Coluna – MG

Paróquia Santo Antônio

Pe.  Eduardo Dornelas da Cruz
 Comunidades: Ponte do Canal (Suaçuí) – “Está no município de Coluna mas atualmente é atendida pela paróquia de São José – Paulistas/ MG” , Barro Branco, Piaus, Juquiza,Nossa Senhora da Salete, Bom Jesus do Japão, Santa Maria da Matinada, Jurema, Frutuoso, Borges, São Pedro (Baiano), Grota dos Cardosos, Bonfim, Córrego Vermelho, São Pedro do Itimirim, Matinada de Cima e Jácome. Frei Lagonegro – São Joaquim, Santo Antônio, Jambeiro, Flores, Folhas, Grota D’antas, Chapéu de Couro, Varjão, Barra do Frei, Jacurizinho
Meio de Comunicação: Rádio Comunitária Coluna FM
Pastorais e Movimentos Eclesiais
Pastoral da criança, Pastoral Familiar, Pastoral Litúrgica, Pastoral Catequética, Pastoral do Dízimo, Pastoral do Batismo, Apostolado da Oração, Vicentinos, Legião de Maria.

História da Paróquia Santo Antônio da Coluna

Impossível falar da Paróquia de Coluna sem, antes, falar da de São José do Jacuri da qual fez parte até 1942. Antigos relados dizem que a primeira capela em Jacuri teria sido erguida em 1852. Não se sabe ao certo se houve alguma organização administrativa dessa data até 1855; o que sabemos é que a Diocese de Diamantina foi criada em 1854 pela “Gravissimum Solicitudinis” de Pio IX; e mais: os livros mais antigos da paróquia de Jacuri que datavam dantes de 1855 até 1916 simplesmente desapareceram após serem passados a limpo recentemente (de 2000 para cá). As cópias não obedecem a uma ordem cronológica, por outro lado é tão caótica que dificulta, sobremaneira, o exercício do pesquisador.

Os cuidados espirituais nas comunidades da Matinada sucederam em fazendas onde os donos conservavam e cultivavam ERMÍDIAS OU ORATÓRIOS de modo que os sacramentos (raramente realizados) constavam nos livros como feitos em oratório particular. Raramente realizados, porque antes do Concílio Vaticano I, a maior parte dos sacramentos era, rigorosamente, administrada na matriz. Os sacerdotes mais conservadores continuaram essa prática até o Concílio Vaticano II.

Em 1942 foi criada a Paróquia Santo Antônio da Coluna e seu primeiro pároco foi o Reverendíssimo Padre Otávio Domingos da Silva.

 

Os padres que assistiram a comunidade Ribeirão da Matinada (hoje Coluna) foram nessa ordem:

1º – Frei Bernardino de Lagonegro

Paroquiou de 05 de fevereiro de 1885 (ou antes disso) até 1863. Naquele tempo, a Diocese de Diamantina, recém criada (1854 pela “Gravissimum Solicitudinis” de Pio IX ficou com um bispo nomeado, Padre Marcos Cardoso de Paiva que se exonerou em 1860 ficando a Sé vacante até 1864 quando tomou posse o recém sagrado Dom João Antônio dos Santos.

 

Os outros padres que assistiram São José do Jacuri e Coluna foram:

2º – Padre Heráclio C. Torres Mangueira (de 31-08-1864 a 09-05-1965)

3º – Padre Antônio Alves dos Reis (de 01/1864 a 12-03-1866)

4º – Padre José Pinto Ferreira e Souza (de 29-04-1866 a 11-10-18890)

5º – Padre Cândido Antônio Vieira (de 21-04-1885 a 11-10-1890)

6º – Padre Virgílio Rodrigues Valle (de 06/1892 a 04/1894)

7º – Padre José Amador dos Santos (depois Cônego de 12-10-1890 a 08/1907)

8º – Padre Levy Pires de Oliveira (de 11/1907 a 04/1911)

9º – Padre Carlos Amador dos Santos (05-01-1908)

10º – Padre Agostinho Arguelles (de 1909 a 1913)

11º – Padre Leopoldo da Silveira Seabra (de 1911 a 06/1915)

12º – Padre Joaquim Mendes Cardoso (de 1916 a 1921)

13º – Padre Lothário César Alves Pereira (de 1922 a 1924)

14º – Padre Luiz Humberto Becattini (de 22-09-1925 a 1928)

– Padre Leopoldo da Silveira Seabra (de 1931 a 1935) repetidamente.

15º – Padre Davino Morais (depois Cônego de 05-08-1935 – somente em Coluna)

16º – Padre Lauro Vilela (1935 – em Coluna)

17º – Padre José Ignácio de Melo (depois Cônego 1935 – somente em Coluna)

18º – Padre Joaquim Higínio (1935 – somente em Coluna)

19º – Padre Francisco de Paula Câmara (1935 – somente em Coluna)

20º – Padre Otávio Domingos da Silva (de 1936 a 1941)

21º – Padre José Wilson Sampaio (de 1946 a 1948)

22º – Padre Raul Melo (de 1948 a 1952)

23º – Padre João da Silva Chaves (de 1953 a 1958)

24º – Padre Afonso de Araújo Silva (de 1958 a 15-02-1959)

25º – Padre Sady Pereira da Silva (de 15-02-1959 a 13-09-2007)

26º – Padre Osvanil do Nascimento (de 2001 a 2003)

27º – Padre Dilton Maria Pinto (de 2004 a 2008)

28º – Padre Mário Gomes da Silva (de 2006 a 2009)

29º – Padre José de Brito Filho (de 2008 a 2012).

Cooperadores sem provisão, mas que também colaboraram com a Paróquia Santo Antônio da Coluna: Monsenhor Pinheiro, Padre Marciano Siqueira, Monsenhor Otacílio Queiroz, Monsenhor Elair Sales Diniz, Padre Raimundo Antônio de Lisboa, Padre Geraldo Gabiroba, Cônego José de Ávila Garcia, Monsenhor Geraldo do Nascimento Lúcio, Padre Luis Barroso, Diácono João de Sena Rocha e outros.

Há, guardadas, histórias impressionantes de alguns desses sacerdotes contadas pelos antigos moradores e antigos colegas como Padre Celso de Carvalho.

 

Padres filhos de Coluna

1º Padre João da Silva Chaves – ordenado em 1933

2º Frei Lucas Maria de Coluna

3º Padre Afonso de Araújo Silva

4º Padre Antônio…

5º Padre José Aristeu Vieira

6º Frei Afonso Maria da Paixão

7º Padre Saint-Clair Ferreira Filho

8º Padre José Dias da Silva

 

Contato

Endereço:
Praça Herculano Torres, 41 – Coluna, MG
CEP 39770-000
Telefone:
(33) 3435-1790

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Empresas que possibilitam este projeto:


Facebook: