Novena do padroeiro da Diocese e da paróquia São Miguel em Guanhães – Segunda Noite

 A missa das 19 h foi presidida por Pe João Evangelista na Catedral de Guanhães e a Novena após a missa. Mais um momento rico de espiritulidade.

Reflexão da noite: QUEM COMO DEUS? MISERICÓRDIA: FONTE DE ALEGRIA, SERENIDADE E PAZ.

Segundo dia da Novena

L1: O ser humano está em busca da alegria e da paz. Como a sede é aplacada pela água fresca assim também a paz teremos só diante de um Deus misericordioso que nos faz misericordiosos. Daí que o Papa diz que este mistério é condição da nossa salvação, isto é, nos tira das águas que nos afogam, nos liberta de qualquer escravidão ou temor.

 As: Contemplar um Deus misericordioso nos abre o coração à esperança de sermos amados para sempre, apesar da limitação do nosso pecado.

L2: Ser cristão é, portanto, contemplar o mistério da misericórdia, revelado por Jesus Cristo, fonte da alegria, da serenidade e da paz. Uma interpelação incidente, pois permite reconhecer que a misericórdia é o ato último e supremo pelo qual Deus vem ao encontro de todos. O Ano da Misericórdia deve ser uma  experiência de fé na Igreja, com incidência na vida das famílias e comunidades, marcado por testemunhos, significativos gestos de reconciliação e perdão.

As. O perdão é uma força que ressuscita para nova vida e infunde a coragem para olhar o futuro com esperança.

L1: Diante do que o Papa fala, somos desafiados a verificar dentro de nós se acreditamos ou não no ser humano ou se perdemos a esperança nas pessoas e em uma nova sociedade. Perigoso é não acreditar mais em melhoras, pois a consequência é se aliar aos vencedores ou resignar-se em um cinismo imoral.

As: Senhor, não nos deixes  cair na indiferença que humilha, no cinismo que destrói. Na rotina que anestesia o espírito e impede de descobrir o novo.

L2:.  O Papa Francisco tem falado de “periferias existenciais”. Essa expressão convida-nos a entrar no existencial das pessoas, a considerar o tempo pessoal de cada um. O mesmo olhar podemos ter perante o nosso mundo: valorizar mais os anseios presentes em nosso mundo atual, que sempre trará algo de proveitoso, pois, afinal, o ser humano jamais deixará de ter a marca do Criado.

 

A Palavra do Pastor
Só Deus nos garante a verdadeira felicidade ( Homilia 6º Domingo Tempo Comum – Ano A)

Só Deus nos garante a verdadeira felicidade ( Homilia 6º Domingo Tempo Comum – Ano A)

  Só Deus nos garante a verdadeira felicidade "Enquanto o amor humano tende a apossar-se do bem que encontra no...
Read More
Sejamos Sal e luz na planície do quotidiano ( Homilia do 5º Domingo do Tempo Comum- Ano A)

Sejamos Sal e luz na planície do quotidiano ( Homilia do 5º Domingo do Tempo Comum- Ano A)

Sejamos Sal e luz na planície do quotidiano ... quando atraímos o olhar de todos para Deus, e não para...
Read More
Festa da Apresentação do Senhor: Jesus Cristo é a nossa Luz e Salvação ( Homilia- Domingo 02 de fevereiro)

Festa da Apresentação do Senhor: Jesus Cristo é a nossa Luz e Salvação ( Homilia- Domingo 02 de fevereiro)

“Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma” ( Lc 2,35) No dia 2 de fevereiro, celebramos a Festa...
Read More
Ser Padre: missão de resplandecer a luz de Cristo no rosto da Igreja

Ser Padre: missão de resplandecer a luz de Cristo no rosto da Igreja

“O Concílio deseja ardentemente iluminar todos os homens com a claridade de Cristo, luz dos povos, que brilha na Igreja,...
Read More
Sejamos instrumentos nas mãos de Deus (Homilia do 3º Domingo do Ano A)

Sejamos instrumentos nas mãos de Deus (Homilia do 3º Domingo do Ano A)

No 3º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre o Projeto de Salvação e de Vida plena que Deus...
Read More
FORTALEÇAMOS O PILAR DA PALAVRA DE DEUS

FORTALEÇAMOS O PILAR DA PALAVRA DE DEUS

As novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil (2019-2023), Documento nº. 107 da Conferência Nacional do Brasil  (CNBB), nos apresentam...
Read More
Apresentar e testemunhar Jesus, a luz das Nações ( Homilia para o 2º Domingo do Tempo Comum-ano A)

Apresentar e testemunhar Jesus, a luz das Nações ( Homilia para o 2º Domingo do Tempo Comum-ano A)

Apresentar e testemunhar Jesus, a Luz das Nações “Melhor é calar-se e ser do que falar e não ser. Coisa...
Read More
Ser batizado é ouvir a voz do Filho Amado

Ser batizado é ouvir a voz do Filho Amado

  O Batismo do Senhor é apresentado de diferentes modos: os Evangelhos de São Marcos e São Lucas apenas fazem...
Read More
A Evangelização nos desafia: É tempo de sermos epifânicos!

A Evangelização nos desafia: É tempo de sermos epifânicos!

  A Evangelização nos desafia: É tempo de sermos epifânicos! Há de brilhar e brilhou… Uma estrela há dois milênios,...
Read More
Epifania: Jesus é o Salvador de todos os povos ( Homilia da Epifania do Senhor)

Epifania: Jesus é o Salvador de todos os povos ( Homilia da Epifania do Senhor)

Epifania: Jesus é o Salvador de todos os povos Celebraremos com toda a Igreja, a Solenidade da Epifania do Senhor,...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: