feira de cinzas, e com ela o início do itinerário quaresmal, e...
Read More
Domingo de Ramos:  Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

Domingo de Ramos: Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

"Meu  Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"  (Mc 15,34) No Domingo de Ramos (ano B), refletimos sobre o Amor de...
Read More
“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

A Liturgia do 4º Domingo da Quaresma (Ano B) é conhecida como Domingo “Laetare”, ou seja, Domingo da alegria, devido...
Read More
A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

As grandes cidades enfrentam os inúmeros problemas de nosso tempo, principalmente porque vivemos em mudança de época, muito mais do...
Read More
Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Com o 3º Domingo da Quaresma (ano B), damos mais um passo no Itinerário rumo à Páscoa do Senhor. Podemos...
Read More
A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

O segundo Domingo da Quaresma (ano B), identificado como “O Domingo da Transfiguração do Senhor”, é um convite a escutarmos...
Read More
Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

“Ai de mim se seu não evangelizar” (1 Cor 9,16). A Evangelização na cidade tem inúmeros e grandes desafios, de modo...
Read More
“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

No 1º Domingo da Quaresma (Ano C), repensamos nossas opções de vida, tomando consciência das tentações que nos impedem de...
Read More
Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

“Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse:  “Eu quero: fica curado!”. No mesmo instante  a lepra...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: