Novena do padroeiro da Diocese e da paróquia São Miguel em Guanhães – Quinta Noite

 

 

5º DIA

Missa presidida por Pe Padre Dilton e concelebrada por Pe Luís Maurício. A Missa e a Novena foram animadas pelos  Homens do Terço.

Tema: QUEM COMO DEUS? MISERICÓRDIA:O ATO ÚLTIMO E SUPREMO PELO QUAL DEUS VEM AO NOSSO ENCONTRO.

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a sonhar e construir um novo céu e uma nova terra, gestado e gerado na misericórdia do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

T: Senhor, dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, a coragem para caminhar e semear sempre de novo, sempre mais além, tornando o mundo mais humano e amável.

D: Vem Espirito Santo, ajuda-nos a reconhecer Deus nos outros, saindo de nós mesmos para procurar o bem de todos, mudando o que for necessário agindo com generosidade e coragem.

T: Faça-nos  Senhor, pessoas e comunidades em saída, levando em nosso coração a mensagem do teu Evangelho, sua força, sua potencialidade. Desperta em nós a esperança para sermos pessoas e comunidades acolhedoras e misericordiosas.

03-Reflexão  após a comunhão

L1: Misericórdia: é o ato último e supremo pelo qual Deus vem ao nosso encontro. Num mundo marcado pelo egoísmo, intolerância, arrogância e fundamentalismo, que tem gerado guerra, pobreza, exclusão, desrespeito, sofrimento e morte, o Papa conclama a humanidade a mergulhar no oásis da misericórdia. Diante dos inconformismos, dos que gritam por justiça e choram por seus mortos, o Papa vem lembrar que “a misericórdia será sempre maior do que qualquer pecado, e ninguém pode colocar um limite ao amor de Deus que perdoa” e salva.

As: “As situações de miséria e de conflitos são para Deus ocasiões de misericórdia”

L2: A misericórdia de Deus é o coração pulsante do Evangelho, por meio dela deve chegar ao coração e mente de cada pessoa. A Igreja deve irradiar misericórdia. Onde houver cristãos, nas nossas paróquias, comunidades, qualquer pessoa que chegue deve encontrar “oásis” de misericórdia.

As. “Sejam misericordiosos, como o Pai de vocês é misericordioso”. Queremos celebrar o Ano Santo à luz desta Palavra de Jesus.

L1: Misericórdia: é o ato último e supremo pelo qual Deus vem ao nosso encontro. Qual é a força da misericórdia? É fazer Deus triunfar, reinar sobre minha pessoa abatendo os ídolos da impiedade que permeiam mentes e espíritos: “Naquele tempo, diz o SENHOR, serei o Deus de todas as famílias de Israel, e elas serão o meu povo.”

As: Paciente e misericordioso: “O Senhor cura os de coração atribulado e trata-lhes as feridas. … O Senhor ampara os humildes” (Sl 147) 

L2: Refletir sobre a misericórdia é refletir sobre o quanto o amor de Deus é presente em nossa história. Para nos amar Deus não nos pergunta primeiro se somos santos ou quais são os nossos pecados. Ele não procura inquirir sobre o nosso passado para saber se deve ou não nos amar. O seu amor é gratuito, incondicional, sem reservas e sem medo.

 

A Palavra do Pastor
A vigilância e a espera ativa

A vigilância e a espera ativa

Com a Liturgia do 19º Domingo do Tempo Comum (Ano C), refletimos sobre a vigilância, a pobreza e a busca...
Read More
“Buscai as coisas do alto” – XVIII Domingo do Tempo Comum- Ano C

“Buscai as coisas do alto” – XVIII Domingo do Tempo Comum- Ano C

“Buscai as coisas do alto” A Liturgia do 18º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos convida a refletir sobre...
Read More
“Mestre, ensina-nos a rezar” _ Homilia

“Mestre, ensina-nos a rezar” _ Homilia

“ “Mestre, ensina-nos a rezar” A Liturgia da Palavra do 17º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos convida à...
Read More
A Igreja do Bom Samaritano – Homilia XV do Tempo Comum -Ano C

A Igreja do Bom Samaritano – Homilia XV do Tempo Comum -Ano C

“Mestre, que devo fazer para receber em herança a vida eterna?” Com a Liturgia do 15º Domingo do Tempo Comum...
Read More
Pedro e Paulo, o Amor de Cristo os seduziu – Homilia

Pedro e Paulo, o Amor de Cristo os seduziu – Homilia

Pedro e Paulo, o Amor de Cristo os seduziu Celebramos a Solenidade dos Apóstolos Pedro e Paulo, que viveram total...
Read More
Livres para seguir o Senhor – XIII Domingo do Tempo Comum Ano C

Livres para seguir o Senhor – XIII Domingo do Tempo Comum Ano C

A Liturgia do 13º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos convida a refletir sobre o discipulado na fidelidade ao...
Read More
Assumir a Cruz quotidiana com a força da Oração – 12º Domingo do Tempo Comum

Assumir a Cruz quotidiana com a força da Oração – 12º Domingo do Tempo Comum

A Liturgia do 12º Domingo do Tempo Comum (Ano C) nos interroga a respeito de Jesus: Quem é Ele para...
Read More
Pentecostes: O Espírito Santo de Deus nos foi enviado 

Pentecostes: O Espírito Santo de Deus nos foi enviado 

“Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós. Recebei o Espírito Santo” Com a Solenidade de...
Read More
Ascensão: irradiar amor, vida e alegria – Homilia – Solenidade da Ascensão do Senhor

Ascensão: irradiar amor, vida e alegria – Homilia – Solenidade da Ascensão do Senhor

“Ali ergueu as mãos e abençoou-os” (Lc 24,50) A Solenidade da Ascensão aponta para o fim último de todos nós,...
Read More
A promessa do Paráclito- Homilia VI Domingo da Páscoa – Ano C

A promessa do Paráclito- Homilia VI Domingo da Páscoa – Ano C

A promessa do Paráclito A Liturgia do 6º Domingo da Páscoa (Ano C) tem como mensagem a promessa de Deus...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: