Aberta no domingo, 13 de dezembro a Porta Santa do Ano Jubilar

Em razão da proclamação do Ano Jubilar Extraordinário da Misericórdia, por Sua Santidade o Papa Francisco com a Bula Misericordiae Vultus, Dom Jeremias  quis que nós da Diocese de Guanhães vivenciássemos o “Ano Jubilar como experiência de um encontro pessoal e eclesial com Jesus Cristo, levando-nos à conversão, a fim de que sejamos sinais do Reino e expressão desta misericórdia”.

No dia 08 de dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição da Bem Aventurada Virgem, o Santo Padre, o Papa abriu a Porta Santa na Basílica de São Pedro, em Roma, dando início ao Ano da Misericórdia. “No domingo seguinte, o Terceiro Domingo do Advento, abrir-se-á a Porta Santa na Catedral de Roma, a Basílica de São João de Latrão. E em seguida será aberta a Porta Santa nas outras Basílicas Papais. Estabeleço que no mesmo domingo, em cada Igreja Particular – na Catedral, a Igreja Mãe para todos os fiéis […] se abra igualmente, durante todo o Ano Santo, uma Porta da Misericórdia. Por opção do Ordinário, ela poderá ser aberta também nos Santuários, meta de muitos peregrinos…” (MV 3)

Em comunhão com o Santo Padre o Papa, foi aberta no domingo, 13 de dezembro  a Porta Santa do Ano Jubilar, às 09 horas, na Igreja  Matriz e na Igreja Catedral de Guanhães.

Trechos da Homilia de Dom Jeremias:

Domingo da Alegria ou Domingo Róseo, para expressar nossa alegria.

Alegrai-vos sempre no Senhor! Alegrai-vos! Mesmo tendo motivos para estarmos tristes, chateados; como nos escreve São Paulo aos Filipenses: Alegrai-vos! Hoje, o mesmo, pede a nós, apesar de nossas perdas, dos desempregos, corrupção etc.Alegrai-vos!

Alegria! Porque se nos presenteia com a sua misericórdia. Somos chamados a alegrar-nos  pois a fé é a razão da nossa alegria. Não uma alegria histérica, mas alegria da certeza que Deus vem para nos salvar.  João Batista vem com a missão, após seu batismo, muitos vieram a ele perguntando: E agora? O que devemos fazer? Catequese moral: quem tem duas túnicas, reparta-as. Aos cobradores, não cobre além da medida, cobre o que é justo. E hoje, tem gente cobrando demais e o dinheiro sendo extraviado. Aos soldados, sejam pacíficos! Não sejam violentos, não roubem, não sejam corruptos!

Estamos próximos do Natal e como Maria e como João Batista somos chamados à alegria de contemplarmos o rosto de  Jesus : Ele cura, perdoa, ama, é misericordioso; tudo que faz é para mostrar o rosto do Pai, como Ele é!

Somos chamados a fazer o que Jesus fez: Sermos misericordiosos como o pai, irmos ao encontro de quem necessita. Somos chamados hoje a fazer a mesma pergunta: Senhor, o que devo fazer? Eu quero me converter. Precisamos buscar um “auto desarmamento” e “despirmo-nos” de tudo que nos impede de sermos verdadeiros cristãos, seguidores de Jesus Cristo.

Esperamos  que o Ano Misericórdia dê frutos.

Precisamos aprender  conviver com as pessoas difíceis. Eu sou difícil para a vida do outro? Sou pesado para alguém?

Precisamos ser aquele que ajuda a santificar o outro e não ser peso para a vida dele.

O que preciso fazer para passar pela porta da misericórdia? Tenho que ter consciência dos meus pecados, arrepender-me, confessar, praticar obras de misericórdia, sejam elas, espirituais, ou corporais e rezar pelo papa Francisco. A indulgência é para apagar as consequências que os erros graves deixam em nossa vida.

Desejo a todos, um santo ano da Misericórdia a toda a Diocese.

Texto: Edelveis Alvarenga e fotos de Simone Mendanha e Eliana Alvarenga

Mais fotos: http://catecom.blogspot.com.br/2015/12/abertura-da-porta-santa-do-ano-jubilar.html

A Palavra do Pastor
Sejamos instrumentos nas mãos de Deus (Homilia do 3º Domingo do Ano A)

Sejamos instrumentos nas mãos de Deus (Homilia do 3º Domingo do Ano A)

No 3º Domingo do Tempo Comum (Ano A), refletimos sobre o Projeto de Salvação e de Vida plena que Deus...
Read More
FORTALEÇAMOS O PILAR DA PALAVRA DE DEUS

FORTALEÇAMOS O PILAR DA PALAVRA DE DEUS

As novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil (2019-2023), Documento nº. 107 da Conferência Nacional do Brasil  (CNBB), nos apresentam...
Read More
Apresentar e testemunhar Jesus, a luz das Nações ( Homilia para o 2º Domingo do Tempo Comum-ano A)

Apresentar e testemunhar Jesus, a luz das Nações ( Homilia para o 2º Domingo do Tempo Comum-ano A)

Apresentar e testemunhar Jesus, a Luz das Nações “Melhor é calar-se e ser do que falar e não ser. Coisa...
Read More
Ser batizado é ouvir a voz do Filho Amado

Ser batizado é ouvir a voz do Filho Amado

  O Batismo do Senhor é apresentado de diferentes modos: os Evangelhos de São Marcos e São Lucas apenas fazem...
Read More
A Evangelização nos desafia: É tempo de sermos epifânicos!

A Evangelização nos desafia: É tempo de sermos epifânicos!

  A Evangelização nos desafia: É tempo de sermos epifânicos! Há de brilhar e brilhou… Uma estrela há dois milênios,...
Read More
Epifania: Jesus é o Salvador de todos os povos ( Homilia da Epifania do Senhor)

Epifania: Jesus é o Salvador de todos os povos ( Homilia da Epifania do Senhor)

Epifania: Jesus é o Salvador de todos os povos Celebraremos com toda a Igreja, a Solenidade da Epifania do Senhor,...
Read More

Deus seja louvado! Olhando para o ano que está terminando, faltando apenas dois dias, vi que: Amo o que faço! Creio...
Read More
Sagrada Família, modelo de fidelidade e coragem

Sagrada Família, modelo de fidelidade e coragem

Sagrada Família, modelo de fidelidade e coragem Celebrar a Festa da Sagrada Família (ano A), é para todos nós, uma...
Read More
Ah, se nossas famílias escutassem o Anjo do Senhor…

Ah, se nossas famílias escutassem o Anjo do Senhor…

Ah, se nossas famílias escutassem o Anjo do Senhor... Na Liturgia da Palavra na Festa da Sagrada Família (ano A),...
Read More
O silêncio dos inocentes

O silêncio dos inocentes

O silêncio dos inocentes... “Levante-se, pegue a Criança e a Sua mãe e fuja para o Egito. Fiquem lá até...
Read More

Empresas que possibilitam este projeto: