Fazenda Mirandinha

Dom Jeremias foi o pregador do primeiro retiro da Pastoral da Comunicação.

Foi em um lugar maravilhoso, de “natureza exuberante”, como disse várias vezes dom Jeremias Antônio de Jesus, o bispo de Guanhães, que alguns comunicadores realizaram hoje, 13/3, o primeiro retiro da Pastoral da Comunicação (Pascom). A beleza do lugar juntou-se à beleza do encontro. Orientados pela pregação do bispo, os participantes – destacamos a participação do padre Bruno Costa, padre Adão Soares e padre Saint-Clair Ferreira – refletiram sobre a evangelização na era digital, sobre a espiritualidade do comunicador e ainda a respeito da mensagem do papa Francisco para o 50º Dia Mundial das Comunicações, a ser celebrado aos 8 de maio, por ocasião da festa da ascensão do Senhor. 

Dom Jeremias, com clareza sobre o tema, conduziu-nos à meditação e oração durante todo o dia. A fazenda, pertencente à família do senhor Edésio Oscar Ferreira, encanta pela beleza (Obrigado, Edésio e Alessandra, pela recepção. Vocês nos abençoaram neste dia!). Lugar apropriado para rezar, pensar sobre a missão como cristão católico, discípulo e missionário de Jesus Cristo. Como faltam momentos como este no dia a dia da nossa vida! Quase sem tempo para o silêncio, a calma, a busca pela paz interior, o retiro surge como uma possibilidade de rever o discipulado, voltar o coração para Deus, sentir o desenrolar da história, manter acesa a luz da esperança.

A relação uns com os outros liberta, a relação com Deus salva. Liberdade e salvação são dons do nosso Pai. Nesse sentido, os comunicadores da Igreja possuem uma missão especial. Dos ministros ordenados – bispo, padres, diáconos – todos temos o compromisso de evangelizar, de comunicar a liberdade e a salvação de Deus Pai, realizada por Jesus Cristo, o Filho.  Quando nos apropriamos da Palavra, por meio da liturgia eucarística, da Missa, fortalecendo nossa comunhão e participação na vida cristã, tornamo-nos também proclamadores dessa Boa-Nova. O nosso bispo provocou-nos bastante durante o retiro. De tudo o que ouvimos dele, fica a pergunta: como temos assumido, no âmbito paroquial, no trabalho, em casa, a missão da Igreja de evangelizar? A missão é da Igreja! A missão é do batizado! A missão é do discípulo-missionário! E missão é comunicação!

 

No Facebook da Soninha (Sônia Mendanha), você vê mais fotos da fazenda Mirandinha.
Enquanto isso aguardamos novas publicações nas redes sociais.

Luís Carlos Pinto

Curta Nossa Fanpage:
Faça sua inscrição:

Empresas que possibilitam este projeto: