Notícias

A paróquia Nossa Senhora Aparecida – Pito/Guanhães retoma a construção da Casa Paroquial

Depois de um período, com as obras paralisadas, os fiéis da paróquia Nossa Senhora Aparecida- Pito/ Guanhães estão acompanhando a retomada da construção da Casa Paroquial.

A edificação foi interrompida, mas agora o novo administrador paroquial Pe Adão, juntamente com o Conselho resolveram dar continuidade aos trabalhos que foram reiniciados na segunda semana do corrente mês.

Pe Adão está esperançoso e confiante da inauguração no final deste ano. Para tal, ele contará com recursos por meio de eventos, rifas, bingos e doações.

Sabe-se da limitação financeira que a todos atinge, mas por outro lado, a necessidade atual de ministrar sacramentos e proporcionar uma boa formação religiosa e moral  motiva entusiasticamente a buscar todos os meios possíveis para a conclusão desta obra ,  por amor à Nosso Senhor e pela devoção à Nossa Senhora Aparecida. Quem puder colaborar, toda ajuda será bem-vinda, pois a comunidade é simples, humilde e conta com poucos recursos. O término da construção evitará o gasto com o aluguel da moradia do padre, os encontros de formação e espiritualidade da pastoral Catequética, de outras pastorais e Movimentos  poderão acontecer em local adequado e com mais conforto e um escritório paroquial amplo e de fácil acesso a todos.

Que Deus e Nossa Senhora da Conceição Aparecida continuem abençoando a todos!

Eliana Maria de Alvarenga Guimarães

 

Chegada do estandarte do Ano do Laicato à paróquia de Peçanha

No domingo, 14 de janeiro alguns casais da paróquia de São João Evangelista conduziram o estandarte criado para o  Ano do Laicato, aos fiéis da paróquia de Peçanha, na comunidade de Cantagalo. Esse estandarte criado por membros do CNLB, foi entregue por Vera Pimenta, representando os leigos da diocese de Guanhães, ao Dom Jeremias, em novembro de 2017 em Belo Horizonte, ao final da Assembleia dos bispos do Regional Leste II, quando aconteceu a Abertura oficial nesse Regional .

O ícone com a pintura da Sagrada Família percorrerá a Diocese. Saindo da Paróquia Nossa Senhora Aparecida- Pito, seguiu para a Paróquia de São João Evangelista e no domingo, foi conduzido à paróquia de Peçanha, sendo entregue à comunidade paroquial de Cantagalo; depois seguirá para a Comunidade matriz e permanecerá por alguns dias até a data de ser enviada à próxima paróquia.

O tema escolhido para animar a mística do Ano do Laicato foi: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo”, Mt 5,13-14. Segundo o bispo de Caçador (SC), dom Severino Clasen, presidente da Comissão Episcopal Especial para o Ano do Laicato, pretende-se trabalhar a mística do apaixonamento e seguimento a Jesus Cristo. “Isto leva o cristão leigo a tornar-se, de fato, um missionário na família e no trabalho, onde estiver vivendo”, disse o bispo.

O Ano do Laicato tem como objetivo geral: “Como Igreja, Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade”.

 

 

 

Empresas que possibilitam este projeto:


Facebook: