Mariologia – Aula de Teologia – Com Pe Valter

A seguir, um resumo feito por  uma aluna do Curso de Teologia:

Qual a importância de Maria?

Maria foi escolhida entre todas pela sua simplicidade.

Em Lucas1,26-38. O anúncio.

Ave cheia de graça, não tenha medo, você encontrou graça diante de Deus.

É Deus que lhe chama, é Deus que lhe escolhe.

E Maria responde: Eis aqui a serva do Senhor,faça-se em mim segundo a vossa vontade.

A grandeza de Maria está na sua simplicidade. Ela se coloca como escrava, como alguém insignificante na missão que lhe foi concedida.

Sejamos simples como Maria. A simplicidade dela, a levou a ser a mãe do Salvador.

Toda humanidade a partir de Maria é convidada a gerar.

Como nós estamos gerando?

Como nós estamos preparando para apresentar Jesus ao mundo?

O Jesus que o anjo Gabriel anunciou também se fez servo. É este Jesus que Maria apresentou ao mundo.  Por isso Ele parou numa cruz.

Não conseguimos entender a simplicidade, porque sempre queremos ser melhor do que o outro.

Como alguém que se diz de fé, diz que acredita em Jesus Cristo e não acredita em Maria?

Em Lucas 1,39-56: Maria sai apressadamente…Maria é prestativa, serva.

De nada adianta ver Maria solícita, prestativa, cheia de graça, se não a  vemos  como modelo para nós.

De nada adianta ter Maria como devoção, se não seguirmos seu exemplo,  e se não a temos como modelo.Este é um desafio para os novos tempos.

Juntos com Maria adquirimos  inspirações para caminhar. Se eu não tiver Maria como modelo em minha vida, nada adianta o meu caminhar. Temos que nos silenciar, meditar e escutar  o que Deus quer de mim, como Maria fez.

 Em João 2,1-12 – Sensibilidade, precisamos ter.Maria é presença na vida da humanidade.Jesus foi convidado e na sua presença ela se torna sensível . Maria se torna presente em algo marcante, se preocupa com a falta de vinho.

Maria intercede pelo povo. Pela  sua intercessão, ela  leva Jesus a fazer o primeiro milagre em prol da humanidade.

Maria apresenta Jesus à humanidade e para que sintamos o gosto, para degustarmos  Jesus, mesmo sabendo que sua hora não tinha chegado. O vinho significa a alegria, o povo é triste sem Jesus.

As pessoas podem ter tudo,  mas se não conhecem Jesus, elas são tristes. Só Jesus é  alegria.

Deus usa Maria para a aliança que se torna eterna. Ele se manifesta aos pequenos, para que eles os  levem aos grandes.

A manifestação de Deus a partir de Maria é concreto, sensível, mais real.

Jesus sempre será o foco, mas precisamos de modelos como Maria e os santos para nos levar até Jesus.

Dogmas da virgem Maria – verdades de Fé.

Maternidade: apresenta a verdade que Maria gerou e deu a luz a Jesus.

Virgindade : não é algo só físico, mas divino, por ela  ter sido eleita, escolhida. 

Imaculada Conceição: valorização daquela que foi recebida pura. Devemos ser puros como Maria.

Assunção: Maria é elevada, é agraciada. Deus a eleva de corpo e alma, pois foi a escolhida. Papa Pio XII.

Nossa Senhora e Maria são uma só. Os títulos foram surgindo de acordo com a situação e o local.

  Jussara Ventura

A Palavra do Pastor
A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

A comunidade do Ressuscitado – Homilia – 2º Domingo da Páscoa Ano B

Com a Liturgia do 2º Domingo da Páscoa (ano B), também chamado de “Domingo da Misericórdia”, à luz da Palavra...
Read More
O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Cristo Ressuscitado caminha conosco! Aleluia!

O Ano Litúrgico (ano B), começa com a quarta-feira de cinzas, e com ela o início do itinerário quaresmal, e...
Read More
Domingo de Ramos:  Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

Domingo de Ramos: Jesus elevado na Cruz para nos elevar – Homilia – Dom Otacilio F. de Lacerda

"Meu  Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"  (Mc 15,34) No Domingo de Ramos (ano B), refletimos sobre o Amor de...
Read More
“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

“Deus merece que sejamos melhores” – Homilia – Quarto Domingo do Tempo Quaresmal – Dom Otacilio – Ferreira de Lacerda

A Liturgia do 4º Domingo da Quaresma (Ano B) é conhecida como Domingo “Laetare”, ou seja, Domingo da alegria, devido...
Read More
A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

A cidade, seus clamores e a missão Presbiteral – Dom Otacilio F. de Lacerda

As grandes cidades enfrentam os inúmeros problemas de nosso tempo, principalmente porque vivemos em mudança de época, muito mais do...
Read More
Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Uma religião agradável ao Senhor – Homilia – Terceiro Domingo do Tempo Comum – Ano B

Com o 3º Domingo da Quaresma (ano B), damos mais um passo no Itinerário rumo à Páscoa do Senhor. Podemos...
Read More
A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

A Glória é precedida pela Cruz – Homilia – Segundo Domingo do Tempo Quaresmal – Ano B

O segundo Domingo da Quaresma (ano B), identificado como “O Domingo da Transfiguração do Senhor”, é um convite a escutarmos...
Read More
Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

Evangelização e acolhida do sopro do Espírito

“Ai de mim se seu não evangelizar” (1 Cor 9,16). A Evangelização na cidade tem inúmeros e grandes desafios, de modo...
Read More
“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

“Não nos deixeis cair em tentação” – Homilia do Primeiro Domingo da Quaresma- Ano B

No 1º Domingo da Quaresma (Ano C), repensamos nossas opções de vida, tomando consciência das tentações que nos impedem de...
Read More
Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

Libertos pelo Senhor para amar e servir – VI Domingo do Tempo Comum Ano B – Homilia

“Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse:  “Eu quero: fica curado!”. No mesmo instante  a lepra...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: