Mariologia – Aula de Teologia – Com Pe Valter

A seguir, um resumo feito por  uma aluna do Curso de Teologia:

Qual a importância de Maria?

Maria foi escolhida entre todas pela sua simplicidade.

Em Lucas1,26-38. O anúncio.

Ave cheia de graça, não tenha medo, você encontrou graça diante de Deus.

É Deus que lhe chama, é Deus que lhe escolhe.

E Maria responde: Eis aqui a serva do Senhor,faça-se em mim segundo a vossa vontade.

A grandeza de Maria está na sua simplicidade. Ela se coloca como escrava, como alguém insignificante na missão que lhe foi concedida.

Sejamos simples como Maria. A simplicidade dela, a levou a ser a mãe do Salvador.

Toda humanidade a partir de Maria é convidada a gerar.

Como nós estamos gerando?

Como nós estamos preparando para apresentar Jesus ao mundo?

O Jesus que o anjo Gabriel anunciou também se fez servo. É este Jesus que Maria apresentou ao mundo.  Por isso Ele parou numa cruz.

Não conseguimos entender a simplicidade, porque sempre queremos ser melhor do que o outro.

Como alguém que se diz de fé, diz que acredita em Jesus Cristo e não acredita em Maria?

Em Lucas 1,39-56: Maria sai apressadamente…Maria é prestativa, serva.

De nada adianta ver Maria solícita, prestativa, cheia de graça, se não a  vemos  como modelo para nós.

De nada adianta ter Maria como devoção, se não seguirmos seu exemplo,  e se não a temos como modelo.Este é um desafio para os novos tempos.

Juntos com Maria adquirimos  inspirações para caminhar. Se eu não tiver Maria como modelo em minha vida, nada adianta o meu caminhar. Temos que nos silenciar, meditar e escutar  o que Deus quer de mim, como Maria fez.

 Em João 2,1-12 – Sensibilidade, precisamos ter.Maria é presença na vida da humanidade.Jesus foi convidado e na sua presença ela se torna sensível . Maria se torna presente em algo marcante, se preocupa com a falta de vinho.

Maria intercede pelo povo. Pela  sua intercessão, ela  leva Jesus a fazer o primeiro milagre em prol da humanidade.

Maria apresenta Jesus à humanidade e para que sintamos o gosto, para degustarmos  Jesus, mesmo sabendo que sua hora não tinha chegado. O vinho significa a alegria, o povo é triste sem Jesus.

As pessoas podem ter tudo,  mas se não conhecem Jesus, elas são tristes. Só Jesus é  alegria.

Deus usa Maria para a aliança que se torna eterna. Ele se manifesta aos pequenos, para que eles os  levem aos grandes.

A manifestação de Deus a partir de Maria é concreto, sensível, mais real.

Jesus sempre será o foco, mas precisamos de modelos como Maria e os santos para nos levar até Jesus.

Dogmas da virgem Maria – verdades de Fé.

Maternidade: apresenta a verdade que Maria gerou e deu a luz a Jesus.

Virgindade : não é algo só físico, mas divino, por ela  ter sido eleita, escolhida. 

Imaculada Conceição: valorização daquela que foi recebida pura. Devemos ser puros como Maria.

Assunção: Maria é elevada, é agraciada. Deus a eleva de corpo e alma, pois foi a escolhida. Papa Pio XII.

Nossa Senhora e Maria são uma só. Os títulos foram surgindo de acordo com a situação e o local.

  Jussara Ventura

A Palavra do Pastor
Mais que comemorar, celebrar

Mais que comemorar, celebrar

Quase diariamente temos a graça de celebrar o aniversário de pessoas queridas. E, nem sempre temos a palavra certa para...
Read More
Vigilância ativa e perseverança na fé Homilia – (Homilia 33ºDTCC)

Vigilância ativa e perseverança na fé Homilia – (Homilia 33ºDTCC)

Vigilância ativa e perseverança na fé  “É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida!” (Lc 21,19) Na proximidade do final...
Read More
” Sofremos o amor perdido”

” Sofremos o amor perdido”

Disse o Senhor na passagem do Evangelho (Lc 21,5-19) proclamada no 33º Domingo do Tempo Comum (ano C): “Sereis entregues...
Read More
Cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna – Homilia do 32° Domingo Comum

Cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna – Homilia do 32° Domingo Comum

Cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna Com a Liturgia do 32º Domingo do Tempo Comum (ano C),...
Read More
A DOR DA SAUDADE

A DOR DA SAUDADE

Há dores que podem ser aliviadas ou até mesmo evitadas; Desnecessário nominá-las, pois bem as conhecemos. Há, porém, dores que...
Read More
Catequese permanente, frutos abundantes

Catequese permanente, frutos abundantes

O tema da iniciação à vida cristã e a necessária catequese permanente, que nos possibilita um crescimento constante mais do...
Read More
” Senhor, fazei de nós instrumentos da Vossa paz…”

” Senhor, fazei de nós instrumentos da Vossa paz…”

“Senhor, fazei de nós instrumentos da Vossa paz...” Retomemos a oração conclusiva da Mensagem do Papa Francisco,  para o 52º...
Read More
Ela veio trazendo vida

Ela veio trazendo vida

  Com o Cântico de Daniel, louvemos o Senhor: “Águas do alto céu, bendizei o Senhor! Potências do Senhor, bendizei...
Read More
Quanto mais próximos do Altar, maior será a exigência de Deus para conosco! (Homilia – 30° Domingo do Tempo Comum)

Quanto mais próximos do Altar, maior será a exigência de Deus para conosco! (Homilia – 30° Domingo do Tempo Comum)

Quanto mais próximos do Altar, maior será a exigência de Deus para conosco! Com a Liturgia do 30º Domingo do Tempo...
Read More
A oração não dispensa compromissos

A oração não dispensa compromissos

As mãos que elevamos aos céus são as mesmas que na terra estendemos ao outro... A Liturgia do 29º Domingo...
Read More
Curta Nossa Fanpage:

Empresas que possibilitam este projeto: