Notícias

Formação de catequista da Área Dois – Estudo do Documento 107 em Paulista/Mg

No sábado, 16 de agosto aconteceu a formação na Área dois: Paulista- Baguari, Peçanha- Cantagalo e São João Evangelista. O encontro aconteceu em Paulista. Os coordenadores e catequistas presentes, Pe Ivani e três membros da Comissão Diocesana de catequese refletiram sobre os dois primeiros capítulos do Documento 107.

O capítulo 1 – Um ícone bíblico: Jesus e a Samaritana. Este capítulo apresenta o encontro de Jesus  com a Samaritana. Convida o leitor a contemplar este encontro transformador, que ilumina as reflexões sobre a Iniciação à vida  (IVC).

O primeiro passo: o encontro “Dá-me de beber”;

Segundo passo: o diálogo ” Se conhecesses o Dom de Deus”.

O terceiro passo: Conhecer Jesus ” Quem beber da âgua  que eu lhe darei nunca mais terá sede,”

Quarto passo: a revelação – “Sou eu, que falo contigo”

Quinto passo: o anúncio – ” Nós mesmos ouvimos e sabemos….é o Salvador do Mundo”.

O capítulo 2 – descreve o processo de IVC ao longo da história, apresenta o caminho que já conseguimos fazer através da publicação de vários documentos importantes sobre a temática. Insiste na urgência de um novo processo de IVC, diante do momento de crise que vivemos neste mundo em mudança. Destaca, com um olhar pastoral, aspectos da realidade que desafiam o anúncio do evangelho.
No final, propõe um caminho a ser percorrido neste tempo de conversão pastoral que nos pede gestação permanente, sem nos apegarmos a um único modelo. Apresenta a inspiração catecumenal como uma dinâmica,uma pedagogia, um itinerário mistagógico para a transmissão da fé.

Rezemos com os paroquianos da Paróquia São Miguel a Novena do Padroeiro da Diocese de Guanhães

A Novena e  festa em honra ao santo padroeiro da Paróquia São Miguel e da Diocese de Guanhães terá início no dia 22 de setembro, na catedral. Os textos para as reflexões  dos nove dias, foram escritos por Pe Hermes Firmiano Pedro, bem como as preces e as citações de versículos bíblicos,  também sabiamente elaboradas por ele. Ele inspirou-se no Documento 107 da CNBB – Itinerário para formar discípulos missionários. Uma verdadeira catequese para os membros da Pastoral catequética, para  as lideranças de todas as pastorais e para  as famílias.

A seguir, publicamos a Novena de São Miguel 2017, na íntegra. Assim, ela poderá ser rezada, refletida e celebrada pelos diocesanos, homenageando o santo padroeiro da Diocese e também preparando-nos para colocarmos em prática o que a nossa Igreja vem pedindo a nós, batizados ou não, membros do povo de Deus na Diocese de Guanhães.

                                         NOVENA DE SÃO MIGUEL

 1º DIA

SÃO MIGUEL NOS LEVA AO ENCONTRO DE DEUS. 

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a testemunhar o Projeto de Deus para a humanidade; ensinando-nos, homens e mulheres, a viver a radicalidade dos valores do Reino de Deus.

T: Que a nossa comunidade seja a casa dos iniciados na fé. Comunidade evangelizada, para tornar-se comunidade evangelizadora. Que possamos investir na formação das famílias, adultos, adolescentes, jovens, crianças e demais lideranças de nossas comunidades.

D: Senhor, dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, e coragem para caminharmos rumo a uma verdadeira conversão pastoral.

T: São Miguel, alcançai-nos  um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos, o dom da beleza que não se apaga. Maria, Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém!

02-Reflexão  após a comunhão

L1: “Tarde te amei, Beleza tão antiga e tão nova, tarde te amei! Tu estavas dentro de mim e eu te buscava fora de mim.(…) Brilhaste e resplandeceste diante de mim, e expulsaste dos meus olhos a cegueira. Exaltaste o teu Espírito e aspirei o teu perfume, e desejei-te. Saboreei-te, e agora tenho fome e sede de ti. Tocaste-me, e abrasei-me na tua paz”. (Santo Agostinho)

As: Quem como Deus? “Quando tu disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei”. (Sl 27)

L2: Muitos, sem saber, estão em busca dessa beleza. Agostinho e tantas outras pessoas descobriram tarde o encantamento pela proposta de Jesus. Isto poderá também, ter ajudado para um encontro mais profundo e uma entrega mais intensa, conhecendo em profundidade e uma consciência maior do vazio deixado por tantas outras buscas.

As. “Não escondas de mim a tua face, não rejeites ao teu servo com ira; tu foste a minha ajuda, não me deixes nem me desampares, ó Deus da minha salvação.” (Sl 27)

L1: A procura e a pergunta por Deus está em todos nós. Muitos são os que andam inquietos, descontentes  pelo mundo, com propostas que ainda não conquistaram a sua mente e o seu coração; há os que perderam de vista o transcendente, se deixaram levar pelo imediatismo, pelo materialismo e tantas outras seduções de uma sociedade que valoriza outras conquistas.

As: São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajude-nos a buscar e encontrar o rosto amoroso de Deus.

L2: A pessoa humana vive à procura de respostas sobre a vida, sobre o sentido de si mesmo. Mesmo quando anda por caminhos alienantes e perigosos, as perguntas continuam: Por que estou no mundo? Quem sou eu? Que sentido tem as escolhas que a vida exige de nós? Peçamos a São Miguel para descobrirmos “Quem como Deus” em nossa vida.

03- Ladainha de São Miguel

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.

São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.

São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.

São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.

São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.

São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.

São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.

São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.

São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe da Igreja de Cristo, para que

sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

04-Consagração da Família à São Miguel:

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, confiados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, em presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a corte celeste, vimos hoje nos consagrar a nossa família a vós. Queremos vos honrar e invocar fielmente. Recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então vela sobre os nossos interesses espirituais e temporais. Conservai entre nós a perfeita união do espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra o ataque inimigo, preservai-nos de todo mal. Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos, grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família. Amém!

05- Oração São Miguel

Glorioso São Miguel Arcanjo, poderoso vencedor das batalhas espirituais, vinde em auxílio das minhas necessidades espirituais e temporais. Afugentai de minha presença todo mal e todo ataque e ciladas do inimigo. Com sua poderosa espada de luz, derrotai todas as forças malignas e iluminai meus caminhos com a luz de tua proteção. Arcanjo Miguel, do mal: libertai-me; do inimigo: livrai-me; das tempestades: socorrei-me; dos perigos: protegei-me; das perseguições: salvai-me! Glorioso São Miguel Arcanjo, pelo poder celeste a vós conferido, sê para mim o guerreiro valente e conduzi-me nos caminhos da paz. Amém!

06- Hino São Miguel

1-Santo Arcanjo Venturoso lembra-te junto ao Senhor, deste povo que entre todos te escolheu por protetor.

Oh! São Miguel Glorioso Santo Arcanjo do Senhor, neste templo a ti sagrado imploramos o teu favor.

2-Lembra-te que já me destas provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação

2º DIA

SÃO MIGUEL NOS MOSTRA A FONTE DE ÁGUA VIVA.

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a testemunhar o Projeto de Deus para a humanidade, ensinando-nos a viver a radicalidade dos valores do Reino de Deus.

T: Que a nossa comunidade seja a casa dos iniciados na fé. Comunidade evangelizada para tornar-se comunidade evangelizadora. Que possamos investir na formação das famílias, adultos, adolescentes, jovens, crianças e demais lideranças de nossas comunidades.

D: Senhor, dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, a coragem para caminhar rumo a uma verdadeira conversão pastoral.

T: São Miguel, alcançai-nos agora um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Maria, Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém

L1: O processo catecumenal da iniciação cristã surgiu em um momento em que a Igreja não podia contar com o apoio de uma cultura cristã na sociedade. Ele traz as etapas indispensáveis para mergulhar (batismo quer dizer mergulho) no mistério de Cristo e fazer parte da comunidade eclesial. A celebração dos sacramentos não pode ser uma espécie de “festa de despedida”. O sacramento é consequência de uma fé assumida e, ao mesmo tempo, é o que realimenta a fé.

As: “Ó Deus, tu és o meu Deus, de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne vos deseja como uma terra seca e sem  água”. Sl 63 

L2:. A iniciação à vida cristã é um desafio que precisa ser encarado com decisão, com coragem e criatividade, visto que em muitas partes a iniciação cristã tem sido pobre e fragmentada. O documento de Aparecida já nos alerta: “ou educamos na fé, colocando as pessoas realmente em contato com Jesus Cristo e convidando-as para seu seguimento, ou não cumpriremos nossa missão evangelizadora” (DAp, 287).

As.” A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?” Sl 42  

L1: O encontro de Jesus com a Samaritana inspirou a reflexão do primeiro capítulo do documento da CNBB n. 107, sobre a Iniciação à vida cristã, que tem como exemplo inspirador o encontro de Jesus com a Samaritana. A samaritana foi a primeira pessoa a colher da boca de Jesus a declaração messiânica. “Para “tornar-se” algo novo é preciso passar por um processo de iniciação que envolve mais do que conhecer ideias. O Encontro de Jesus com a Samaritana é um belo exemplo  da maneira como Jesus se faz conhecer àqueles que o procuram.

As:“Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente. Lembrai-vos das maravilhas que fez, dos seus prodígios e dos juízos da sua boca.” Sl 105  

L2:. Lentamente a Samaritana vai descobrindo quem é Jesus. Como Jesus a beira do poço, também nós, devemos nos sentar ao lado dos homens e mulheres de hoje, para tornar presente o Senhor na sua vida, porque só o seu Espírito é água que dá a vida verdadeira.  

03- Ladainha de São Miguel

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.

São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.

São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.

São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.

São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.

São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.

São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.

São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.

São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe da Igreja de Cristo, para que

sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

04-Consagração da Família à São Miguel:

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, confiados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, em presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a corte celeste, vimos hoje nos consagrar a nossa família a vós. Queremos vos honrar e invocar fielmente. Recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então vela sobre os nossos interesses espirituais e temporais. Conservai entre nós a perfeita união do espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra o ataque inimigo, preservai-nos de todo mal. Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos, grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família. Amém!

05- Oração São Miguel

Glorioso São Miguel Arcanjo, poderoso vencedor das batalhas espirituais, vinde em auxílio das minhas necessidades espirituais e temporais. Afugentai de minha presença todo mal e todo ataque e ciladas do inimigo. Com sua poderosa espada de luz, derrotai todas as forças malignas e iluminai meus caminhos com a luz de tua proteção. Arcanjo Miguel, do mal: libertai-me; do inimigo: livrai-me; das tempestades: socorrei-me; dos perigos: protegei-me; das perseguições: salvai-me! Glorioso São Miguel Arcanjo, pelo poder celeste a vós conferido, sê para mim o guerreiro valente e conduzi-me nos caminhos da paz. Amém!

06- Hino São Miguel

1-Santo Arcanjo Venturoso lembra-te junto ao Senhor, deste povo que entre todos te escolheu por protetor.

Oh! São Miguel Glorioso Santo Arcanjo do Senhor, neste templo a ti sagrado imploramos o teu favor.

2-Lembra-te que já me destas provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação

3º DIA

SÃO MIGUEL COMPANHEIRO DA NOSSA INICIAÇÃO CRISTÃ

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a testemunhar o Projeto de Deus para a humanidade, ensinando-nos a viver a radicalidade dos valores do Reino de Deus.

T: Que a nossa comunidade seja a casa dos iniciados na fé. Comunidade evangelizada para tornar-se comunidade evangelizadora. Que possamos investir na formação das famílias, adultos, adolescentes, jovens, crianças e demais lideranças de nossas comunidades.

D: Senhor,dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, a coragem para caminhar rumo a uma verdadeira conversão pastoral.

T: São Miguel, alcançai-nos agora um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Maria, Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém

03-Reflexão  após a comunhão

L1: “Propomos que o processo catequético de formação adotado pela Igreja para a Iniciação Cristã seja assumido em todo o continente como a maneira ordinária e indispensável de introdução na vida cristã e como a catequese básica e fundamental. Depois virá a catequese permanente que continua o processo de amadurecimento da fé…” (DA, 294). A expressão “Iniciação à Vida Cristã” se refere tanto ao caminho catequético de cada fase preparatória aos sacramentos quanto à catequese permanente.

As:  “Faze-me saber os teus caminhos, Senhor; ensina-me as tuas veredas.” Sl 25.

L2: A inspiração catecumenal proposta pelo Magistério da Igreja é  uma pedagogia, uma mística, que nos convida a entrar sempre mais no mistério do amor a Deus . Esta entrada no amor divino é que marca a mística que se concretiza no encontro com Deus e com o próximo. Diz o Papa Francisco: “cada vez que nos encontramos com um ser humano no amor, ficamos capazes de descobrir algo de novo sobre Deus”.

As. “Guia-me na tua verdade, e ensina-me, pois, tu és o Deus da minha salvação; por ti estou esperando todo o dia.” Sl 25

L1: No espírito catecumenal, cada etapa do caminho catequético (Batismo, Crisma, Eucaristia) é visto como progressiva e não fechada uma à outra, mas aberta à seguinte em um crescimento dinâmico em busca da vivência cristã. Cada etapa deve ter o propósito de favorecer experiências que toquem as pessoas profundamente e as impulsionem à conversão.

As: “Todos os caminhos do Senhor são misericórdia e verdade para aqueles que guardam a sua aliança e os seus testemunhos.” Sl 25.

L2: A comunidade cristã tem um papel importante, ajudando os catecúmenos (catequizandos) pelo seu exemplo, a obedecerem com maior generosidade aos apelos do Espírito Santo. A presença do Espírito Santo junto aos catecúmenos, acontece pela presença testemunhal dos membros de todas as pastorais, acompanhando-os durante o processo e dando  amparo e motivação após a recepção dos sacramentos.  

03- Ladainha de São Miguel

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.

São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.

São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.

São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.

São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.

São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.

São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.

São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.

São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe da Igreja de Cristo, para que

sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

04-Consagração da Família à São Miguel:

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, confiados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, em presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a corte celeste, vimos hoje nos consagrar a nossa família a vós. Queremos vos honrar e invocar fielmente. Recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então vela sobre os nossos interesses espirituais e temporais. Conservai entre nós a perfeita união do espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra o ataque inimigo, preservai-nos de todo mal. Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos, grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família. Amém!

05- Oração São Miguel

Glorioso São Miguel Arcanjo, poderoso vencedor das batalhas espirituais, vinde em auxílio das minhas necessidades espirituais e temporais. Afugentai de minha presença todo mal e todo ataque e ciladas do inimigo. Com sua poderosa espada de luz, derrotai todas as forças malignas e iluminai meus caminhos com a luz de tua proteção. Arcanjo Miguel, do mal: libertai-me; do inimigo: livrai-me; das tempestades: socorrei-me; dos perigos: protegei-me; das perseguições: salvai-me! Glorioso São Miguel Arcanjo, pelo poder celeste a vós conferido, sê para mim o guerreiro valente e conduzi-me nos caminhos da paz. Amém!

06- Hino São Miguel

1-Santo Arcanjo Venturoso lembra-te junto ao Senhor, deste povo que entre todos te escolheu por protetor.

Oh! São Miguel Glorioso Santo Arcanjo do Senhor, neste templo a ti sagrado imploramos o teu favor.

2-Lembra-te que já me destas provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação 

4º DIA

SÃO MIGUEL INSPIRAÇÃO PARA NOSSA VIVÊNCIA CRISTÃ

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a testemunhar o Projeto de Deus para a humanidade, ensinando-nos a viver a radicalidade dos valores do Reino de Deus.

T: Que a nossa comunidade seja a casa dos iniciados na fé. Comunidade evangelizada para tornar-se comunidade evangelizadora. Que possamos investir na formação das famílias, adultos, adolescentes, jovens, crianças e demais lideranças de nossas comunidades.

D: Senhor, dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, a coragem para caminhar rumo a uma verdadeira conversão pastoral.

T: São Miguel, alcançai-nos agora um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Maria, Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém

03-Reflexão  após a comunhão 

L1:  O processo catecumenal nos leva a uma  progressiva revisão das atitudes, escolhas e comportamentos, convocando toda a comunidade a uma efetiva conversão da própria vida, de cada discípulo missionário, das pastorais e da própria participação nas celebrações litúrgicas.

As: Pois quem no céu se pode igualar ao Senhor? Quem entre os filhos dos poderosos pode ser semelhante ao Senhor? Sl 89

L2: O Batismo é a primeira entrada para a participação no mistério do Senhor e iniciação de um processo de identificação com Cristo. O Batizado é chamado de neófito (planta nova), renascido em Cristo, nova criatura.

As.  Iniciação à Vida Cristã é graça transformadora que nos precede e nos cumula com os dons divinos do Pai, em Cristo, pelo Espírito Santo.  

L1: A Crisma complementa a configuração do batizado com Cristo e encaminha-o para a participação na Eucaristia. Pela Crisma, somos confirmados com o selo do Espírito Santo para celebrar o Pentecostes.

As: Pelo Batismo assumimos a condição de filhos do Pai. Pela Crisma, somos ungidos com a unção do Espírito Santo; Pela Eucaristia, somos alimentados com o próprio Cristo, o Filho. 

L2: Batismo e Crisma nos direcionam para a Eucaristia. Iniciados nos mistérios da Páscoa, podemos sentar à mesa da Eucaristia. Assim, a Eucaristia é o sacramento da plenitude, pois realiza plenamente o que os dois outros sacramentos (Batismo e Crisma) anunciam.

03- Ladainha de São Miguel 

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.

São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.

São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.

São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.

São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.

São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.

São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.

São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.

São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe da Igreja de Cristo, para que

sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

04-Consagração da Família à São Miguel:

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, confiados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, em presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a corte celeste, vimos hoje nos consagrar a nossa família a vós. Queremos vos honrar e invocar fielmente. Recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então vela sobre os nossos interesses espirituais e temporais. Conservai entre nós a perfeita união do espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra o ataque inimigo, preservai-nos de todo mal. Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos, grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família. Amém!

05- Oração São Miguel

Glorioso São Miguel Arcanjo, poderoso vencedor das batalhas espirituais, vinde em auxílio das minhas necessidades espirituais e temporais. Afugentai de minha presença todo mal e todo ataque e ciladas do inimigo. Com sua poderosa espada de luz, derrotai todas as forças malignas e iluminai meus caminhos com a luz de tua proteção. Arcanjo Miguel, do mal: libertai-me; do inimigo: livrai-me; das tempestades: socorrei-me; dos perigos: protegei-me; das perseguições: salvai-me! Glorioso São Miguel Arcanjo, pelo poder celeste a vós conferido, sê para mim o guerreiro valente e conduzi-me nos caminhos da paz. Amém!

06- Hino São Miguel

1-Santo Arcanjo Venturoso lembra-te junto ao Senhor, deste povo que entre todos te escolheu por protetor.

Oh! São Miguel Glorioso Santo Arcanjo do Senhor, neste templo a ti sagrado imploramos o teu favor.

2-Lembra-te que já me destas provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação 

5º DIA

SÃO MIGUEL NOS UNE NA MESMA MISSÃO.

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a testemunhar o Projeto de Deus para a humanidade, ensinando-nos a viver a radicalidade dos valores do Reino de Deus.

T: Que a nossa comunidade seja a casa dos iniciados na fé. Comunidade evangelizada para tornar-se comunidade evangelizadora. Que possamos investir na formação das famílias, adultos, adolescentes, jovens, crianças e demais lideranças de nossas comunidades.

D: Senhor, dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, a coragem para caminhar rumo a uma verdadeira conversão pastoral.

T: São Miguel, alcançai-nos agora um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Maria, Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém

03-Reflexão após a comunhão

L1: Não é mais possível nos prendermos aos métodos tradicionais. Como levar as pessoas a um contato vivo e pessoal com Jesus Cristo? Para começar é preciso uma mudança de foco. Sair da mentalidade de Iniciação Cristã como sinônimo de “preparação para receber sacramentos”; para “o processo de quem quer tornar-se cristão”. E essa mudança é missão de todos nós!

As: Para que o processo catecumenal seja eficaz,  é necessária a participação de toda a comunidade, pois é ela o rosto da Igreja a ser visto pelos catecúmenos. 

L2: Quem se aproxima da comunidade cristã precisa ser acolhido, ver o testemunho e sentir a responsabilidade dos cristãos face aos desafios pastorais. A iniciação dos chamados ao discipulado se dá pela comunidade e na comunidade cristã. 

As. “Porque vossa graça me é mais preciosa do que a vida, meus lábios entoarão vossos louvores.” Sl 62

L1: A Igreja, “comunidade de comunidades” é quem realiza a Iniciação à Vida Cristã. É dela e em seu nome que os agentes da Iniciação à Vida Cristã recebem o mandato eclesial para introduzir no mistério de Cristo Jesus e da sua Igreja. A comunidade eclesial é o lugar da Iniciação à Vida Cristã e da educação da fé dos adultos, jovens, adolescentes e crianças.

As: A Iniciação à Vida Cristã é uma urgência que precisa ser assumida com decisão, coragem e criatividade. Ela renova a vida comunitária e desperta seu caráter missionário. Isso requer novas atitudes evangelizadoras e pastorais.

L2: Por isso é necessária a conversão da comunidade cristã ao processo da Iniciação à Vida Cristã, que nada mais é que assumir o espírito missionário em todas as ações das pastorais. Assim, a comunidade poderá viver na prática e de modo adaptado o processo da Iniciação à Vida Cristã, envolvendo Bispo, Padres e leigos (as) em um caminho de formação de discípulos missionários.

03- Ladainha de São Miguel

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.

São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.

São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.

São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.

São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.

São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.

São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.

São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.

São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe da Igreja de Cristo, para que

sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

04-Consagração da Família à São Miguel:

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, confiados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, em presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a corte celeste, vimos hoje nos consagrar a nossa família a vós. Queremos vos honrar e invocar fielmente. Recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então vela sobre os nossos interesses espirituais e temporais. Conservai entre nós a perfeita união do espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra o ataque inimigo, preservai-nos de todo mal. Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos, grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família. Amém!

05- Oração São Miguel 

Glorioso São Miguel Arcanjo, poderoso vencedor das batalhas espirituais, vinde em auxílio das minhas necessidades espirituais e temporais. Afugentai de minha presença todo mal e todo ataque e ciladas do inimigo. Com sua poderosa espada de luz, derrotai todas as forças malignas e iluminai meus caminhos com a luz de tua proteção. Arcanjo Miguel, do mal: libertai-me; do inimigo: livrai-me; das tempestades: socorrei-me; dos perigos: protegei-me; das perseguições: salvai-me! Glorioso São Miguel Arcanjo, pelo poder celeste a vós conferido, sê para mim o guerreiro valente e conduzi-me nos caminhos da paz. Amém!

06- Hino São Miguel

1-Santo Arcanjo Venturoso lembra-te junto ao Senhor, deste povo que entre todos te escolheu por protetor.

Oh! São Miguel Glorioso Santo Arcanjo do Senhor, neste templo a ti sagrado imploramos o teu favor.

2-Lembra-te que já me destas provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação

6º DIA

SÃO MIGUEL NOS AJUDA A SER MISSIONÁRIOS. 

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a testemunhar o Projeto de Deus para a humanidade, ensinando-nos a viver a radicalidade dos valores do Reino de Deus.

T: Que a nossa comunidade seja a casa dos iniciados na fé. Comunidade evangelizada para tornar-se comunidade evangelizadora. Que possamos investir na formação das famílias, adultos, adolescentes, jovens, crianças e demais lideranças de nossas comunidades.

D: Senhor, dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, a coragem para caminhar rumo a uma verdadeira conversão pastoral.

T: São Miguel, alcançai-nos agora um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Maria, Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém

03-Reflexão  após a comunhão

 L1: Não existe Iniciação à Vida Cristã sem abertura Missionária. O ponto de partida desta conversão missionária é sair, aproximar-se das pessoas e acolhê-las nas situações em que se encontram. A dinâmica da acolhida, portanto, dá a tônica a este primeiro tempo: o anúncio do querigma.

As: Ao anunciar a “Boa Nova”, a Igreja se torna querigmática e missionária e se torna peregrina, desinstalada, samaritana, misericordiosa, enfim, uma Igreja missionária.

L2:  Não se pode tornar o querigma como anúncio de milagres ou só de progresso individual, sem compromisso comunitário. O importante é que o mesmo desperte nas pessoas a prática da fraternal convivência e que desejem sempre seguir perseverantes no seguimento de Jesus. No coração do anúncio do querigma está Jesus Cristo, que provoca o despertar para a caridade.

As. É portanto um novo viver, onde se deixa envolver pelo mistério amoroso de Deus, despertando-se para novas relações e ações, transformando a vida no campo pessoal, comunitário e social.  

L1: Assim, pois, no centro do processo formativo e progressivo do catecumenato está Jesus Cristo, Filho único do Pai. Todos são chamados à experiência do encontro com Jesus de Nazaré. É desta experiência marcante que nasce o testemunho capaz de contagiar os outros. 

As: O discípulo, atraído pela beleza do seguimento, torna-se um iniciador de outros na vida de Cristo, que requer um processo de passos de aproximação do mistério.

L2: Em uma comunidade querigmática e missionária, a Iniciação à Vida Cristã assume um rosto evangelizador, que favorece a verdadeira experiência da fé. Promove o encontro pessoal e comunitário com Jesus Cristo e insere o discípulo missionário na comunidade cristã, incentiva a sua participação na liturgia e no engajamento nas pastorais para a transformação da sociedade. 

03- Ladainha de São Miguel

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.

São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.

São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.

São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.

São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.

São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.

São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.

São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.

São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe da Igreja de Cristo, para que

sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

04-Consagração da Família à São Miguel:

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, confiados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, em presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a corte celeste, vimos hoje nos consagrar a nossa família a vós. Queremos vos honrar e invocar fielmente. Recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então vela sobre os nossos interesses espirituais e temporais. Conservai entre nós a perfeita união do espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra o ataque inimigo, preservai-nos de todo mal. Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos, grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família. Amém!

05- Oração São Miguel 

Glorioso São Miguel Arcanjo, poderoso vencedor das batalhas espirituais, vinde em auxílio das minhas necessidades espirituais e temporais. Afugentai de minha presença todo mal e todo ataque e ciladas do inimigo. Com sua poderosa espada de luz, derrotai todas as forças malignas e iluminai meus caminhos com a luz de tua proteção. Arcanjo Miguel, do mal: libertai-me; do inimigo: livrai-me; das tempestades: socorrei-me; dos perigos: protegei-me; das perseguições: salvai-me! Glorioso São Miguel Arcanjo, pelo poder celeste a vós conferido, sê para mim o guerreiro valente e conduzi-me nos caminhos da paz. Amém!

06- Hino São Miguel

1-Santo Arcanjo Venturoso lembra-te junto ao Senhor, deste povo que entre todos te escolheu por protetor.

Oh! São Miguel Glorioso Santo Arcanjo do Senhor, neste templo a ti sagrado imploramos o teu favor.

2-Lembra-te que já me destas provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação

7º DIA

SÃO MIGUEL NOS FAZ CONHECER O MISTÉRIO DE DEUS. 

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a testemunhar o Projeto de Deus para a humanidade, ensinando-nos a viver a radicalidade dos valores do Reino de Deus.

T: Que a nossa comunidade seja a casa dos iniciados na fé. Comunidade evangelizada para tornar-se comunidade evangelizadora. Que possamos investir na formação das famílias, adultos, adolescentes, jovens, crianças e demais lideranças de nossas comunidades.

D: Senhor, dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, a coragem para caminhar rumo a uma verdadeira conversão pastoral.

T: São Miguel, alcançai-nos agora um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Maria, Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém

03-Reflexão  após a comunhão

L1: Tudo o que precisamos conhecer de Deus e seu mistério, encontramos na pessoa de Jesus. Nele – “chave, centro e fim de toda a história humana”- se faz presente o mistério do Reino de Deus. Para entrar neste mistério não há outro caminho senão o encontro pessoal com Cristo. 

As: O encontro com Cristo se dá pela ação do Espírito Santo. É isso que faz a Igreja ser uma realidade plena da comunhão com o Espírito Santo, pois todos confessam Cristo como Senhor na força do Espírito.

L2: Daí a necessidade da pessoa ser incorporada à Igreja pelo Batismo, ser ungida pelo sacramento da Crisma para que encontre o sentido verdadeiro da fé, e possa ser agraciada com os diversos carismas, em vista da edificação comum. Por este processo, todos os cristãos são chamados a testemunhar Jesus Cristo, a participar ativamente da missão que Ele nos confiou e criar vida e comunhão na comunidade cristã para que ela seja fermento, sal e luz.

As. “Porque é em vós, Senhor, que eu espero; vós me atendereis, Senhor, ó meu Deus”  Sl 37. 

L1: Acolhendo pessoas que desejam conhecer Jesus, a Igreja se torna mistagógica e materna, e assim volta o seu olhar para Maria, Mãe do Evangelho vivente. A Igreja aprende de Maria a ser próxima, carinhosa, solícita e presente em todas as ocasiões.

As: Maria é um modelo. É aquela cristã por excelência. Em Maria há uma realidade que ela como criatura, se coloca totalmente a disposição de Deus: ‘faça-se em mim segundo a vossa palavra.

L2: Maria é o modelo para a evangelização, para que a Igreja se torne a casa para muitos, uma mãe para todos os povos. Assim, seguindo o modelo mariano, a Igreja se torna instrumento que torna possível o nascimento de um mundo novo e de pessoas.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.

São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.

São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.

São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.

São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.

São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.

São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.

São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.

São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe da Igreja de Cristo, para que

sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

04-Consagração da Família à São Miguel:

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, confiados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, em presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a corte celeste, vimos hoje nos consagrar a nossa família a vós. Queremos vos honrar e invocar fielmente. Recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então vela sobre os nossos interesses espirituais e temporais. Conservai entre nós a perfeita união do espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra o ataque inimigo, preservai-nos de todo mal. Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos, grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família. Amém!

05- Oração São Miguel 

Glorioso São Miguel Arcanjo, poderoso vencedor das batalhas espirituais, vinde em auxílio das minhas necessidades espirituais e temporais. Afugentai de minha presença todo mal e todo ataque e ciladas do inimigo. Com sua poderosa espada de luz, derrotai todas as forças malignas e iluminai meus caminhos com a luz de tua proteção. Arcanjo Miguel, do mal: libertai-me; do inimigo: livrai-me; das tempestades: socorrei-me; dos perigos: protegei-me; das perseguições: salvai-me! Glorioso São Miguel Arcanjo, pelo poder celeste a vós conferido, sê para mim o guerreiro valente e conduzi-me nos caminhos da paz. Amém!

06- Hino São Miguel

1-Santo Arcanjo Venturoso lembra-te junto ao Senhor, deste povo que entre todos te escolheu por protetor.

Oh! São Miguel Glorioso Santo Arcanjo do Senhor, neste templo a ti sagrado imploramos o teu favor.

2-Lembra-te que já me destas provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação

8º DIA

QUEM COMO DEUS? MISERICÓRDIA: CAMINHO DE TRANSFORMAÇÃO E COMPROMISSO..  

 

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a testemunhar o Projeto de Deus para a humanidade, ensinando-nos a viver a radicalidade dos valores do Reino de Deus.

T: Que a nossa comunidade seja a casa dos iniciados na fé. Comunidade evangelizada para tornar-se comunidade evangelizadora. Que possamos investir na formação das famílias, adultos, adolescentes, jovens, crianças e demais lideranças de nossas comunidades.

D: Senhor, dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, a coragem para caminhar rumo a uma verdadeira conversão pastoral.

T: São Miguel, alcançai-nos agora um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Maria, Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém

03-Reflexão  após a comunhão 

L1: A implantação da Iniciação à Vida Cristã nas comunidades requer o cultivo da mística do encontro, fazendo com que as pessoas que nos procuram e, também aquelas que procuramos, a exemplo da mulher da Samaria sejam auxiliados não tanto a ouvirem e falarem sobre Deus, mas sim a ouvirem e falarem com Deus.

As: Devemos dizer muitas coisas à pessoa que encontramos, mas falar muito mais a Deus por ela, do que a ela sobre Deus.  É um convite à comunidade para que coloque em suas orações as pessoas que encontram pelo caminho.

L2: Esta interação da comunidade com novas pessoas é que renova a consciência da comunidade cristã, que percebe que a formação não se dá por etapas separadas, mas que é uma ação formativa continuada, necessitada de solidariedade de todos continuamente.

As: Quem se insere na Igreja assume os compromissos da obra evangelizadora – não importa a idade – e é ajudado por todos os membros da comunidade cristã através da oração e da prática solidária.

L1: Do espírito de oração é que brotará o desejo missionário daqueles que se aproximaram da comunidade por conta da oração e do testemunho dos discípulos missionários. A este conjunto da oração e da ação é que chamamos também de atitude mistagógica.

As: “O Senhor é o meu rochedo, minha fortaleza e meu libertador. Meu Deus é a minha rocha, onde encontro o meu refúgio, meu escudo, força de minha salvação e minha cidadela.” Sl 17

L2: A liturgia é fonte inesgotável de formação do discípulo missionário. As celebrações, pela riqueza de suas palavras e ações, mensagens e sinais, podem ser consideradas como catequese em ato. Não somente os catecúmenos, mas todos os membros da comunidade precisam ser constantemente formados para a vida.

03- Ladainha de São Miguel

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.

São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.

São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.

São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.

São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.

São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.

São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.

São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.

São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe da Igreja de Cristo, para que

sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

04-Consagração da Família à São Miguel:

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, confiados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, em presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a corte celeste, vimos hoje nos consagrar a nossa família a vós. Queremos vos honrar e invocar fielmente. Recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então vela sobre os nossos interesses espirituais e temporais. Conservai entre nós a perfeita união do espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra o ataque inimigo, preservai-nos de todo mal. Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos, grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família. Amém!

05- Oração São Miguel 

Glorioso São Miguel Arcanjo, poderoso vencedor das batalhas espirituais, vinde em auxílio das minhas necessidades espirituais e temporais. Afugentai de minha presença todo mal e todo ataque e ciladas do inimigo. Com sua poderosa espada de luz, derrotai todas as forças malignas e iluminai meus caminhos com a luz de tua proteção. Arcanjo Miguel, do mal: libertai-me; do inimigo: livrai-me; das tempestades: socorrei-me; dos perigos: protegei-me; das perseguições: salvai-me! Glorioso São Miguel Arcanjo, pelo poder celeste a vós conferido, sê para mim o guerreiro valente e conduzi-me nos caminhos da paz. Amém!

06- Hino São Miguel

1-Santo Arcanjo Venturoso lembra-te junto ao Senhor, deste povo que entre todos te escolheu por protetor.

Oh! São Miguel Glorioso Santo Arcanjo do Senhor, neste templo a ti sagrado imploramos o teu favor.

2-Lembra-te que já me destas provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação.

9º DIA

SÃO MIGUEL NOS FAZ DISCÍPULOS MISSIONÁRIOS 

01- Oração para todos os dias:

  1. São Miguel, príncipe da justiça e da paz, ajudai-nos a testemunhar o Projeto de Deus para a humanidade, ensinando-nos a viver a radicalidade dos valores do Reino de Deus, chamando todos à decisão do seguimento e a assumirem as exigências da Missão.

T: Que a nossa comunidade seja a casa dos iniciados na fé. Comunidade evangelizada para tornar-se comunidade evangelizadora. Que possamos investir na formação das famílias, adultos, adolescentes, jovens, crianças e demais lideranças de nossas comunidades.

D: Senhor, dá-nos a graça de aceitar o chamado para sairmos do comodismo, a coragem para caminhar rumo a uma verdadeira conversão pastoral.

T: São Miguel, alcançai-nos agora um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Maria, Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém

03-Reflexão  após a comunhão

L1: Devemos sempre enfatizar que a Paróquia nunca pode deixar de se lembrar que a família é o primeiro ambiente da educação da fé. A família é chamada a ser o lugar de iniciação, onde se aprende a rezar e a viver os valores da fé. Aos pais cristãos cabe a primeira responsabilidade pela formação de seus filhos no seguimento de Jesus Cristo.

As: A família transmite a fé que vive. Os pais não podem transmitir aquilo em que não acreditam e que não vivem. Não se pode transmitir o Evangelho, se na base não houver o desejo de viver com Jesus, no Espírito, a experiência do Pai.

L2: Assumindo plenamente o processo de Iniciação à Vida Cristã, não significa suprimir o Batismo de crianças recém-nascidas em famílias, que já têm vivência cristã e pedem o sacramento. Ao crescer, elas também serão evangelizadas de acordo com o procedimento da iniciação. Suas famílias, ao acompanharem o processo, poderão reafirmar seu compromisso de fé.

As: Para educar os filhos na fé e ajudá-los a conhecer Jesus Cristo, fascinar-se por Ele e optar por segui-Lo, é necessário que os pais façam a experiência do encontro pessoal com Cristo.  

L1: A ação do Espírito Santo  faz, por meio da Iniciação à Vida Cristã, com que a Igreja se torne Mãe, geradora de filhos e filhas, que à medida que vão sendo inseridos no mistério de Cristo, tornam-se, ao mesmo tempo, crentes, profetas, servidores e testemunhas.

As: O processo da iniciação à vida cristã deve ser vivido com paciência e perseverança. Muitos ministérios e serviços serão renovados e outros surgirão. É a Igreja, movida pelo Espírito Santo, sempre a caminho. 

L2: A Iniciação à Vida Cristã e a formação contínua com inspiração catecumenal se apresentam hoje como desafios e oportunidades extremamente importantes, uma obra a ser realizada, por toda a Igreja, com dedicação, paixão formativa e evangelizadora, com coragem e criatividade.

03- Ladainha de São Miguel

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.

São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.

São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.

São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.

São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.

São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.

São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.

São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.

São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe da Igreja de Cristo, para que

sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

04-Consagração da Família à São Miguel:

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, confiados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, em presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a corte celeste, vimos hoje nos consagrar a nossa família a vós. Queremos vos honrar e invocar fielmente. Recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então vela sobre os nossos interesses espirituais e temporais. Conservai entre nós a perfeita união do espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra o ataque inimigo, preservai-nos de todo mal. Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos, grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família. Amém!

05- Oração São Miguel 

Glorioso São Miguel Arcanjo, poderoso vencedor das batalhas espirituais, vinde em auxílio das minhas necessidades espirituais e temporais. Afugentai de minha presença todo mal e todo ataque e ciladas do inimigo. Com sua poderosa espada de luz, derrotai todas as forças malignas e iluminai meus caminhos com a luz de tua proteção. Arcanjo Miguel, do mal: libertai-me; do inimigo: livrai-me; das tempestades: socorrei-me; dos perigos: protegei-me; das perseguições: salvai-me! Glorioso São Miguel Arcanjo, pelo poder celeste a vós conferido, sê para mim o guerreiro valente e conduzi-me nos caminhos da paz. Amém!

06- Hino São Miguel

1-Santo Arcanjo Venturoso lembra-te junto ao Senhor, deste povo que entre todos te escolheu por protetor.

Oh! São Miguel Glorioso Santo Arcanjo do Senhor, neste templo a ti sagrado imploramos o teu favor.

2-Lembra-te que já me destas provas mil de proteção, livrando-me de grandes males e de extrema tribulação.

São  Miguel, rogai por nós!

 

 

 

 

 

 

Diocese Abre Inscrições Para Curso de Teologia

“Eu sempre fiz teologia em vista da pregação e da pastoral.” (Karl Rahner)

 Inspirados neste pensamento do teólogo Rahner, compartilhamos nossa alegria enquanto Igreja em poder oferecer, através da Escola Diocesana de Teologia Pastoral, uma sólida formação bíblico-teológica e espiritual aos irmãos e irmãs de nossas comunidades que no exercício dos diversos ministérios leigos colaboram na missão evangelizadora como sujeitos na Igreja e na sociedade (cf. Doc. 105 da CNBB). A Escola Diocesana de Teologia Pastoral está com as inscrições abertas até o dia 30 de novembro próximo para a formação de uma nova turma (2018-2020).

Queremos acolher agentes de pastoral de nossas paróquias; homens e mulheres de boa vontade, que demonstram amor a Cristo e à Igreja, através de uma participação fecunda na vida cotidiana pastoral da Paróquia; demonstre maturidade psicológica, afetiva e humana para a convivência fraterna; apresente a ficha de inscrição assinada pelo Pároco ou Administrador Paroquial; tenha idade igual ou superior a 21 anos e ao menos o Ensino Fundamental Completo.

O curso será programado para 50 alunos e as vagas serão preenchidas por ordem de chegada das inscrições. A ficha de inscrição e as demais orientações sobre o funcionamento da Escola de Teologia serão encaminhadas para as paróquias por e-mail. A inscrição, com a ficha preenchida, poderá ser feita pessoalmente na Cúria Diocesana ou por e-mail: mitraguanhães@gmail.com.

O Curso de Teologia Pastoral (2018-2020) terá duração de três anos ou 224 horas/aula, começando em Fevereiro de 2018 e encerrando em novembro de 2020. As quatorze disciplinas serão distribuídas em 28 módulos (cada módulo corresponde a 8 h/a) e estes módulos serão desenvolvidos mensalmente, aos terceiros sábados (exceto nos meses de Janeiro e Julho).

“O agente de pastoral, que deseja amadurecer sua fé para exercer melhor seu ministério leigo, deve entrar em contato com o padre de sua paróquia e ver a possibilidade de se inscrever no curso.” Disse o coordenador do curso, Seminarista André. “Será uma alegria acolher e colaborar com o crescimento de cada um.” Frisou.

 

Os padres transferidos Adão e Inácio tomam posse nas novas paróquias

No sábado, 02 de setembro, pe Inácio tomou posse para administrador paroquial da Paróquia de Santo Antônio do Rio Abaixo e no dia 03 na paróquia Nossa Senhora do Morro Pilar.

No sábado, 09 de setembro, pe Adão tomou posse na Paróquia Nossa Senhora do Porto e no domingo, 10 de setembro na paróquia Nossa Senhora Aparecida (Pito – Guanhães)

 

 Formação de Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística na Paróquia de São Pedro

Aconteceu na manhã do sábado, dia 09 de setembro, mais um encontro de formação de MESCE na paróquia São Pedro. Os participantes refletiram passagens da primeira carta aos Tessalonicenses, ” Anunciar o Evangelho e doar a própria vida!”. A temática homilia, reflexão da Palavra de Deus nas celebrações da Palavra foi bastante aprofundada com dicas e sugestões para o exercício do ministério nas comunidades. Na avaliação dos participantes o encontro foi muito proveitoso para oração, reflexão e de conhecimento para melhor exercício da função de MESC nas comunidades da paróquia.
 Texto: Alessandro Fotos: Jéssica.

 

Estudando o Documento 107 da Iniciação à vida cristã – Área 4 em Joanésia

“ A vida espiritual é peregrinar constante, num processo de crescimento ou aprofundamento interior sem fim. Isso ilumina o processo formativo. A formação não resolverá tudo, mas dará novo vigor para a vida do catequista e para a catequese. Ela não é garantia de que a vida de fé do catequista estará resolvida, mas dará forças para atravessar as “tempestades” da vida. A formação não é receita pronta para a Iniciação à Vida Cristã, mas é mapa que orienta na travessia “para o outro lado do mar.”

Formação na Área 4 , no sábado 09 de setembro em Joanésia com catequistas de Braúnas e Joanésia, Estiveram presentes também pe Amarildo, pe Osmar, Eliana Alvarenga e Simone mendanha da Equipe Diocesana.

Seminaristas da Diocese de Guanhães fazem Retiro Espiritual

Aconteceu entre os dias 4, 5 e 6 de setembro em Caratinga, o retiro espiritual dos seminaristas do curso de Filosofia do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Rosário, onde os seminaristas da Diocese de Guanhães se preparam para o ministério presbiteral. O encontro realizou-se na casa de formação, Instituto Nossa Senhora das Graças (Patronato). Foram três dias de muita oração, espiritualidade e indagações, que nos motivaram durante todo o encontro. O retiro foi conduzido pelo padre Agnaldo, pároco da Paróquia Santo Antônio em Ipanema MG Diocese de Caratinga; tendo como tema “Espiritualidade e Afeto”. Também esteve presente padre Adair, diretor espiritual do S.D.N.S.R. para o curso de Filosofia. Tivemos momentos animados com cantos e reflexões que nos ajudaram a aprofundar o tema proposto.

“ O retiro espiritual para mim foi engrandecedor quanto se fala em relações humanas em seus encontros afetivos sem esquecer é claro da espiritualidade que nos envolve. Consegui neste retiro entender um pouco mais do humano demasiado humano, mas sobretudo o progresso que se pode fazer quando se entende seus afetos. Assim vale apena meditar como Jeremias 18, 6 “Como barro nas mãos do oleiro assim estão vocês em minhas mãos” e a cada dia construindo com as graças de Deus um pouco de nossa história que deve sempre visar a salvação das almas e a glória de Nosso Senhor Jesus Cristo”. Assim nos disse, Vinícius Lucas Pereira Brandão, seminarista do 3° ano de Filosofia (Diocese de Guanhães).

Na oportunidade agradecemos a Deus pela oportunidade de retirar-nos para rezar e viver momentos de adoração a Cristo Jesus; sempre na presença amável de nossa Padroeira, Nossa Senhora do Rosário.

Sem. Tharley Kelves Borges de Oliveira

2° ano de Filosofia

Diocese de Guanhães

 

 

 

Momento de clamor, oração, diversão e cuidados com a saúde em São José do Jacuri /MG

Trabalho muito bacana do grupo do NASF ‘HIPERDIA’ na coordenação do educador físico Thiago Alves.
Momento de reflexão sobre a atual conjuntura política que passa nosso país! Véspera do memorável 07 de setembro.
Momento de clamor e oração com a participação de mulheres cooperadoras de ministérios de igrejas diversas. Da diretora Vanda Rocha e professoras do quinto ano Edênia Almeida, Elenita e professora para uso de biblioteca Irléia Nunes funcionárias da E.E. Marcílio Dias.
Da Saúde o secretário Evanildo Batista Dias Dias, enfermeira Juliana , dentista Janaína e técnica de saúde bucal Sintia Machado, educador físico Thiago Alves. Tivemos ainda a participação de professores e alunos da APAE. Se esqueci de mencionar alguém mil perdões.Lembrando que a idealizadora do projeto foi minha ex- professora Sônia Carvalho Dupim. Parabéns a todos os participantes.Foi simples mas muito eficaz.

Irléia Nunes

 

 

Formação de catequistas na Área Sete- Guanhães (São Miguel) e Virginópolis em Divinolândia

” … Onde houver alguém  à procura da água viva e borbulhante, disposto à busca de Deus em Cristo Jesus, aí ela está presente para criar as condições favoráveis ao início de um caminho de vida nova: anunciando o querigma, favorecendo o aprofundamento, iluminando a vida e saboreando os mistérios cristãos.” (nº 112 do Documento 107)

No sábado, 02 de setembro foi a vez dos catequistas e coordenadores da Área Sete participarem das provocações de estudo do Documento 107 em Divinolândia – MG. Estiveram presentes, catequistas da comunidade matriz e das comunidades rurais;  coordenadores paroquiais de Virginópolis e de Guanhães (São Miguel) e três membros da Comissão Diocesana de Catequese.

Formação na Área Um da Catequese- Santa Maria, São Sebastião do Maranhão e Água Boa em Santa Maria

” A Igreja querigmática e missionária é uma Igreja peregrina, desinstalada, samaritana, misericordiosa. Tem o Evangelho no coração e nas mãos e acolhe quem está desnorteado, caminha com as pessoas em situações difíceis, cura feridas. Ela compreende que é tempo de permanecer vigilante e fixar-se no essencial da fé.”( Nº 109) .

“Em uma Igreja querigmática e missionária, a Iniciação à Vida Cristã assume um rosto evangelizador que favorece a verdadeira experiência de fé. Promove o encontro pessoal e comunitário com Jesus Cristo, o discipulado missionário, a inserção na comunidade eclesial, a participação na vida litúrgica-sacramental e o engajamento na transformação da sociedade.”( Nº 110 da Iniciação à Vida Cristã).

No sábado, dia 26 de agosto deu-se continuidade às provocações  de estudo do Documento 107, durante a formação na Área Um da catequese, em Santa Maria. Estiveram presentes catequistas das comunidades rurais e da comunidade matiz; coordenadores paroquiais de Água Boa e de São Sebastião do Maranhão; duas coordenadoras da Comissão diocesana de catequese, pe Dilton e o seminarista Daniel que além de se fazerem presentes, contribuíram bastante para com a formação dos catequistas.

Ao final do encontro, os catequistas foram homenageados.

 

Formação Missionária – Juventude Missionária da Diocese de Guanhães

A formação missionária aconteceu em Guanhães, no salão da catedral. Pe Dilton agradece  às paróquias que enviaram os seus jovens: Senhora do Porto, Dom Joaquim, Guanhães, São Sebastião do Maranhão, Santa Maria do Suaçuí , São Pedro do Suaçuí e Rio Vermelho . Ele disse que  estiveram presentes, jovens de apenas destas 7 paróquias, mas quem sabe essas não serão fermento na massa?

Aniversariantes do Mês de Setembro

Setembro Bispos e Clero
01 Pe. Mário Gomes da Silva Nascimento 1947
06 Pe. João Carlos Sousa Nascimento 1981
08 Dom Marcello Romano Ordenação Episcopal
16 Dom Marcello Romano Posse Canônica Araçuaí
22 Dom José Maria Pires Ordenação Episcopal (falecido em 27\08\2017)
27 Pe. Elair Sales Diniz Nascimento 1930

 

Setembro Seminaristas
23 Tharley Kelves Nascimento 1994
26 Edimilson Henrique Cândido Nascimento 1977

 

Setembro Religiosas e Consagradas
07 Maria Raquel M. Duarte (Guanhães – Coop. Família) Nascimento
19 Gracíula Gonzaga (Guanhães – Coop. Família) Nascimento

 

Setembro Colaboradores/Funcionários
08 Ronion Barroso – Rádio Vida Nova FM Nascimento

Cerco de Jericó em São João Evangelista

Iniciado em 20 de agosto com a Celebração às 19h, presidida por pe Wanderlei Rodrigues, a paróquia de São João Evangelista – Diocese de Guanhães – no vale do Rio Doce em Minas gerais, vivenciou uma intensa semana de oração, reflexão e adoração a Jesus na Eucaristia.

Relembrando o povo de Deus que orientados por Ele acamparam por sete dias e sete noites ao redor das muralhas da cidade de jericó. Nos sétimo dia o povo tocou suas trombetas e as muralhas da cidade vieram abaixo e o povo de Deus tomou a cidade. em 2000, os fiéis da paróquia iniciaram essa semana de oração.

São 170 horas de orações, celebrações e reflexões que mobilizam a paróquia. É lindo observar e acompanhar a movimentação por toda a cidade e comunidades rurais e cidades vizinhas. Não importando a hora, seja dia, noite e até mesmo nas madrugadas frias se observa o vai e vem de fiéis a caminho da igreja matriz para seus momentos com deus e com a comunidade.

Na noite do domingo (27) com a Celebração Eucarística presidida por pe Sain-Clair, encerrou-se essa semana intensa de oração. Com a igreja transbordando, também se recordou o dia dos catequistas com uma reflexão, tendo como fonte inspiradora a mensagem do papa Francisco aos catequistas.

Que a chama da fé, esperança, caridade e amor acesa em tantos corações nessa semana, não se apague. Que essa semana de oração seja impulsionadora de uma vida de diálogo e proximidade com Deus.

Que não deixemos Jesus na Eucaristia sozinho, abandonado até o próximo Cerco de Jericó em 2018. Que as chamas da fé esteja fumegante em nossas vidas e fazendo arder os nossos corações.

Deus abençoe a todos na paróquia de São João Evangelista. Deus abençoe o Brasil.

Adenil Borges (Dedé)

Clero da Diocese de Guanhães em Retiro: “é preciso cuidar dos cuidadores”

Todos os anos, no mês de agosto – tempo em que a igreja no Brasil convoca-nos a oração pelas vocações – o clero da diocese de Guanhães se reúne para o Retiro Espiritual anual. No segundo ano consecutivo este retiro aconteceu no centro Pastoral Enrichetta Onorante Michisanti, da Arquidiocese de Diamantina/MG. Nos dias 28 a 31 de agosto de 2017.

São Gregório, na sua Regra Pastoral, orienta: “O pastor não deixe, nas suas ocupações exteriores, enfraquecer seu cuidado com a vida interior; que na sua aplicação à vida interior, não negligencie o cuidado das ocupações exteriores.” Desse modo deverá conciliar contemplação e missão no seu cotidiano.

Os sacerdotes precisam de um momento de qualidade  para “deixar de fazer coisas” e se preocupar com o seu “ser”. Deixar de cuidar, por um instante, dos outros e cuidar de si e assim voltar para a missão revigorado. É por isso que o pregador do retiro Dom Edson Oriolo usou como uma das inspirações bíblicas o trecho de Ex 3,1-5 em que Moisés é convidado a deixar um pouco o rebanho que apascentava, deixar suas atividades e “problemas” pra traz tirando a sandálias dos pés e deixando para fora do ambiente de encontro com Deus, para em seguida se tornar o líder do Povo. E como aconselha Santo Anselmo – disse o pregador – vamos fugir das nossas ocupações para estar com Deus.

Dom Oriolo, entre outros assuntos, falou da “violência neuronal” que boa parte dos sacerdotes padecem ou estão expostos devido as exigências do dia-a-dia, ao “superdesempenho”, à “supercomunicação” e à “superprodução” resultando num colapso. Os sintomas dessa violência neuronal é o esgotamento, a fadiga, a sensação de asfixia.

Esse excesso de atividades que gera essa violência neuronal faz com que pessoas mais próximas sofram também, já que ficamos intolerantes e perdemos paciência por qualquer motivo com o povo, principalmente os mais próximos, os que estão engajados nas pastorais.

São João Paulo afirma que “os encontros de espiritualidade sacerdotal, tais como os retiros, os dias de recolhimento e de espiritualidade, constituem ocasião para um crescimento espiritual e pastoral, para uma oração mais prolongada e calma, para um regresso às raízes do ‘seu ser padre’, para reencontrar vigor de motivações para a fidelidade e o impulso pastoral” (Pastores dabo vobis, n 80).

Coloquemos-nos igualmente e sempre, em oração pelos sacerdotes, para que Deus os revigore e o Espírito Santo os ilumine na missão.

 Pe Bruno Costa Ribeiro

Seminário Acordo Brasil- Santa Sé reúne centenas de pessoas em Belo Horizonte

Aconteceu nos dias 28 a 30 de agosto, no auditório da PUC Minas em Belo Horizonte, o seminário Acordo Brasil- Santa Sé; uma iniciativa do Regional Leste ll da CNBB. Dom Giovannini d’Aniello,  núncio apostólico representante direto do Santo padre papa Francisco fez a abertura do evento.  Também estiveram presentes na sessão solene de abertura, diversos bispos e arcebispos do nosso Regional Leste ll da CNBB, entre eles cardeal Dom Raimundo Damasceno Assis, cardeal arcebispo emérito de Aparecida e presidente da comissão episcopal para implementação do Acordo Brasil -Santa Sé; Dom Walmor Oliveira Azevedo, Arcebispo de Belo Horizonte, Dom Darci Nicioli arcebispo de Diamantina, Dom Paulo Mendes Peixoto arcebispo de Uberaba e presidente do Regional Leste ll, Dom Gil Antônio Moreira arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Geraldo Lírio Rocha ex- presidente da CNBB. Também participaram diversos padres , religiosas e religiosos, seminaristas, advogados e contadores do Regional leste II. Estiveram representando a diocese de Guanhães, os funcionários da Cúria diocesana, Simone Mendanha secretária da cúria diocesana, Ednéia Silva auxiliar administrativa representando a rádio vida nova FM. Marina Carvalho contadora da Diocese, os seminaristas Daniel, André e Edmilson, os advogados Dra. Maria Betânia Bicalho e Dr. Walter. O objetivo principal deste seminário foi o estudo acerca do documento do acordo firmado entre o Brasil e a Santa Sé para melhor servir a sociedade e colaborar na vida política e religiosa do país. Também foi momento de tirar dúvidas e esclarecer quais os direitos e deveres da igreja enquanto instituição inserida na realidade atual,assim também como as garantias no âmbito econômico, administrativo e caritativo das diversas instituições que abrangem as inúmeras instituições ligadas a Igreja Católica Apostólica Romana.

Seminarista Daniel Bueno

Dom José Maria Pires é sepultado na terça, 29 de agosto

O arcebispo emérito da Paraíba, Dom José Maria Pires, faleceu aos 98 anos, na noite desse domingo, dia 27, após sentir-se mal em Belo Horizonte (MG). O arcebispo vinha enfrentado problemas de saúde desde que foi acometido por um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Dom José morre no dia em que Dom Helder Câmara morreu há 18 anos. Os dois eram muito ligados.

Dom José nasceu em 15 de março de 1919, no distrito de Córregos, que pertence a Conceição do Mato Dentro/MG (diocese de Guanhães). Entrou para o seminários aos 12 anos de idade. Foi ordenado sacerdote em 20 de dezembro de 1941 em Diamantina/MG, e recebeu a ordenação episcopal em 22 de setembro de 1957. Seu lema episcopal: Scientiam Salutis (A Ciência da Salvação).  Foi ordenado arcebispo na Igreja de Nossa Senhora do Rosário. A celebração de posse acolheu caravanas de todas as regiões do Estado.

Ele foi o terceiro bispo de Araçuaí e o quarto arcebispo da Paraíba.  Bispo mais antigo em ordenação episcopal do Brasil.

Foi o terceiro bispo de Araçuaí/MG e o quarto arcebispo da Paraíba, membro da Comissão Central da CNBB, presidente da Comissão Episcopal Regional do Nordeste. Renunciou em 29 de novembro de 1995, conforme orientações do Código de Direito Canônico.

Lutou pela defesa dos negros, dos pobres e dos oprimidos. Escritor, palestrante e um dos poucos sacerdotes que participaram do Concílio Vaticano II. Também se posicionou com firmeza ao lado dos que lutavam pelo fim da ditadura, mas sem perder a singular capacidade que tinha de dialogar com aqueles a quem claramente se opunha.

O arcebispo dom Walmor, os bispos auxiliares, sacerdotes, religiosos e todo o povo de Deus da Arquidiocese de Belo Horizonte se uniram em oração aos familiares e amigos Dom José Maria Pires, o Dom Pelé, como era carinhosamente chamado.

Dom José Maria Pires foi velado nessa segunda-feira, dia 28, na Paróquia Nossa Senhora das Dores, bairro Floresta, em Belo Horizonte , a santa missa celebrada às 12 h e o corpo foi levado para a Paraíba.

 

O Arcebispo Metropolitano da Paraíba, Dom Manoel Delson, publicou em nota:

“A Igreja perde, neste domingo em que comemoramos o Dia do Catequista, um grande pastor. Dom José foi um dos catequistas mais ativos e humildes à frente do seu rebanho, e que soube impor a sua voz, sempre que necessário, em defesa dos menos favorecidos. O ‘Dom Pelé’, como ficou carinhosamente conhecido, faz a sua passagem deixando em nós o exemplo de como ser Igreja, de como estar à frente do Povo de Deus. Descanse em paz, Dom José! Temos a certeza de que, crentes na ressurreição, ao lado do Pai, o senhor agora vai abençoar do Céu todos os que fazem a Arquidiocese da Paraíba”.

Dom José Pires foi chamado junto ao Senhor no mesmo dia, 27 de agosto, em que dois arcebispos brasileiros que se distinguiram na história da CNBB faleceram: Dom Hélder Câmara e Dom Luciano Mendes de Almeida.

O corpo do arcebispo está sendo velado segunda-feira (28/08) a partir das 9h na Paróquia Nossa Senhora das Dores, no bairro Floresta, na capital mineira, seguido de uma celebração eucarística às 12h. O sepultamento de Dom José Maria Pires vai ser em João Pessoa.

 

 

 

Pe Derci é homenageado pelos fiéis da paróquia de Água Boa

Nesta pequena cidade de Água Boa, exatamente há 12 anos, tivemos a graça de viver momentos únicos na vida de um padre. Nossa Paróquia Sant’Ana testemunhou a Ordenação de nosso querido Padre Derci, o nosso Padre Sorriso. Hoje, queremos expressar ao senhor, Padre Derci, os nossos sentimentos de louvor a Deus por tão grande graça. Ser nosso Padre, nosso Pastor.

Fiéis da Paróquia Sant’Ana.

SEMINARISTAS REALIZAM MISSÕES NA CIDADE DE VERMELHO NOVO, POR OCASIÃO DA ORDENAÇÃO SACERDOTAL DO DIÁCONO ELIAS FERNANDES PINTO

REALIZOU-SE NOS DIAS 19 E 20 DE AGOSTO DE 2017, AS MISSÕES NA CIDADE DE VERMELHO NOVO (DIOCESE DE CARATINGA-MG). O SEMINÁRIO PROPEDÊUTICO SÃO JOSÉ E O CURSO DE FILOSOFIA PROMOVERAM DOIS DIAS INTENSOS DE VISITAS NAS CASAS, FORAM MOMENTOS DE MUITA ALEGRIA, QUE PUDEMOS PERCEBER EM CADA VISITA QUE REALIZAMOS. A FELICIDADE DE UM POVO HUMILDE E MUITO ACOLHEDOR, QUE JUNTAMENTE COM A PAROQUIA NÃO MEDIRAM ESFORÇOS PARA A REALIZAÇÃO DAS MISSÕES PELA OCASIÃO DA PREPARAÇÃO DA ORDENAÇÃO PRESBITERAL DO DIÁCONO ELIAS FERNANDES PINTO, A SER REALIZADA NO PRÓXIMO DOMINGO, ÀS 16h EM VERMELHO NOVO. TIVEMOS TAMBÉM A OPORTUNIDADE DE NOS REUNIRMOS COM A JUVENTUDE DA PARÓQUIA, QUE TROUXE UMA ALEGRIA CONTAGIANTE E MUITA ANIMAÇÃO. ELES PARTICIPARAM DO MOMENTO DE LOUVOR, PREGAÇÃO E MUITA ORAÇÃO; TAMBÉM HOUVE UMA CELEBRAÇÃO DA PALAVRA QUE FOI PREPARADA PARA NOSSAS CRIANÇAS, QUE VIERAM PARA REZAR E LOUVAR, VIVENDO O ESPÍRITO MISSIONÁRIO.  AGRADECEMOS A PARÓQUIA IMACULADA CONCEIÇÃO DA CIDADE DE VERMELHO NOVO, NA PESSOA DO PÁROCO Pe. ELIAS, QUE NÃO MEDIU ESFORÇOS PARA A REALIZAÇÃO DESTAS MISSÕES. REZEMOS POR TODAS AS PESSOAS DESTA COMUNIDADE PAROQUIAL, DE MODO ESPECIAL PELO DIÁCONO ELIAS FERNANDES PINTO, QUE SERÁ ORDENADO PRESBÍTERO NO PRÓXIMO DOMINGO.

QUE DEUS O ABENÇOE EM SEU MINISTÉRIO PASTORAL.

SEMINARISTA THARLEY

KELVES B. DE OLIVEIRA

FOTOS DISPONIBILIZADAS PELO SAVCARATINGA

2° ANO DE FILOSOFIA

DIOCESE DE GUANHÃES – MG

Primeiro encontro de Jovens em José Raydan

Aconteceu em José Raydan MG, o primeiro encontro com jovens, com o objetivo de evangelizá-los e engajá-l0s na igreja e na sociedade. Tivemos o nosso primeiro acampamento para jovens entre 14 e 20 anos realizado na cidade de José Raydan. Foi um dia intenso, porém inesquecível com muita Oração, espiritualidade, palestras, convivência e música. O encontro terminou com a celebração que contou com a participação do Seminarista Daniel Bueno Borges e todos os agentes de pastorais e movimentos que ajudaram a organizar este importante evento para nossa juventude.

Seminarista Daniel Bueno Borges

Semana Nacional da família em algumas paróquias da diocese

A paróquia São José , de São José do Jacuri encerrou  as festividades em Comemoração a Semana Nacional da Família com Missa de Encerramento na Matriz em homenagem às Famílias. Providencialmente no dia em que a Igreja celebra a Assunção de Nossa Senhora .Inspirados na Família de Nazaré, a Pastoral Familiar juntamente com o Pe. João Carlos organizou os encontros, envolvendo os vários grupos, pastorais, movimentos e instituições para refletirmos sobre a “alegria do amor que se vive nas famílias e no meio delas,que ressoa no primeiro anúncio, que é o mais belo,mais importante,mais atraente e,ao mesmo tempo,mais necessário e deve ocupar o Centro da atividade evangelizadora”.
Os Encontros foram assim organizados:
1º Encontro -11/08/2017-O Perfil Mariano da Igreja
08 h – Café comunitário partilhado em homenagem aos pais.
9h – Missa de Abertura – Hora da Família e homenagem aos pai.
2º Encontro 14/08/2017 – A família.
Caminhada das Famílias com faixas e cartazes saindo da Igreja Matriz rumo a um bairro da periferia (Rua Nova) Fomos acolhidos de forma carinhosa pelas famílias do bairro. A reflexão do Tema em todos os encontros foi feita pelo Pe João Carlos de Souza-Hora da Família.
3º Encontro 15/08/2017 – A Necessária Mudança de Mentalidade e de Estrutura -19 h – Hora da Familia.
17h e 20:30 h – Cinema em Família, Filme para crianças, adolescentes, jovens e adultos.
4º Encontro –16/08/2017 -Tema: Igreja,Comunhão na Diversidade
Momento da Catequese – Momento de Acolhida,diversão, reflexão, apresentações e homenagem à Nossa Senhora Aparecida protetora das Crianças. 19h – Hora da Família
5º Encontro – O Perdão da Familia: Fonte de Reconciliação e Libertação -Momento forte de espiritualidade.
18h – Adoração ao Santíssimo Sacramento -19h – Hora da Família.
6º Encontro – Serviço Cristão ao Mundo.Momento do Terço dos Homens. 18 h – Terço em Família -19 h – Hora da Família – 20:30 h – Noite Cultural da Familia na Praça Matriz com diversas apresentações culturais organizadas pelas Escolas Estaduais John Kennedy,Marcílio Dias e Grupo da Terceira Idade Laços de Amizade.
7º Encontro –A Família Promotora da Misericórdia na Sociedade -17:30 h – Tarde de Louvor Jovem, animado pelo Ministério Jovem Renascer para o Espírito da paróquia Nossa Senhora Aparecida de Guanhães -com o tema: Desperta Tu que Dormes! 19 h . Celebração Eucarística e Hora da Família.
Abençoadas sejam todos os envolvidos nesta missão, pois a paróquia parou porque é imprescindível refletir sobre este tesouro idealizado por Deus desde a criação do mundo e considerada Patrimônio da Humanidade.

Texto de Irléia.

A Semana Nacional em outras paróquias  ( Informações e fotos enviadas através do grupo do whatsapp fatos e fotos, páginas da Pascom São Miguel e nossa Senhora Aparecida).

Semana Nacional da Família, 15/08, no Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, com a participação do ECC e da Catequese de Crisma.

Peçanha

Joanésia

Guanhães – São Miguel

Em Dom Joaquim

Em Guanhães ( Nossa Senhora Aparecida)

Em São Sebastião do Maranhão

Abençoa, Senhor, as famílias. Amém!

Empresas que possibilitam este projeto:


Facebook: