ABERTURA DO ANO NACIONAL DO LAICATO NA DIOCESE DE GUANHÃES

A Diocese de Guanhães se preparou para celebrar, na solenidade de Cristo Rei, a abertura oficial para o ano do laicato.
Nós, cristãs e cristãos leigos da paróquia São Miguel e Almas – Guanhães, celebramos e refletimos a nossa missão no tríduo elaborado pela CNBB.
Os encontros foram realizados na catedral de São Miguel, com presença significativa de irmãos nossos que desempenham sua ação missionária nas diversas pastorais e movimentos, como também na política, no município de Guanhães.
O terceiro dia do tríduo, sexta-feira, foi presidido pelo nosso bispo diocesano dom Jeremias Antonio de Jesus, que ressaltou a importância da atuação dos leigos na Igreja e no mundo; agradeceu a cada um pela vivência missionária do Evangelho.

Deus nos abençoa e nos chama a todo instante ao serviço do Seu Reino; precisamos ouvir Seu Chamado.

No domingo, 26 de novembro, solenidade de Cristo Rei, abriu-se o Ano Nacional do Laicato em todas as Dioceses do Brasil. Na Diocese de Guanhães a cerimônia de Abertura realizou-se na Catedral de São Miguel e Almas, com a missa celebrada pelo bispo diocesano Dom Jeremias Antonio de Jesus, concelebrada pelo pároco da paróquia São Miguel e Almas, padre Hermes Firmiano Pedro e participação de cristãs e cristãos leigos de várias pastorais e movimentos que lotaram a catedral.

Este Ano proclamado pela CNBB tem como objetivo “celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil, aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão, e testemunhar Jesus Cristo na sociedade”, segundo indica a Conferência dos Bispos.

Dom Jeremias ressaltou a importância dos cristãos leigos na Igreja e no mundo; os cristãos são chamados a ser sal da terra e luz do mundo, são chamados a compreender a sua participação na missão de Cristo; convidados a pensar, como Igreja, Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil, especialmente durante este ano que se inicia. Ele enfatizou a necessidade de todo cristão estudar os Documentos da Igreja, especialmente o Documento 105 da CNBB – CRISTÃOS LEIGOS E LEIGAS NA IGREJA E NA SOCIEDADE – Sal da Terra e Luz do Mundo.

Como proposto pela CNBB, o banner da Sagrada Família percorrerá todas as paróquias da diocese; a primeira a ser visitada será a paróquia Nossa Senhora Aparecida, de Guanhães.

Também se celebrou a Investidura dos Ministros Extraordinários de Sagrada Comunhão Eucarística da paróquia São Miguel e Almas, com renovação do compromisso assumido e autorização para missão durante mais três anos. Dom Jeremias esclareceu que, ao final do período, o ministro continuará na missão ou não, dependerá do interesse da comunidade e da vontade do padre que estiver à frente de paróquia. A assembleia renovou as promessas do Batismo, juntamente com os ministros.

Dom Jeremias  agradeceu a todos pela missão vivenciada na paróquia, na diocese, e, principalmente na Sociedade.

Mariza Pimenta Dupim – Pascom

 

Comentários

Comentários

Empresas que possibilitam este projeto:


Facebook: