Carta dos jovens leigos e leigas reunidos em Belo Horizonte–MG, na XXXVII Assembleia do Conselho Nacional de Laicato de 31 de maio a 03 de junho de 2018

O laicato como um todo é um “verdadeiro sujeito eclesial” (DAp, n. 497a)

JUVENTUDES REUNIDAS !!!

Nós, jovens leigos e leigas reunidos em Belo Horizonte–MG, na XXXVII Assembleia do Conselho Nacional de Laicato de 31 de maio a 03 de junho de 2018, movidos pela força e anseios de celebrar as nossas juventudes e pluralidades em unidade com o CNLB, escrevemos esta carta como forma de deixar registrado o posicionamento dos jovens engajados nos conselhos de leigos/as do Brasil.
Renovação eclesial… a quanto tempo estamos aqui e participamos dessas assembleias?
Nós Jovens também queremos ser protagonistas, “verdadeiros sujeitos eclesiais”, confiem em nós! Deixem-nos mostrar nossas potencialidades!
Conhecemos os rostos de nossas juventudes!? Precisamos conhecer!
Às juventudes reunidas, gostaria de sugerir que como legado do ano do Laicato, as juventudes estejam nas bases dos conselhos nas suas várias esferas, e seja sempre assegurada a presença (delegado/a – conselheiro/a) destas para os conselhos locais, encontros nacionais e assembleias em todos os níveis.
Queremos que o Ano do Laicato deixe como legado uma comissão “para” juventude: ativa, formativa, propositiva e atuante colocando os/as jovens como protagonistas de uma Igreja em saída a serviço da vida, com um rosto novo e disposto a buscar aqueles que estão nas periferias existenciais.
Nos colocamos inteiramente a disposição para contribuir com a comissão nacional “para” juventude e a sua necessária efetivação, bem como para formar as nossas bases nos regionais.
Propomos que possamos ter um encontro nacional das juventudes leigas no ano de 2019 e que até esse encontro, todos os regionais possam se articular para criarem e/ou rearticularem as comissões juventudes nos regionais.
O Laicato jovem do Brasil precisa e quer estar representado com voz, vez e lugar no sínodo dos Bispos para a juventude e na JMJ.
Nós reunidos, queremos nos somar as várias realidades das juventudes do Brasil e frente a nossa vocação laical, queremos também ser Sal, Luz
e Fermento para transformar a nossa casa comum em um espaço de paz, justiça social e responsabilidade planetária.
Queremos enfatizar e parafrasear o Documento de Aparecida que “os leigos (JOVENS) também são chamados a participar na ação pastoral da Igreja” (DAp, n. 211).
Concluímos reafirmando que queremos fazer a diferença nos areópagos modernos, e com o nosso jeito jovem de ser igreja, contribuir para transformar as complexas realidades que todos os dias somos apresentados. “Os cristãos leigos são homens e mulheres da Igreja no coração do mundo, homens e mulheres do mundo no coração da Igreja” (Puebla n.786)
Assinam as juventudes dos vários regionais presentes na assembleia!
João Paulo Angeli – SUL 2
Bruno Teté – LESTE 1
Peterson Prates – SUL 1
Danilo Lopes – NORTE 2
João Vitor Lemos – NORDESTE 2
Luzitésio Albuquerque – NORDESTE 2
Marcus Vinicius Souza – LESTE 2
Ana Luiza Souza – LESTE 2
Leonardo Moura – LESTE 2
Carlos Alberto Pereira da Silva – NORDESTE 1
Célio Claudio – LESTE 2

Curta Nossa Fanpage:
Faça sua inscrição:

Empresas que possibilitam este projeto: