Encerramento do Curso do IRPAC- Especialização em Catequética no sábado 14 de janeiro

Aconteceu no sábado, 14 de janeiro, o encerramento do Curso do IRPAC- especialização em Catequética, iniciado no dia 02 de janeiro, na Casa de Retiros São José. Dois dos cinco representantes da Diocese, o seminarista André Lomba, concluinte do Curso e Vera Pimenta que concluiu o II Módulo enviam informações sobre as aulas que marcaram o encerramento.

Catequese com jovens e adultos marca conclusão da Especialização no IRPAC

Nos últimos dias da Especialização em Catequética, o IV módulo refletiu sobre Catequese com jovens e adultos, sob orientação das professoras Marlene e Suzane. Através de um apanhado histórico, antropológico e eclesial, buscou-se compreender a realidade do jovem e do adulto que se sente chamado a uma experiência nova com Jesus através da vivência cristã na comunidade. Por meio da catequese renovada com inspiração catecumenal, a Igreja deve acolher, acompanhar e ajudar esses irmãos e irmãs no processo de amadurecimento na fé, configurando suas vidas à vida de Jesus, nosso mestre e nosso irmão.  Tal catequese não deve ser sacramentalista-doutrinal, mas deve priorizar pela vivência, dinâmica e criatividade, para que os catequizandos sintam-se como parte do processo catequético e se apaixonem pela vida comunitária da fé, à luz da Palavra e da Eucaristia. Além das aulas, a conclusão dos trabalhos no IRPAC foi marcada pela Celebração Eucarística, na qual, os estudantes do IV módulo renderam graças a Deus pela conclusão do curso.

   Seminarista André Lomba

O seminarista André Lomba, ao ser interrogado por Eliana Alvarenga, da Comissão Diocesana de Coordenação sobre o que foi para ele participar do Curso do IRPAC , ele fez o seguinte depoimento:

É uma excelente oportunidade de amadurecimento na fé, à luz da Palavra de Deus, da pessoa de Jesus e do pensar teológico da Igreja; é uma experiência vivencial, interativa e criativa que humaniza os catequistas na dinâmica da catequese renovada com inspiração catecumenal.”

Fé e seguimento – conteúdo que marcou a conclusão do II Módulo. 

Fé e seguimento- Professor: Edward Neves M. B. Guimarães

O grande desafio é fazer com que a catequese compreenda o sentido da fé cristã (fé de Jesus de Nazaré e fé em Jesus Cristo) e do seguimento do Profeta da Galileia. E a missão da catequese é confiar na presença atuante do Espírito Santo. Evangelizar, seduzir e encantar pela alegria do testemunho coerente do que é anunciado; provocar pela beleza do anúncio do Evangelho e do entusiasmo no catequizando. A fé trata-se basicamente do ato de confiar e entregar-se, concretizado por quem tem radical ( de raiz) abertura para a transcendência ( capacidade de ir além da pura materialidade da vida e do tempo presente) e é portador de “dimensão espiritual”, realidade que nos faz sedentos de infinito amor. O seguimento trata-se em sentido estrito, da opção ou escolha de organizar a própria vida a partir de uma tomada de decisão livre e consciente: “algo”(uma ideia) ou alguém (uma pessoa) por meio de um caminho e com o objetivo de chegar em determinado lugar. Narrar o fato cristão na catequese não é tarefa fácil, mas é necessário ir desconstruindo as imagens equivocadas de Jesus para encontrar-se com o mistério amoroso de Deus. Urge buscar compreender, de modo novo, a relação entre a humanidade e a divindade em Jesus; não há abismo intransponível, mas relação de amor. Jesus não morreu fracassado e nem abandonado por Deus. A ressurreição, experiência de fé surpreendente e transformadora, lançou luz sobre a identidade última de Jesus. Trata-se, então, de oportunizar ou promover o encontro de fé ( pessoal e comunitário) com Deus Emanuel. É preciso alimentar o desejo de discenir e fazer a vontade de Deus, comprometer-se com o serviço do reino. Recuperar o sentido libertador da Eucaristia e da centralidade da Palavra: investir na alfabetização da linguagem religiosa, cultivar a intimidade com os textos narrativos sagrados e discenir, iluminado pelo espírito, os sinais dos tempos e a vontade de Deus para a nossa vida. A humanidade de Jesus é caminho para Deus e deve ser a busca e meta diária de cada cristão. Ser como Ele, é o desafio de cada cristão.

   Vera Pimenta

Catequista , coordenadora paroquial da paróquia São Miguel e Almas e membro da Comissão Diocesana

 

Mais informações – Sínteses das aulas do Curso de Especialização em Catequética em http://catecom.blogspot.com.br/

A Palavra do Pastor
A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

Com a Liturgia do 2º Domingo da Páscoa (ano B), também chamado de “Domingo da Misericórdia”, à luz da Palavra...
Read More
O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Ano Litúrgico (ano B), começa com a quarta-feira de cinzas, e com ela o início do itinerário quaresmal, e...
Read More
Domingo de Ramos:  Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

Domingo de Ramos: Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

"Meu  Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"  (Mc 15,34) No Domingo de Ramos (ano B), refletimos sobre o Amor de...
Read More
“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

A Liturgia do 4º Domingo da Quaresma (Ano B) é conhecida como Domingo “Laetare”, ou seja, Domingo da alegria, devido...
Read More
A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

As grandes cidades enfrentam os inúmeros problemas de nosso tempo, principalmente porque vivemos em mudança de época, muito mais do...
Read More
Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Com o 3º Domingo da Quaresma (ano B), damos mais um passo no Itinerário rumo à Páscoa do Senhor. Podemos...
Read More
A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

O segundo Domingo da Quaresma (ano B), identificado como “O Domingo da Transfiguração do Senhor”, é um convite a escutarmos...
Read More
Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

“Ai de mim se seu não evangelizar” (1 Cor 9,16). A Evangelização na cidade tem inúmeros e grandes desafios, de modo...
Read More
“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

No 1º Domingo da Quaresma (Ano C), repensamos nossas opções de vida, tomando consciência das tentações que nos impedem de...
Read More
Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

“Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse:  “Eu quero: fica curado!”. No mesmo instante  a lepra...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: