Catequistas da Paróquia São Miguel e Almas refletem sobre a CF 2017

No dia 1º de março, quarta feira de cinzas, começa o tempo quaresmal; e na Igreja do Brasil, junto a ele, a Campanha da Fraternidade. Para a CF 2017 tem-se como Tema: Fraternidade: Os biomas brasileiros e a diversidade da vida. Lema, Cultivar e Guardar a Criação (Gn 2,15). É de suma importância que todas as comunidades possam refletir com afinco essa temática em comunhão com a Igreja no Brasil. Buscar uma consciência ecológica e espiritualidade que contemple a vida humana como parte do planeta e nova forma de se relacionar com toda a criação é imprescindível. Nesse sentido, esteve com o grupo de catequistas da Paróquia São Miguel e Almas no salão da Catedral de Guanhães, André Firmiano que trabalha no IEF (Instituto Estadual de Florestas). Foi apresentada reflexão sobre o que foi a Mata Atlântica e o que ela é hoje. Falou do Parque Estadual da Serra da Candonga e dos desafios que têm-se pela frente na conservação desta que é uma das pouquíssimas reservas remanescentes daquele Bioma. Ficou claro que: ou o ser humano converta-se em Cultivador e Guardador da Criação confiada a ele por Deus; ou essa que é sua casa a Grande Mãe entrará em colapso e sua recuperação é incerta.

   Pe  Wanderlei Rodrigues

Curta Nossa Fanpage:

Empresas que possibilitam este projeto: