Assembleia Paroquial – Paróquia Nossa senhora Aparecida no Pito/ Guanhães

Após ouvir lideranças, Padre Inácio  decidiu realizar uma assembleia com os paroquianos , para tomada de decisões importantes. A assembleia aconteceu no sábado, 22 de outubro, na Igreja matriz de Nossa Senhora Aparecida.

Compareceram muitas pessoas da comunidade matriz e também das comunidades rurais. Após a acolhida e apresentação de todos os presentes,  Pe Inácio iniciou pedindo a compreensão de todos no que se refere à quantidade de compromissos dele,  para administrar as duas paróquias.

Irmão Ramón, que auxilia Pe Inácio nos trabalhos das duas paróquias, também esteve presente. Eles deixaram bastante claro, que tudo deve ser feito com amor, por amor, em harmonia e entrega.

Foi apresentado o balanço da festa de Nossa Senhora Aparecida e o padre comunicou a todos que com o dinheiro arrecadado serão construídos banheiros que ofereçam  conforto a todos. Falou com alegria, sobre a doação de ventiladores para a paróquia.

Outros assuntos tratados:

  • Organização dos horários das missas nas comunidades rurais;
  • Explicações sobre como é formado o Conselho Pastoral Paroquial( CPP) e que, provavelmente ocorrerá mudanças no que já existe.
  • Questionamento sobre as pastorais: Quais pastorais estão ativas e quais precisam ser reestruturadas.
  • Criação de uma comissão de festa.
  • Ainda neste ano, será realizada a Festa da Imaculada Conceição em dezembro .
  • As comunidades terão que prestar contas na matriz, formando um caixa único.
  • O dízimo não será mais devolvido em caderneta, os dizimistas receberão envelopes que serão consagrados no segundo domingo de cada mês.
  • No próximo mês, iniciarão as obras: banheiros e salas para catequese.
  • Para o próximo ano, será retomada a obra da casa paroquial.
  • Outras mudanças que ocorrerão futuramente: alterações no presbitério, na capela do Santíssimo, na cozinha e o piso da igreja que será trocado.

Pe Inácio aconselhou:  “ O Padre é exigente, gosta de tudo bem feito. Para tal, é preciso que as decisões devam ser acertadas, com ele, primeiramente”.

  • Não maltratar ninguém, não há privilégios dentro da casa de Deus. Ninguém melhor e ninguém pior.

O padre finalizou a reunião repassando os horários de reuniões com as pastorais e um almoço delicioso foi servido a todos.

Curta Nossa Fanpage:

Empresas que possibilitam este projeto: